Notícias da URI Erechim

Alunos de Nutrição mostram os passos principais de uma alimentação saudável

03/05/2022 - 497 exibições

   



As atividades de extensão nos cursos de graduação são a forma mais original dos acadêmicos planejarem e executarem suas ideias, de acordo com as necessidades da comunidade. Por isso, alunos da turma 2020 do Curso de Nutrição da URI planejaram e desenvolveram, nos meses de março e abril, uma atividade relacionada ao Guia Alimentar para a População Brasileira: Alimentação Saudável e Adequada. O guia foi implementado pelo Ministério da Saúde em 2014, mas a população sabe muito pouco sobre as orientações alimentares e nutricionais divulgadas pelos profissionais nutricionistas.

As atividades, que fizeram parte da disciplina de Introdução à Nutrição, ministrada pela professora Roseana Baggio Spinelli, tiveram várias etapas: leitura e resumo do texto, entendimento sobre algumas sugestões para a população e a estruturação e conceituação dos dez passos da alimentação saudável e adequada.

Na última etapa, a iniciativa foi organizada e apresentada para os alunos do primeiro ano do curso Técnico em Enfermagem, da Escola de Educação Básica da URI, coordenado pela Enfermeira Cristina Severo. No dia 26 de abril, a turma 2022 conversou sobre a importância dos dez passos e de se manter uma alimentação saudável e adequada, enfatizando a comida de verdade quando sugeriram formas de evitar alimentos processados e ultraprocessados.

Alunos do Técnico em Enfermagem, juntamente com a professora de Anatomia, Magali Adam, questionaram as dúvidas sobre esse importante tema relacionado à saúde, que é a alimentação saudável.

Os DEZ PASSOS PARA UMA ALIMENTAÇÃO ADEQUADA E SAUDÁVEL são:

1. Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base

da alimentação;

2. Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar

alimentos e criar preparações culinárias;

3. Limitar o consumo de alimentos processados;

4. Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados;

5. Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia;

6. Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou

minimamente processados;

7. Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias;

8. Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.

9. Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora.

10. Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação

veiculadas em propagandas comerciais.

Ver mais notícias