Notícias da URI Erechim

Formandos da Enfermagem iniciam Estágio Supervisionado no Santa Terezinha

24/03/2021 - 258 exibições

   



Os formandos da turma 2017 do Curso de Enfermagem da URI iniciaram no dia 15 de março o Estágio Supervisionado I na Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim (FHSTE), sob supervisão das professoras Neiva de Oliveira Prestes, Eliana Buss e Luana Ferrão.

São os seguintes acadêmicos que começaram a realizar o estágio: Aline Contreira Pires, Ana Carolina Piacini, Cristian Felipe Fantin Zin, Daniely Miolo, Débora Dalla Costa, Eduarda Camilotti, Jaciara Beatriz Araldi, Larissa de Moraes, Letícia Assoni de Morais, Letícia Conci, Luana Zin, Lúbia D'avila Oliveira, Luiza Carolina Moro, Marcos do Nascimento e Maria Eduarda da Silva.

Os setores da FHSTE que estão recebendo os formandos são: Pronto Socorro, Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI), Maternidade e Centro Obstétrico, as Clínicas Cirúrgica, Centro Cirúrgico e Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON).

Durante o Estágio Supervisionado, que tem carga horária de 405 horas, os acadêmicos realizam atividades de planejamento, gestão, supervisão e execução das rotinas e procedimentos exclusivos do enfermeiro, visando a promoção, prevenção, proteção e recuperação da saúde individual e/ou coletiva e a aproximação ao mundo do trabalho do enfermeiro, enquanto membro da equipe interprofissional.

Estudantes e professores, no contexto da pandemia, vivenciam desafios no processo de ensino-aprendizagem, especialmente aqueles relacionados à relevância da presença do estudante no serviço de saúde, ao atendimento das necessidades sociais, com ênfase no SUS, à integralidade do cuidado, à avaliação baseada em conhecimentos, habilidades e atitudes e à gestão da qualidade na atenção à saúde e na segurança do paciente.

O processo de ensino-aprendizagem desses acadêmicos só é possível pela disponibilidade da instituição hospitalar em receber e acolher as professoras e acadêmicos que estão concretizando a sua formação, ao vivenciar a experiência de ser profissional enfermeiro. Ao acompanhar e auxiliar as enfermeiras, técnicos de enfermagem e demais profissionais deste hospital, compreendem os desafios e a ciência da Enfermagem em época de pandemia.

Este contexto prepara os acadêmicos para um cuidado de excelência, oportunizando a visão integral dos pacientes, que necessitam de profissionais competentes para garantir a melhora e a continuidade da vida. Além disso, destaca-se que a URI Erechim oferece aos acadêmicos todos os equipamentos de proteção individual para assegurar a segurança nos campos de prática.

Para a educação em enfermagem, há a emergência de tecnologias de interface que articulem o físico com o digital e que ampliem o debate, a troca de experiências, a interação, a reflexão e o pensamento crítico. O cuidado de enfermagem é presencial e indispensável. Assim, a formação de profissionais para cuidar de vidas humanas requer conhecimentos, habilidades e atitudes na integração ensino-serviço-comunidade e no trabalho interprofissional.

Ver mais notícias