NORMAL  |  ALTO CONTRASTE  

PROPOSTA PEDAGÓGICA

FILOSOFIA DA ESCOLA
A proposta educativa da Escola de Educação Básica da URI Erechim tem por filosofia orientadora a formação integral, humana e social, centrada em valores, que supera a estreita qualificação técnico-científica, promovendo os direitos humanos e a diversidade cultural, a sustentabilidade integrada, a ação solidária e a cooperação. A filosofia da Escola interliga-se à missão da Universidade, no aspecto em que orienta para uma visão de educação a longo prazo, numa perspectiva de desenvolvimento pessoal e de preparação das pessoas para contribuir ao desenvolvimento socioambiental, econômico e tecnológico.

FINALIDADES DA ESCOLA
A Escola de Educação Básica da URI Erechim é um estabelecimento dedicado à oferta de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação Profissional, tendo como finalidade uma educação de qualidade, a busca pela ética, inovação, ação solidária, integração com a comunidade, reafirmação dos valores universais e construção da cidadania.

A educação, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do aluno, o seu preparo para o exercício da cidadania e a sua qualificação para o trabalho.

O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios:

a) Igualdade de condições para o acesso e permanência na escola;

b) Liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber;

c) Pluralismo de ideias;

d) Respeito à liberdade e à diversidade;

e) Valorização do profissional da educação escolar;

f) Gestão democrática, na forma da legislação dos sistemas de ensino;

g) Valorização das vivências extraescolares;

h) Vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais.

OBJETIVOS DA ESCOLA
Ao oferecer a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio, bem como a Educação Profissional, a Escola visa proporcionar ao aluno situações que possibilitem:

• Compreender-se como sujeito autônomo, participativo, possuidor de direitos e deveres políticos, civis e sociais, que respeita e faz-se respeitar, exerce a cidadania e a democracia;

• Posicionar-se de maneira crítica e responsável nas diferentes situações sociais, respeitando a opinião e o conhecimento produzido pelo outro, utilizando o diálogo como forma de medir conflitos e de tomar decisões coletivas;

• Apropriar-se das inovações científico-tecnológicas, necessárias para a integração do sujeito na vida contemporânea e no mundo do trabalho, reconhecendo-se como indivíduo que vive, age, aprende, interage, desenvolve-se e adapta-se, assumindo com responsabilidade a sua saúde e o bem-estar dos demais;

• Desenvolver o autoconhecimento, a criatividade, a autoestima, a autoimagem, a sensibilidade e a afetividade, para agir com persistência na busca do conhecimento;

• Promover a participação sistemática dos pais, integrando-os ao processo educativo;

• Promover o desenvolvimento integral do ser humano, preparando-o para ser agente de transformação na sociedade em que não só vive, como também convive.

• Garantir a formação para a vida e para a solução de problemas, tanto no aspecto pessoal quanto profissional.

DAS CONCEPÇÕES

De Ser Humano
O ser humano, inserido num espaço histórico-temporal, é concebido como SER dotado de potencialidades, sujeito do próprio conhecimento e de sua história, consciente de si próprio, capaz de conviver com o outro e com a transcendência.

De Sociedade
Concebe-se Sociedade como um grupo de pessoas que interagem de forma solidária e se realizam partilhando bens humanos, materiais e espirituais.

De Educação
A Educação é concebida como processo de formação integral e permanente do Ser Humano, através da construção do conhecimento, desenvolvimento de habilidades e competências, vivência de valores e exercício da cidadania, levando-o a compreender, analisar e intervir na realidade, tendo em vista o bem-estar no plano pessoal e coletivo.

De Escola
A escola é conhecida como instituição social que:

• Possibilita o crescimento integral do ser humano nas relações intra e interpessoais;

• Propicia a construção do conhecimento elaborado, tendo como referência a realidade do aluno, enquanto sujeito de seu processo de aprendizagem;

• Possibilita ao aluno a aquisição de uma visão de mundo, capaz de dar-lhe condições de fazer uma leitura interpretativa dos fatos sociais;

• Busca desenvolver no aluno o interesse pela pesquisa, a criatividade, a autonomia, o desejo de aprender e a coragem de participar da sociedade como um sujeito crítico e consciente.

De Inclusão
Inclusão no contexto escolar constitui o processo de uniformização do acesso à educação, visando atender as diferenças humanas. O ensino deve ajustar-se às necessidades de cada aluno, valorizando a contribuição de todos os envolvidos no processo de aprendizagem. A Escola entende que a educação passa a ser eficaz para todos, por meio da cooperação e da convivência, de modo que sejam contempladas no currículo, na metodologia de ensino, na avaliação e na atitude dos educadores.

De Acessibilidade
Acessibilidade é tornar os espaços e recursos utilizáveis por todos, independente de suas limitações ou necessidades, melhorando a qualidade de vida e facilitando a aprendizagem. Acredita-se que as pessoas com deficiência são sujeitos ativos, portanto as vivências e visão de mundo de toda a comunidade escolar devem assumir um papel primordial para a estruturação dos ambientes, buscando a progressiva autonomia.

De Avaliação Escolar
O processo avaliativo, constituído por diversos procedimentos didático-pedagógicos, tem como meta primordial o desenvolvimento do aluno, contribuindo para o avanço da aprendizagem.

A avaliação da aprendizagem caracteriza-se como um processo contínuo e cumulativo com preponderância dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos, tendo em vista a aquisição de conhecimentos, o desenvolvimento de habilidades e competências e a formação integral do aluno. Tal processo está inserido em uma proposta de educação voltada à transformação das mentalidades, visando formar cidadãos com uma maior solidariedade intelectual, capazes de perceberem-se como parte de uma sociedade multicultural e comprometerem-se com o exercício da cidadania.

 


MESTRADO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS
Local: Sala 3.21 - Prédio 03
Horário: 08h

PATINAÇÃO - ENSAIO
Local: Salão de Eventos - Prédio 05
Horário: 18h30min

16
Novembro
Próximos dias Dias anteriores
Principal
Graduação
Extensão
MuRAU
Vestibular
Eventos
Serviços
CEUA - Comissão de Ética no Uso de Animais
Biblioteca
CEAPPI Superior
NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE
Centro de Atendimento Acadêmico
Diplomados
Edifapes
Fale Conosco
Ouvidoria
Formaturas
Núcleo de Formação de Docentes
RM Portal
URI Eventos e Certificados
URI Carreiras
Webmail
Institucional
Reitoria
Acessibilidade
Sustentabilidade
Notícias do Câmpus
Entidade Filantrópica
Prestação de Serviços
Cultura e Esporte
Expressão Universitária
Trabalhe Conosco
Avaliação Institucional
Agenda Corporativa
Estrutura
Administrativa
Física
Câmpus I
Câmpus II
URICEPP
Escola
Proposta Pedagógica
Setores de Atendimento
Downloads e Informativos
Notícias da Escola
FALE COM A ESCOLA
Pós-Graduação
Principal
Especializações
Mestrado e Doutorado
Inscrições Abertas
Interesse em Curso
Perguntas Frequentes
Alguns Diferenciais
Pesquisa
Pesquisa
Editais e Informações
Grupos de Pesquisa
Trajetória
Comitê Ética em Pesquisa
Projetos em Desenvolvimento
Bolsas e Financiamentos
Bolsas e Financiamentos
© 2018 URI Erechim | Avenida Sete de Setembro, 1621 | Fone +55 (54) 3520-9000
Caixa Postal 743 | CEP 99709-910 | Erechim-RS | Brasil