URI Erechim

Notícias Gerais

Professores da região iniciam capacitação em primeiros socorros | | URI Câmpus de Erechim

Professores da região iniciam capacitação em primeiros socorros

31/05/2022 - 623 exibições
   

Qualquer professor ou funcionário de uma escola está sujeito a prestar o primeiro socorro a alunos nas mais diversas situações. Mas para evitar possíveis agravamentos, ele precisa estar preparado para agir. Por esta razão, a URI Erechim, através do Curso de Enfermagem, está liderando um projeto que visa capacitar esse público que atua nas escolas da região. O treinamento, que prossegue nesta terça-feira, 31, teve início na tarde desta segunda-feira, 30, com 340 professores que atuam na educação básica das escolas pertencentes à região Alto Uruguai.

Para que houvesse uma compreensão e participação dos representantes das escolas, foram promovidas diversas oficinas, que tiveram lugar em locais distintos. Além da parte teórica, todos tiveram que desenvolver as práticas referentes a cada situação que, porventura, possa vir a ser enfrentada.

Utilizando equipamentos e bonecos disponíveis pela Universidade, foram desenvolvidas atividades relativas à asfixia, reanimação cardiorrespiratória, engasgo, além de outras situações, como entorse, luxação, contusão, escoriação, corte, mordidas, fraturas, hemorragia, lesão ocular, alergias, desmaio e convulsão. Para tornar as aulas práticas mais dinâmicas, a capacitação, que será desenvolvida também nesta terça-feira, está disponibilizando vários equipamentos, que são utilizados diariamente pelos alunos e professores do Curso de Enfermagem, durante a graduação.

Além dos professores do Curso de Enfermagem, a iniciativa conta, também, com a participação de 15 alunos do sétimo semestre (turma 2019), que desenvolveram as oficinas, juntamente com o grupo de professores. Isto porque os estudantes, a partir deste período, já estão respaldados pela Lei do Exercício Profissional a desenvolverem ações que visem a prevenção, promoção, recuperação e reabilitação da saúde humana,

A capacitação atende a Lei Lucas, de 2018, que torna obrigatória a capacitação de professores e funcionários da educação básica, em primeiros socorros, para atender vítimas até a chegada do serviço especializado de assistência à saúde.

Segundo pesquisas, os cuidados imediatos prestados a qualquer pessoa que for vítima de um acidente ou mal súbito, é fundamental para que ela possa ser mantida com os sinais vitais até a chegada do atendimento especializado. Isso porque as crianças, em qualquer faixa etária, colocam-se em situações nem sempre seguras em função da curiosidade e interesse em explorar o desconhecido, correndo riscos para possíveis acidentes.

Importante salientar, neste momento, a mobilização das escolas e das secretarias municipais de educação que perceberam a importância de estarem preparadas para atender da melhor forma possível aos alunos que venham a enfrentar alguma situação dentro dos quadros apresentados.

 

Ver mais notícias