Notícias da URI Erechim

Alunos de Administração e Ciências Contábeis conhecem a Incubadora Tecnológica de Erechim

04/07/2022 - 135 exibições

   



Acadêmicos dos Cursos de Administração e Ciências Contábeis da URI (turmas 2022), realizaram uma visita técnica, no dia 29 de junho, à Incubadora Tecnológica de Erechim (ITE). O grupo foi acompanhado pelo professor Fernando S. Mazon, que ministra a disciplina de Empreendedorismo.

O Diretor da Incubadora Tecnológica de Erechim, Fabrício Oliveira, informou aos alunos que o local abriga empresas que nascem na estrutura física da incubadora, espaço que visa dar apoio (alguns custos operacionais subsidiados) até que elas consigam crescer, sendo que o período de incubação máximo é de dois anos, prorrogável por mais um ano. Ainda fazem parte do ecossistema as “empresas-âncora”, ligadas à economia tradicional, as quais oferecem suporte e auxiliam no desenvolvimento de projetos.

A Coordenadora de Empreendedorismo Jovem da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Maíne Moreira, comentou, em sua apresentação, sobre as características para ser um empreendedor, com destaque especial para a criatividade, resiliência e a capacidade de assumir riscos. Falou também que há uma grande quantidade de informação disponível e que todas as habilidades importantes para empreender podem ser desenvolvidas, tanto com a experiência prática quanto por meio do conhecimento formal.

Guilherme Basso, da empresa Ousadia, relatou a história de empreendedorismo da família, com a empresa fundada pela mãe. Contou que desenvolveu vários projetos e que atualmente está à frente do Sindivest Alto Uruguai, sindicato patronal das indústrias do vestuário. Como principal realização na entidade, destacou a aquisição e instalação de um equipamento de corte de tecidos que atende mais de 40 empresas do setor de confecções na região. Destacou, ainda, que, para montar um negócio, o empreendedor deve encontrar um problema a ser resolvido e vender a solução para o cliente, sempre focando na inovação e na experiência do cliente.

Responsável pela Sala do Empreendedor, Tiago Lando descreveu os serviços oferecidos em seu setor, que atua em parceria com o Sebrae. Destacou que toda a abertura de empresa em Erechim passa pela Sala do Empreendedor, cujo papel é facilitar a vida do empreendedor, auxiliando com informações, na formalização do negócio e na diminuição dos trâmites burocráticos.

Berenice Didoné, Secretária Adjunta da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, finalizou as apresentações comentando sobre as ações desenvolvidas pela secretaria relacionadas à geração de renda, fomento à inovação e ao turismo. Cada negócio tem suas particularidades e Berenice salientou que sua pasta procura atender às diferentes demandas, com atenção especial aos micros e pequenos empreendedores.

A visita à Incubadora Tecnológica teve como objetivo proporcionar aos acadêmicos a perspectiva dos agentes públicos, sua área de atuação e como eles podem contribuir com a atividade empreendedora, uma vez que, quando se trata da criação de negócios, empreender implica em relacionar-se com diversos atores, públicos e privados.

Ver mais notícias