Notícias da URI Erechim

URI Erechim e Randon TRIEL-HT lançam projeto de formação cidadã

24/06/2021 - 558 exibições

   



A interação de competências e necessidades complementares e a missão que ambas têm de participar ativamente da transformação econômica, social e ambiental da região, fez com que a RANDON TRIEL HT e a URI ERECHIM unissem esforços para planejar e construir algo inédito e inovador na região: o projeto “Formação Cidadã”, que tem como desafio promover formação humana voltada para crianças e adolescentes de 05 a 14 anos, filhos de colaboradores da empresa RANDON TRIEL HT, contribuindo, assim, com um processo socioeducativo transformador do indivíduo e promovendo o desenvolvimento sustentável da comunidade onde estão inseridos.

O lançamento do projeto aconteceu na tarde desta quinta-feira, 24, na Vila Olímpica da Universidade, local onde vai ser desenvolvido a partir de julho.

Diversas lideranças acadêmicas, empresariais e do poder público municipal prestigiaram o ato. Entre elas, o Vice-Prefeito Flávio Tirelo; a Diretora-Presidente do Instituto Elisabetha Randon, Maurien Randon Barbosa; o Diretor-Geral da Montadora, Sandro Adolfo Trentin; a Gerente de Pessoal e Cultural da empresa, Silvana Gemelli; o Gerente de Controladoria, Luís Carlos de Lima; a Coordenadora Administrativa Financeira, Jucivane Lucia May; os diretores da TRIEL-HT, Airton e Darlan Dalla Rosa; o Diretor-Geral da URI Erechim, Paulo Roberto Giollo; o Diretor Acadêmico, Adilson Luís Stankiewicz; o Diretor Administrativo, Paulo José Sponchiado; professores e coordenadores responsáveis pela execução do projeto; o Presidente da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim, Fabio Vendrúsculo; e o Secretário Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Neidmar Alves.

Mesclando esporte com cultura e educação, o “Formação Cidadã” visa criar um modo de vida baseado na alegria gerada pelo esforço e no valor educativo da liderança pelo exemplo, assim como no respeito pelos princípios éticos universais. Neste sentido, os Valores Olímpicos, da excelência, da amizade e do respeito, são a base do desenvolvimento da proposta.

O gestor do programa universidade/empresa, Luís Fernando Cantele, fez a apresentação do projeto, salientando os aspectos que serão explorados ao longo do programa, considerado desafiador por todos os participantes, pois irá integrar os valores olímpicos, já desenvolvidos na Universidade e fora dela também.

A Excelência significa, segundo Cantele, “dar o melhor”, tanto no campo de jogo quanto na vivência em sociedade. Não se trata apenas de ganhar, mas também da participação, do fazer progressos em relação às metas pessoais, lutar para ser e fazer o melhor no cotidiano. A Amizade incentiva a considerar o desporto como um instrumento para a compreensão mútua entre os indivíduos e os povos sobre o mundo. O Respeito inclui respeito por si mesmo, com o corpo, para com os outros, para as regras e regulamentos, para o desporto e o ambiente.

Espera-se, com isso, que os participantes vivenciem experiências sociais, afetivas e motoras que nortearão o seu processo de inserção na sociedade, evitando a marginalização, quer seja ela social, ambiental e/ou profissional, e as consequências inerentes a essa situação.

Almeja-se também que os aprendizados oriundos das vivências pelas quais as crianças e os adolescentes experimentarem, repercutam extensivamente às famílias, desenvolvendo uma conscientização da importância dos seus papéis na transformação da sociedade.

As atividades realizadas terão como vértice a formação humana e todos participarão de oficinas visando desenvolver competências e habilidades e a percepção do seu próprio valor. Oficinas lúdicas, interativas e desafiadoras serão apresentadas na forma de temáticas envolventes, fundamentais na formação do indivíduo.

Na esfera do esporte será utilizado o método recreativo, que promove maior interação entre os participantes bem como, com os professores/monitores, pois objetiva a abordagem lúdica das atividades. Este método proporciona prazer, criatividade e motivação, contribuindo para a redução da ansiedade e do estresse. Resultando desta forma em possibilidades de ganhos amplos de comportamento e resultado, tanto em rendimento esportivo, quanto escolar, e de convivência humana.

Exemplos de habilidades para a vida que incluem respeito, liderança, gestão de tempo, controle emocional, disciplina, honestidade, trabalho em equipe, entre outras, quando aplicadas somente no contexto esportivo, são nomeadas de habilidades esportivas. Contudo, quando são transferidas para contextos além do esporte (como casa, escola e comunidade), tornam-se Habilidades para a Vida, que são essência do resultado que o projeto “Formação Cidadã” idealizado pela Randon Triel e URI Erechim se propõe a entregar para a sociedade.

Ver mais notícias