Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Disciplina: Tópicos Avançados em Automação

Código: 30-575

Carga Horária: 40h (Teórica: 20) (Prática: 20)

Créditos: 02

Pré-Requisitos: 30-381

 

EMENTA

Disciplina de ementa variável, abordando assuntos atuais na área de automação aplicada e as suas principais tendências no mercado de trabalho do engenheiro eletricista.

 

OBJETIVOS

A disciplina visa desenvolver competências e habilidades para conceber, analisar e projetar sistemas, processos e produtos relacionados à área de automação.

Para atender estas competências, elencam-se alguns objetivos específicos:

- Fornecer ao aluno conhecimentos em assuntos atuais relevantes à área de automação.

- Aplicar conceitos da automação em contextos complexos, atualizando-se em relação aos avanços da ciência, da tecnologia e aos desafios da inovação.

- Conceber e projetar soluções criativas, desejáveis e viáveis, técnica e economicamente, nos contextos em que serão aplicadas, bem como avaliar os impactos nos contextos social, legal, econômico e ambiental.

- Evidenciar potencialidades de inserção da automação na região.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

Disciplina com conteúdo curricular variável, abordando assuntos atuais na área de automação, segundo as principais tendências no mercado de trabalho do engenheiro eletricista.

 

METODOLOGIA

Visando desenvolver competências apresentadas, as aulas serão desenvolvidas de forma variada e terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), e a ativa. No intuito de desenvolver as competências inerentes à disciplina, poderão ser utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, a contextualização das atividades práticas será direcionadas em laboratório e aplicativos de simulação. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discentes Efetivos (TDE) no total de 10h, com pesquisas bibliográficas, resolução de exercícios, estudo de casos e projetos aplicados. A fixação dos conteúdos será por meio de resolução de exercícios, estudo de casos, seminários, atividades de laboratório e relatórios.

 

AVALIAÇÃO

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas escritas, relatórios, seminários e Trabalhos Discentes Efetivos, estes últimos valendo 20% da média parcial.

As avaliações serão realizadas ao longo do semestre e distribuídas uniformemente de acordo com o plano de ensino. Numa aula que antecede uma avaliação serão dadas orientações a respeito da sistemática a ser adotada e os conteúdos exigidos, bem como os critérios específicos da avaliação. No instrumento de avaliação haverá de forma explícita e por escrito quanto valerá cada questão.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ALVES, J. L. L. Instrumentação, controle e automação de processos. Rio de Janeiro: LTC, 2013.

SIGHIERI, L.; NISHINARI, A.. Controle automático de processos industriais: instrumentação. 2 ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2015.

SILVEIRA, P. R; SANTOS, W. E. Automação e controle discreto. 9 ed. São Paulo: Érica, 2017.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GROOVER, M. P. Automação industrial e sistemas de manufatura. 3.ed. São Paulo: Pearson Education, 2011.  

FRANKLIN, G. F.; POWELL, J. D.; EMAMI-NAENI, A. Sistemas de controle para engenharia. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2013.

NISE, N. S. Engenharia de sistema de controle. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2014.

NATALE, F. Automação industrial. 10.ed., rev. São Paulo: Érica, 2009.

ROSÁRIO, J. M. Princípios de mecatrônica. São Paulo: Prentice Hall, 2009.

GEORGINI, M. Automação aplicada: Descrição e implementação de sistemas sequenciais com PLCs. 9 ed. São Paulo: Érica, 2009  

 

Notícias do Curso

Ver todas