Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Disciplina: Projeto Integrador – Acolhimento e Nivelamento EE

Código: 30-1003

Carga Horária: 60h

Créditos: 03

Co-requisitos: 30-236, 10-145

 

EMENTA

Inserção do acadêmico ao ambiente de formação profissional, introduzindo conceitos e metodologias para o desenvolvimento do Projeto Integrador, alinhado aos Elementos do Pensamento Computacional e Introdução ao Cálculo.

 

OBJETIVOS

Adquirir capacidade de análise e síntese; Desenvolver visão interdisciplinar; Desenvolver habilidade de trabalhar em equipe; Desenvolver o pensamento lógico e metodológico; Adquirir a capacidade de interpretação e solução de problemas reais.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES:

Os conteúdos curriculares desta disciplina são elaborados por demanda a cada nova edição em função do caráter dinâmico relacionado ao objetivo a que ela se propõe.

 

METODOLOGIA

O Projeto Integrador - Acolhimento e Nivelamento – EE será desenvolvido levando em consideração mais de uma área do conhecimento, buscando a resolução de problemas reais, por meio da sua análise e síntese. Para tanto, os alunos trabalharão em equipes, agregando o pensamento lógico e metodológico. Dentre as atividades a serem realizadas durante as 60 horas previstas nesta disciplina, constam 30 horas de atividades extensionistas. Ações extensionistas são classificadas como (i) projeto, (ii) curso, oficina e/ou workshop, (iii) evento, (iv) produto acadêmico, ou (v) prestação de serviço – e desenvolvidas em caráter disciplinar e/ou transversal.

 

AVALIAÇÃO

Conforme descrito no manual de Procedimentos para Elaboração do Projeto Integrador – Acolhimento e Nivelamento - EE.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BAZZO, W. A.; PEREIRA, L. T. Introdução à engenharia. 6.ed. Florianópolis: UFSC, 2006.

HOLTZAPPLE, M. T.; REECE W. D. Introdução à engenharia. Rio de Janeiro: LTC, 2006.

DYM, C. L.; LITTLE, P. Introdução à engenharia: uma abordagem baseada em projetos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GOLEMAN, D. Inteligência e emocional: A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

WEISINGER, H. Inteligência emocional no trabalho. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

COVEY, S. R. Os sete hábitos das pessoas muito eficientes. 28.ed. Rio de Janeiro: Best Seller, 2006.

SANTOS, I. F. Dinâmica de Sistemas Mecânicos: Modelagem, Simulação, Visualização, Verificação. São Paulo: Makron Books, 2001.

MASETTO, M. T. (Org.). Ensino de engenharia: técnicas para otimização das aulas. São Paulo: Avercamp, 2007.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BAZZO, W. A.; PEREIRA, L. T. Introdução à engenharia. 6.ed. Florianópolis: UFSC, 2006.

HOLTZAPPLE, M. T.; REECE W. D. Introdução à engenharia. Rio de Janeiro: LTC, 2006.

DYM, C. L.; LITTLE, P. Introdução à engenharia: uma abordagem baseada em projetos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

COVEY, S. R. Os sete hábitos das pessoas muito eficientes. 28.ed. Rio de Janeiro: Best Seller, 2006.

CUNHA, Luiz Antônio. Educação, Estado e democracia no Brasil. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

FRIGOTTO, Gaudêncio (Org.). Educação e crise do trabalho: perspectivas de final de século. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

GOLEMAN, D. Inteligência emocional: A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

MASETTO, M. T. (Org.). Ensino de engenharia: técnicas para otimização das aulas. São Paulo: Avercamp, 2007.

SANTOS, I. F. Dinâmica de Sistemas Mecânicos: Modelagem, Simulação, Visualização, Verificação. São Paulo: Makron Books, 2001.

SONZA, Andréa Poletto (Org.). Acessibilidade e tecnologia assistiva: pensando a inclusão sociodigital de PNEs. Bento Gonçalves: IFRN, 2013.

WEISINGER, H. Inteligência emocional no trabalho. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

 

Notícias do Curso

Ver todas