Notícias da URI Erechim

Fisioterapia chama atenção sobre os perigos do uso de narguilé

26/05/2021 - 525 exibições

   



O Curso de Fisioterapia da URI desenvolve na próxima segunda-feira, 31, uma ação especial para marcar o Dia Mundial sem Tabaco. A iniciativa visa, principalmente, divulgar os perigos do uso de narguilé, que têm sido causador de doenças respiratórias graves.

Conforme a coordenadora da ação, professora Ana Lucia Morsch, do Curso de Fisioterapia, o programa também tem a parceria do Rotary Kids de Erechim. Segundo ela, o narguilé, que é um costume que vem de séculos, é um equipamento utilizado para fumar tabaco, essências e também substâncias psicoativas, e que tem trazido, portanto, grandes problemas para a saúde pública.

O compartilhamento é outro fator que gera ainda mais perigo, especialmente nos tempos atuais de pandemia onde é usado principalmente por jovens que encaram isso como lazer. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo planeta. Estima-se que apenas uma hora de uso de narguilé equivale a tragar de 100 a 200 cigarros, podendo levar à dependência e doenças respiratórias, câncer do pulmão e de boca, bexiga, ateresclerose, além de doenças coronarianas.

Por isso, a importância dessa campanha nesse dia para esclarecer o público fumante sobre os efeitos nocivos e mortais do tabaco e desencorajar seu uso. Entre as ações a serem desenvolvidas, está um post informativo e explicativo sobre os perigos do uso do narguilé e a associação com doenças respiratórias, além da produção de um vídeo a ser elaborado pelos participantes e, por fim, uma Live no Instagram a ser realizada na segunda-feira, com a participação de profissionais da área de saúde.

Ver mais notícias