Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Engenharia de Produção
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Disciplina: Teoria das Restrições

Código: 30-584

Carga Horária: 80h (Teórica: 60h)  (Prática: 20h)

Créditos: 04

Pré-Requisitos: 30-271

 

EMENTA

Gestão do recurso crítico de capacidade.  Integração JIT (Just-In-Time), MRP II (Manufacturing Resource Planning), OPT (Optimised Production Technology). O conceito de “gargalo” e restrição crítica. Subordinando o sistema à capacidade da restrição crítica. O método tambor – pulmão – corda (DBR: Drum – Buffer – Rope). O fluxo: puxado, “espremido” e empurrado. Capacidade finita x capacidade infinita. As regiões: crítica e não crítica. Definindo os lotes de produção ao longo da cadeia de produção. Programando a produção do gargalo: compatibilizando prazos e restrições de  capacidade. OPT (Optimised Production Technology): conceitos, procedimentos e avaliação crítica. A contabilidade de ganhos. Teoria das Restrições (ToC  –  Theory of Constraints): os 5 passos fundamentais. ToC - fazer dinheiro: indicadores de desempenho. Contabilidade de custos versus contabilidade de ganhos. O processo de pensamento e abordagem holística. Marketing, Estratégia e vendas sob a perspectiva da ToC. Aplicações em serviços e sistemas complexos.

 

OBJETIVOS

Compreender o processo de pensamento da Teoria das Restrições (ToC), aplicando métodos e ferramentas para otimização e sincronização de processos produtivos. Buscando-se atender estas competências alguns objetivos específicos são delineados:

- Identificar e gerir recursos críticos e gargalos de produção;

- Ser capaz de correlacionar métodos e ferramentas dos sistemas de produção enxuta à ToC;

- Aplicar os cinco passos fundamentais da ToC para sincronização da produção;

- Ser capaz de definir indicadores de desempenho;

- Aplicar ferramentas da ToC para melhoria contínua e auditoria;

- Aprender de forma autônoma e lidar com contextos complexos;

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

UNIDADE DE ENSINO 01 – INTRODUÇÃO A TEORIA DAS RESTRIÇÕES

Conceito de restrições. Ambientes. O processo de pensamento. Restrição do mercado. Árvores estratégicas.

Atividade Prática: Exercício para aplicação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 01.

 

UNIDADE DE ENSINO 02  –  SISTEMA TAMBOR-PULMÃO-CORDA (TPC), GESTÃO DE

PULMÕES E DISTRIBUIÇÃO

Introdução ao TPC: precursores, programação e casos. Gerenciamento do fluxo. O sistema TPC. TPC simplificado na produção sob encomenda. Gerenciamento da produção para estoque. Gerenciamento da  cadeia de suprimentos: aspectos introdutórios, definição de prioridades, gerenciamento de sazonalidade. Gestão de suprimentos integrada.

 

Atividade Prática: Exercício para aplicação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 02.

 

TDE 01 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 02.

 

UNIDADE DE ENSINO 03 – MEDIDAS DE DESEMPENHO

Contabilidade tradicional de custos e o ambiente empresarial. Método ToC de planejamento, controle e análise de sensibilidade. Resolução de dilemas relacionados a mensuração: medidas globais, medidas locais, sistemas de feedback e responsabilização.

 

Atividade Prática: Exercício para fixação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 03.

 

UNIDADE DE ENSINO 04 – MELHORIA CONTÍNUA E AUDITORIA

Introdução. Lacunas de melhoria e desafios. Identificação de conflitos e paradigmas limitantes. Critérios para resolução  de conflitos. O uso da ToC para focalizar e acelerar as iniciativas de produção enxuta e Seis Sigma.

 

Atividade Prática: Exercício para aplicação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 04.

 

TDE 02 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 04.

 UNIDADE DE ENSINO 05 – ABORDAGEM HOLÍSTICA E O PROCESSO DE PENSAMENTO DA TOC

Perspectiva histórica. O programa satélite. A síndrome X-Y. O Método “4x4”, a iniciativa da visão viável e a árvore de estratégias da TOC para conduzir as implementações holísticas. Holística da ToC nos setores público e privado. Introdução, natureza, abordagens, princípios do processo de pensamento da ToC. Gerenciamento diário com a TOC: solucionando problemas diários. Árvores de E&T. Teoria das Restrições para a educação.

 

Atividade Prática: Exercício para aplicação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 05.

 

UNIDADE DE ENSINO 06 – ESTRATÉGIA, MARKETING E VENDAS

Modelos de estratégia tradicionais e a Teoria das Restrições: introdução, teorias sobre estratégia empresarial, marketing e estratégia, vendas e estratégia, desafios à estratégia e execução, e contribuições da ToC. Definições e fundamentos da estratégia da ToC. Visão geral das aplicações de estratégia da ToC em produção. Pré-requisitos  genéricos/ injeções  para vantagem. Efeitos esejáveis e integração de metodologias. As camadas de resistência: processo de adesão segundo a ToC. Mafia offers.  

 

Atividade Prática: Exercício para aplicação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 06.

 

UNIDADE DE ENSINO 07 – TOC PARA SERVIÇOS E SISTEMAS COMPLEXOS

Introdução, conceitos, ferramentas e as setes etapas de focalização. ToC em serviços profissionais, científicos e técnicos. Serviços de suporte ao cliente. Visão viável para sistemas de saúde. ToC para os sistemas de saúde de amplo escopo. Definição de complexidade. Aplicação das árvores de estratégias e táticas nas organizações. Ambientes complexos: introdução, histórico, estratégias norteadoras, contabilidade de ganhos, ferramentas e aplicações.

 

 Atividade Prática: Exercício para aplicação dos conteúdos previstos na Unidade de Ensino 07.

 

TDE 03 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 07.

 

METODOLOGIA

Visando desenvolver competências apresentadas, as aulas serão desenvolvidas de forma variada, terão como metodologias: tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), ativa e sociointeracionista. No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, poderão ser utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, materiais concretos e softwares matemáticos. A contextualização se dará através da resolução de problemas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 20h, envolvendo resolução de exercícios, análise de artigos e/ou cases, aplicação de conceitos e técnicas e utilização de  softwares específicos.

 

 

 

AVALIAÇÃO

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas escritas, exercícios, seminários, projetos e Trabalhos Discentes Efetivos, estes últimos valendo  20% da média parcial. As avaliações serão realizadas ao longo do semestre e distribuídas uniformemente de  acordo com o plano de ensino. Numa aula que antecede uma avaliação serão dadas orientações a respeito da sistemática a ser adotada e os conteúdos exigidos. No instrumento de avaliação haverá de forma explícita e por escrito quanto valerá cada questão.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

COX III, James F.; SCHLEIER, John G. Handbook da Teoria das Restrições. 1. ed. Porto Alegre: Bookman, 2013. 1240 p. ISBN 9788565837989.

GOLDRATT, Eliyahu M. A meta. 1. ed. São Paulo: Nobel, 2015. 400 p. ISBN 9788521318347.

SLACK, Nigel; BRANDON-JONES, Alistar; JOHNSTON, Robert. Administração da produção. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2015. 698 p. ISBN 9788597002676.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GOLDRATT, Eliyahu M. Corrente crítica. 1. ed. São Paulo: Nobel, 2014. 268 p. ISBN 9788521318354.

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Administração de produção e operações: manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

680 p. ISBN 9788522469185

MARTINS, Petrônio G; LAUGENI, Fernando P. Administração da produção. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2006. 576 p. ISBN 8502046160.

Fique por dentro

Ver mais