Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Engenharia de Produção
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Disciplina: Confiabilidade em Sistemas Produtivos

Código: 30-596

Carga Horária: 80h (Teórica: 60h)  (Prática: 20h)

Créditos: 04

Pré-Requisitos: 30-329

 

EMENTA

Introdução  à confiabilidade. Indicadores. Estudo das Falhas. Técnicas para análise de confiabilidade de  sistemas. Manutenção centrada na confiabilidade. Estimativa e avaliação da Confiabilidade de processos e equipamentos.

 

OBJETIVOS

A disciplina visa desenvolver a capacidade de compreender o processo produtivo, os tipos e estruturas de manutenção, aplicando ferramentas tecnológicas no planejamento de manutenção a fim de obter a confiabilidade no sistema produtivo. Buscando-se atender essas competências, os seguintes objetivos são apresentados:

- Compreender e analisar, mediante técnicas adequadas, os sistemas produtivos, visando a sua confiabilidade;

- Prever resultados dos sistemas através dos indicadores de manutenção;

- Analisar, identificar e aplicar os indicadores de confiabilidade;

-  Estar apto para pesquisar, utilizar tecnologias e aplicar conceitos de  gestão da manutenção centrada na confiabilidade;

- Ser capaz de expressar-se adequadamente na transmissão de informações entre os setores de produção;

- Identificar e avaliar falhas em sistemas produtivos;

- Atuar sempre respeitando a legislação e a ética nas soluções de engenharia;

- Aprender de forma autônoma e lidar com situações reais e contextos complexos.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

UNIDADE DE ENSINO 01 – INTRODUÇÃO A CONFIABILIDADE E GESTÃO DE INDICADORES

Medidas de confiabilidade e definições básicas.  Gestão de indicadores: confiabilidade, mantenabilidade e disponibilidade.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 01.

 

UNIDADE DE ENSINO 02 – MODELAGEM DE SISTEMAS

Conceitos de modelagem de redes. Sistemas série. Sistemas paralelo. Sistemas parcialmente redundantes. Sistemas redundantes com unidade em  stand-by. Modelagem e  avaliação de sistemas complexos.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 02.

 

TDE 01 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 02.

 

UNIDADE DE ENSINO 03 – ESTUDO DAS FALHAS

Definição de Taxa de Falha: função taxa de transição, curva “banheira” e função exponencial. Tempo médio entre falhas e tempo médio até a falha.  

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 03.

UNIDADE DE ENSINO 04 – ANÁLISE DE CONFIABILIDADE DE SISTEMAS

Estudos de análise de falhas e riscos dos processos,  equipamentos, produtos e serviços, para garantir a confiabilidade e segurança, através de métodos como: FMEA, FTA, APR, HAZOP, RCFA, WHAT IF e outras. Diagramas em blocos de confiabilidade (RBD). Melhoria contínua com base em PDCA. Plano de ação 5W2H. Cadeias de Markov: modelagem de sistemas, matriz de transição estocástica, avaliação da probabilidade dependente do tempo, probabilidade limite de residência, aplicação das técnicas discretas de Markov, MTBF e MTTF.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 04.

 

TDE 02 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 04.

 

UNIDADE DE ENSINO 05 – MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE (RCM)

Histórico e considerações sobre manutenção. Modelos para Sistemas de Gestão da Manutenção, conceitos e características: Qualidade Total na Manutenção (TQMain),  Manutenção Produtiva Total (TPM), Manutenção Centrada na Confiabilidade (RCM), Manutenção Centrada na Eficácia. Estratégias na RCM. Diagramas da RCM.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 05.

 

TDE 03 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 05.

 

METODOLOGIA

Visando desenvolver competências apresentadas, as aulas serão desenvolvidas de forma variada, terão como metodologias: tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), ativa e sociointeracionista. No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, poderão ser utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem  e vídeo, materiais concretos e softwares. A contextualização se dará através da resolução de  problemas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 20h, envolvendo resolução de exercícios, análise de artigos e/ou cases, aplicação de conceitos e técnicas e utilização de  softwares específicos.

   

AVALIAÇÃO

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes  instrumentos de avaliação: provas escritas, exercícios, seminários, projetos e Trabalhos Discentes Efetivos, estes últimos valendo 20% da média parcial. As avaliações serão realizadas ao longo do semestre e distribuídas uniformemente  de acordo com o plano  de ensino. Numa aula que antecede uma avaliação serão dadas orientações a respeito da sistemática a ser adotada e os conteúdos exigidos. No instrumento de avaliação haverá de forma explícita e por escrito quanto valerá cada questão.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KARDEC, Allan; LAFRAIA, João Ricardo Barusso. Gestão estratégica e confiabilidade. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2014. 96 p. (Manutenção; 4). ISBN 9788573037326.

FOGLIATTO, Flávio Sanson; RIBEIRO, José Luis Duarte. Confiabilidade e manutenção  336

industrial. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009. 265 p.

LAFRAIA, João Ricardo Barusso. Manual de confiabilidade, mantenabilidade e disponibilidade. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2014. 374 p. ISBN 9788573037920.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

PEREIRA, Mário Jorge. Engenharia de manutenção: teoria e prática. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2011. 228 p. ISBN 9788573937879.

LEWIS, Bernard; PEARSON, William W. Manual de manutenção preventiva. Rio de Janeiro: D. Nicolau, 1965. 89 p.

MIRSHAWKA, Victor; OLMEDO, Napoleão Lupes. Manutenção: combate aos custos da não-eficácia - a vez do Brasil. São Paulo: Makron Books, 1993. 373 p.

ALMEIDA, Paulo Samuel de. Manutenção mecânica industrial: conceitos básicos e tecnologia aplicada. São Paulo: Érica, 2014. 254 p. ISBN 9788536511825.

TAKAHASHI, Yoshikazu; OSADA, Takashi. TPM/MPT - manutenção produtiva total. São Paulo: Instituto IMAM, 1993. 322 p.

NEPOMUCENO, L. X. (Coord.). Técnicas de manutenção preditiva. São Paulo: Edgard Blücher, 2018. 501 p. ISBN 9788521200925.

Fique por dentro

Ver mais