Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Engenharia de Produção
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO  

Disciplina: Lean Management em Processos Produtivos

Código: 30-580

Carga Horária: 80h (Teórica: 60h)  (Prática: 20h)

Créditos: 04  

Pré-Requisitos: 30-271

 

EMENTA

Filosofia da produção enxuta – Lean Management e Lean Production. A evolução e os princípios do Sistema Toyota de produção. Planejamento Lean e gestão do posto de trabalho. Indicadores de Produção. Perdas aplicadas ao sistema de produção. Melhoria de processos e de operações. Melhoria contínua. Impactos no Sistema de Avaliação de Desempenho.

 

OBJETIVOS

A disciplina visa desenvolver no acadêmico a capacidade para o planejamento de sistemas de produção, compreensão dos elementos da cadeia produtiva e gestão da cadeia de suprimentos, a fim de promover a compreensão e importância da estratégia de produção. Buscando-se atender essas competências, os seguintes objetivos são apresentados:  

- Ser capaz de utilizar técnicas adequadas de observação, compreensão, registro e análise de informações a respeito dos processos produtivos;

- Formular, de maneira ampla e sistêmica, soluções de melhoria de processos e operações de manufatura;

- Medir e projetar os resultados dos sistemas por meio dos modelos de melhoria contínua;

- Implantar, supervisionar e controlar as soluções de Engenharia, pertinentes ao Lean;

-  Realizar a avaliação crítico-reflexiva dos impactos das soluções de Engenharia no contexto econômico;

- Estar apto a gerir, tanto a força de trabalho quanto os recursos  físicos, no que diz respeito aos materiais e à informação;

-  Gerenciar projetos e liderar, de forma proativa e colaborativa, definindo as estratégias de rodução adequadas;

- Aprender de forma autônoma e lidar com situações reais e contextos complexos.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

UNIDADE DE ENSINO 01 – FILOSOFIA DA PRODUÇÃO ENXUTA

Lean Management  e  Lean Manufacturing.  A evolução e os princípios do Sistema Toyota de produção História. Os desperdícios de um sistema produtivo. A Casa do Sistema Toyota de Produção. Estratégias de produção. Relação da produção Just in case x Just in time.

 

Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da Unidade de Ensino 01.

 

TDE 01 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 01.

 

UNIDADE DE ENSINO 02 – PLANEJAMENTO LEAN

Takt Time, Tempo de ciclo e  Lead Time. Análise de capacidades do Sistema de Produção. Balanceamento de carga. Gestão do posto de trabalho. Nivelamento da produção.

 

Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da unidade 02.

 

TDE 02 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 02.

 

UNIDADE DE ENSINO 03 – INDICADORES DE PRODUÇÃO

Gestão de indicadores produtivos. Índice de Rendimento Operacional Global (IROG). Eficiência Global do Equipamento (OEE – Overall Equipment Effectiveness)  

 

Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da Unidade de Ensino 03.

 

TDE 03 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 03.

 

UNIDADE DE ENSINO 04 – MELHORIA DE PROCESSOS E OPERAÇÕES  

Mapeamento do Fluxo de Valor. Identificação de desperdícios. Perdas aplicadas ao sistema de produção. Redução de tempo de setup – SMED (Single Minute Exchange of Dies), Produção por fluxo unitário  –  One Piece Flow. Troca rápida de ferramenta.  Diagrama de Espaguete.

Manutenção Produtiva Total.

 

Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da Unidade de Ensino 04.

 

TDE 04 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 04.

 

UNIDADE DE ENSINO 05 – ELEMENTOS DE CONTROLE DO LEAN

Elementos de Controle de Produção. Poka Yoke. Jidoka. Categorias e dimensionamento de Kanbans. Ferramentas da qualidade e gestão visual.

 

Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da Unidade de Ensino 05.

 

TDE 05 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 05.

 

UNIDADE DE ENSINO 06 – MELHORIA CONTÍNUA

Ferramentas de melhoria contínua. PDCA.  Kaizen. Impactos no Sistema de Avaliação de Desempenho.

 Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da Unidade de Ensino 06.

 

TDE 06 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 06.

 

UNIDADE DE ENSINO 07 – OTIMIZAÇÃO DE LAYOUT

Critérios para o Projeto de Células. Layout celular. Estudo de deslocamentos com Diagrama de Espaguete.

 

Atividade prática: Atividade relativa ao conteúdo da Unidade de Ensino 07.

 

TDE 07 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 07.

 

METODOLOGIA

Visando desenvolver competências apresentadas, as aulas serão desenvolvidas de forma variada, terão como metodologias: tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), ativa e sociointeracionista. No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, poderão ser utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e  vídeo, materiais concretos e softwares. A contextualização se dará através da resolução de problemas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 20h, envolvendo resolução de exercícios, análise de artigos e/ou cases, aplicação de conceitos e técnicas e utilização de  softwares específicos.

 

AVALIAÇÃO

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas escritas, exercícios, seminários, projetos e Trabalhos Discentes Efetivos, estes últimos valendo 20% da média parcial. As  avaliações serão realizadas ao longo do semestre e distribuídas uniformemente de acordo com o plano de ensino.  Numa aula que antecede uma avaliação serão dadas orientações a respeito da sistemática a ser adotada e os conteúdos exigidos. No instrumento de avaliação haverá de forma explícita e por escrito quanto valerá cada questão.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SHINGO, Shigeo. O Sistema Toyota de produção: do ponto de vista da engenharia de produção. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011. 291 p. ISBN 9788573071696.

OHNO, Taiichi. O Sistema Toyota de produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Bookman, 2015. 131 p. ISBN 8573071702.

ANTUNES, Junico et al. Sistemas de produção: conceitos e práticas para projeto e gestão da produção enxuta. Porto Alegre: Bookman, 2008. 328 p. ISBN 9788577801169.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

LIKER, Jeffrey K. O modelo Toyota: 14 princípios de gestão do maior fabricante do mundo. Porto Alegre: Bookman, 2007. 316 p. ISBN 9788536304953.

MORGAN, James; LIKER, Jeffrey K.  Projetando o Futuro:  como a Ford, a Toyota e outras empresas de classe mundial usam o desenvolvimento Lean para transformar seus negócios. 1. ed. Porto Alegre: Bookman, 2020. 396 p. ISBN 9788582605318.

WOMACK, James P; FERRO, José Roberto; JONES, Daniel T. A mentalidade enxuta nas empresas: elimine o desperdício e crie riqueza. 5. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1999. 427 p. ISBN

8535201610.

WOMACK, James P; JONES, Daniel T.; ROOS, Daniel. A máquina que mudou o mundo: baseado no estudo do Massachusetts Institute of Tecnology sobre o futuro do automóvel. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 343 p. ISBN 9788535212693.

LIKER, Jeffrey K; CONVIS, Gary L. O Modelo Toyota de liderança Lean: como conquistar e manter a excelência pelo desenvolvimento de lideranças. Porto Alegre: Bookman, 2013. 252 p.

ISBN 9788582600153.

MORGAN, James; LIKER, Jeffrey K.  Sistema Toyota de Desenvolvimento de Produto: integrando pessoas, processo e tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2008. 392 p. ISBN 9788577802654.

Fique por dentro

Ver mais