Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Medicina Veterinária
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências Biológicas

Disciplina: IMUNOLOGIA VETERINÁRIA

Código: 20-426

Carga Horária: 40h (Teórica: 30h)  (Prática: 10h)

Nº de Créditos: 02

 

Ementa

Introdução a imunologia básica e sua aplicação na imunologia clínica veterinária. Ação e  importância da imunidade inata e adquirida. Órgãos linfoides e as células de defesa; Conceitos e mecanismos de infecção, resistência e virulência. Conceitos e formas de ação de antígenos e anticorpos e sistema complemento. O sistema de resposta imune e sua regulação, bem como mecanismos imunológicos de dano tissular. As doenças auto-imunes e distúrbios de imunodeficiência de importância na Medicina Veterinária.

 

Objetivos

A disciplina objetiva que o aluno adquira conhecimento sobre os mecanismos imunológicos normais dos animais e suas interações com o ambiente, notadamente, com microrganismos patógenos e reações a vacinas.

Ao término da disciplina, o aluno deverá ser capaz de atingir total ou parcialmente as seguintes competências e habilidades: compreender as propriedades do sistema imune, bem como as características dos seus órgãos e células envolvidos nesta resposta e processo inflamatório. Conhecer as propriedades dos antígenos que podem influenciar na resposta imune; reconhecer e compreender a função dos diferentes tipos de imunoglobulinas frente a agressão por diferentes agentes ou em diferentes locais; como ocorre a apresentação do antígeno ao sistema imune e como as diferentes agressões ou infecções podem resultar em diferentes respostas imunológicas nos animais.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE 1- IMUNOLOGIA

1.1 Conceito, histórico, importância

1.2 Imunidade Inata

1.3 Imunidade Adquirida

 

 

UNIDADE 2- ÓRGÃOS E TECIDOS LINFOIDES

2.1 Órgãos e tecidos linfoides primários e secundários

2.2 Definições e diferenças

2.3 O timo e a medula óssea: localização e função

2.4 A maturação dos linfócitos T e B

2.5 A linfa e os órgãos linfoides secundários: localização e função

 

UNIDADE 3- INFECÇÃO, RESISTÊNCIA E VIRULÊNCIA

3.1 Definições

3.2 Exemplos de virulência

3.3 Mecanismos externos de defesa do organismo

3.4 Mecanismos internos de defesa do organismo

3.5 Mediadores celulares do Sistema Imune

3.6 Fatores solúveis que mediam a Resposta Imune

3.7 Respostas fisiológicas complexas: febre e inflamação

 

UNIDADE 4- ANTÍGENOS

4.1 Conceito, características

4.2 Reação antígeno-anticorpo

4.3 Hapteno, epítopo

4.4 Antígenos homólogos e heterólogos

4.5 Reação cruzada

 

UNIDADE 5- ANTICORPO

5.1 Conceito

5.2 Produção

5.3 Imunoglobulinas: classes, características, semelhanças e diferenças, funções

5.4 Estrutura molecular do monômero de Ig, isótipos, alótipos e idiótipos

5.5 Isótipos, alótipos e idiótipos

5.6 Resposta primária e secundária, memória imunológica

 

 

UNIDADE 6- SISTEMA COMPLEMENTO

6.1 Conceito, importância

6.2 Vias de ativação, etapas da ativação

6.3 Funções: lise, opsonização, quimiotaxia, anafilaxia, participação na retirada de imunocomplexos da circulação

 

UNIDADE 7- IMUNIDADE

7.1 Imunidade Celular: conceito, LTh e LTc e citotoxidade

7.2 Imunidade humoral: conceito, LB, produção de Ac pelas LB

7.3 Interação entre LT e LB, ativação T dependente e ativação T independente

 

UNIDADE 8- HIPERSENSIBILIDADE

8.1 Conceito e classificação

8.2 Hipersensibilidade Tipos I, II, III e IV; características e exemplos de casos

 

UNIDADE 9- IMUNODEFICIÊNCIAS

9.1 Congênitas

9.2 Adquiridas

 

UNIDADE 10- IMUNOPROTEÇÃO

10.1 Ativa: natural e artificial

10.2 Passiva: natural e artificia

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Também serão realizadas aulas práticas laboratoriais, uso de ferramentas de tecnologias da informação.  A disciplina prevê 10h de T.D.E.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais e/ou práticas, atividades e trabalhos. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.   

 

 

BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica

ABBAS, A. K.; LICHTMAN, A. H; POBER, J. S; FARIAS, A. dos S. (Trad.). Imunologia celular e molecular. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

CALICH, V.; VAZ, C. Imunologia. 2.ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2009.

ROITT, I.M; BROSTOFF, J.; MALE, D. Imunologia. 6. ed. São Paulo: Manole, 2003.

 

Bibliografia Complementar

BIER, O. G. Imunologia Básica e Aplicada. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1989.

DOAN, T. et al. Imunologia ilustrada. Porto Alegre: Artmed, 2008.

FORTE, W.C.N. Imunologia: do básico ao aplicado. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011. 

GORCZYNSKI, R.; STANLEY, J. Imunologia clínica. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 2001.

SILVA, da, A.G. T. Imunologia Aplicada - Fundamentos, Técnicas Laboratoriais e Diagnósticos. [Minha Biblioteca]. 

 

Fique por dentro

Ver mais