Notícias da URI Erechim

Acadêmicos de Enfermagem realizam ação educativa sobre gravidez na adolescência

17/11/2021 - 88 exibições

   



Acadêmicos do 10º semestre do Curso de Enfermagem da URI, realizaram, no dia 10 de novembro, uma ação educativa sobre prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e gravidez na adolescência na Escola Estadual de Ensino Médio Professora Helvética Rotta Magnabosco, de Erechim. As atividades foram desenvolvidas no decorrer do estágio Supervisionado II, realizado na UBS Atlântico, sob supervisão dos professores Marciane Kessler, Eliana Buss e Irany Denti.

A ação foi promovida para os alunos das turmas do 7º, 8º e 9º anos e com as três turmas do 1º ano do Ensino Médio que, de forma voluntária, auxiliaram na encenação de uma atividade. Foram mostrados quatro cenários: no primeiro, vestindo uma barriga de gestante, lidaram com as vivências de uma gravidez; no segundo, prepararam mamadeira para a criança (boneca); no terceiro, trocaram fralda com a devida higienização; e no quarto cenário, deram banho na criança.

A partir desta atividade foi realizada uma reflexão sobre a experiência. O intuito não foi impor que o adolescente não possa ter filhos, mas sensibilizá-los sobre as responsabilidades que uma gravidez e uma criança envolvem. Por isso, os acadêmicos orientaram sobre os diversos métodos de prevenção da gravidez, os disponíveis no SUS e como utilizar.

Além disso, explicaram as principais ISTs (HIV/AIDS, Sífilis e HPV), sinais e sintomas, tratamentos, formas de transmissão das doenças, métodos de diagnósticos oferecidos pelo SUS e medidas de prevenção. Foi destacado a importância do uso de preservativo masculino ou feminino para prevenção das ISTs o que gerou muitas dúvidas que foram sanadas pelos acadêmicos.

A Professora Marciane destaca que a educação em saúde é necessária nessa faixa etária e o apoio informacional é o melhor método para a conscientização. Conforme dados do Ministério da Saúde, o número de casos de ISTs têm aumentado muito nos últimos anos. Observa-se uma tendência de crescimento dos casos de Sífilis Adquirida, Sífilis em Gestantes e HIV/AIDS, estando o Rio Grande do Sul em posição superior a do sul do país e de todo Brasil.

Ver mais notícias