Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Medicina Veterinária
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências Agrárias

Disciplina: PATOLOGIA ANIMAL

Código: 50-493

Carga Horária: 40h (Teórica: 30h)  (Prática: 10h)

Nº de Créditos: 02

 

Ementa

Introdução ao Estudo da Patologia Geral. Conceitos fisiopatologia e causas de lesões celulares.  Anomalias do desenvolvimento, adaptação, degeneração e morte celular. As principais alterações post mortem nos animais e suas diferenças entre as espécies. Fisiopatologia e consequências dos acúmulos ou deposições de substâncias e pigmentos intra e extracelulares. Fisiopatologia da inflamação aguda e crônica e da reparação tecidual; Causas, tipos e mecanismos dos distúrbios hidro e hemodinâmicos. Classificação e origem das neoplasias.

 

Objetivos

A disciplina visa proporcionar ao aluno adquirir conhecimento necessário para identificar as principais alterações estruturais, morfológicas e funcionais das doenças inflamatórias, circulatórias e neoplásicas.

Ao término da disciplina, o aluno deverá ser capaz de atingir total ou parcialmente as seguintes competências e habilidades: reconhecer as diversas lesões que ocorrem nos órgãos e tecidos do corpo do animal após afecções, abrangendo a patogenia e as lesões macroscópicas e microscópicas. Capacidade de interpretação e solução de problemas reais ou simulados de práticas reais.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE 1- INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE PATOLOGIA GERAL

1.1 Conceitos; etiologia; fisiopatologia; morfologia.

1.2 Alterações post mortem

1.2.1 Autólise, rigor mortis, algor mortis, livor mortis

1.2.2Hipóstase, embebição por hemoglobina; embebição por bile; pseudomelanose

1.2.3 Coagulação do sangue

 

UNIDADE 2- DEGENERAÇÃO E MORTE CELULAR

2.1 Lesão celular

2.1.1 Conceito e causas

2.1.2 Degeneração

2.1.3 Adaptações celulares

2.1.3.1 Hiperplasia; hipertrofia; atrofia;

2.1.4 Anormalidades da diferenciação e crescimento

2.1.4.1 Metaplasia; displasia; anaplasia; hipoplasia.

2.2 Necrose e apoptose.

 

UNIDADE 3- DEPOSIÇÃO DE SUBSTÂNCIAS E PIGMENTOS

3.1 Deposição de substâncias

3.1.1 Lipídeos; glicogênio; amiloide; cálcio; colesterol; ácido úrico.

3.2 Deposição de pigmentos

3.2.1 Carvão; carotenoides; lipofuscina; melanina; derivados da hemoglobina; filoeritrina.

 

UNIDADE 4- INFLAMAÇÃO

4.1 Fisiopatologia da inflamação aguda e crônica

4.2 Tipos de inflamação aguda e tipos de inflamação crônica

4.3 Mediadores químicos da inflamação.

4.4 Cicatrização

4.5 Reparação de tecidos: conceito e tipos

 

UNIDADE 5-  ALTERAÇÕES HIDRO E HEMODINÂMICAS

5.1 Alterações hemodinâmicas

5.1.1 Fisiologia e fisiopatologia da Hemostasia

5.1.2 Conceitos, fisiopatologia e tipos de hemorragia, trombose, embolia, coagulação intravascular disseminada; isquemia e infarto

5.2 Alterações hidrodinâmicas

5.2.1 Fisiopatologia e causas de edema.

5.3 Choque

5.3.1 Conceitos, fisiopatologia e tipos de choque

 

UNIDADE 6- NEOPLASIA

6.1 Conceito e características gerais das neoplasias

6.2 Diferença entre tumores benignos e malignos

6.3 Nomenclatura

6.4 Carcinogênese

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Também serão realizadas aulas práticas laboratoriais.

Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 10h.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais e/ou práticas, atividades e trabalhos. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.

BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica

BRASILEIRO FILHO, Geraldo. Bogliolo, patologia geral. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998, 2008 e 2011.

KUMAR, Vinay et al. Robbins e Cotran, patologia: bases patológicas das doenças. 8. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

MONTENEGRO, Mario Rubens; FRANCO, Marcello (Coord.). Patologia: processos gerais. 4. ed. São Paulo: Atheneu, 1995 e 1999.

 

Bibliografia Complementar

BECKER, Paulo F. L. Patologia geral. São Paulo: Sarvier, 1997.

COTRAN, Ramzi S.; ROBBINS, Stanley L; KUMAR, Vinay; COLLINS, Tucker. Robbins patologia estrutural e funcional. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

RUBIN, Emanuel; FARBER, John L (Ed.). Pathology. 3. ed Philadelphia (USA): Lippincott-Raven, 1999.

SANTOS, Lima, R. D., ALESSI, Carlos, A. Patologia Veterinária, 2ª ed. Roca, 2017, 856p. [Minha Biblioteca].

STEVENS, Alan; LOWE, J. S. Patologia. 2. ed. Barueri: Manole, 2002.

 

Fique por dentro

Ver mais