Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

Disciplina: Engenharia de Métodos e Processos

Código: 30-271

Carga Horária: 80h (Teórica: 60h) (Prática: 20h)

Créditos: 04

 

EMENTA

Fundamentos de engenharia de métodos. Estudo de tempos, princípios de cronoanálise e cronometragem. Ferramentas para análise e melhoria de processos. Princípios de economia de movimentos. Indicadores de desempenho. objetivo de desempenho.

 

OBJETIVOS

A disciplina visa desenvolver no acadêmico a capacidade para identificar padrões de trabalho nas empresas de maneira a equacionar problemas e sistematizar a busca de melhorias nas operações. Buscando-se atender essas competências, os seguintes objetivos são apresentados:

- Ser capaz de utilizar técnicas adequadas de observação, compreensão, registro e análise para a melhoria de processos;

- Conhecer e aplicar sistemas e métodos apropriados de forma autônoma;

- Ser capaz de padronizar sistemas e métodos;

- Ser capaz de analisar e gerenciar tempos;

- Buscar a comunicação eficaz na atuação em métodos e processos;

- Gerenciar treinamentos, liderando equipes multidisciplinares, interagindo de forma a possibilitar a construção coletiva, melhorando processos;

- Atuar sempre respeitando a legislação e com ética em todas as atividades;

- Aprender de forma autônoma e lidar com situações reais e contextos complexos.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

UNIDADE DE ENSINO 01 – FUNDAMENTOS DA ENGENHARIA DE MÉTODOS.

I Revolução Industrial. II Revolução Industrial. Fordismo. Taylorismo. Administração Científica.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 01.

TDE 01 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 01.

 

 

UNIDADE DE ENSINO 02 – ESTUDO DE TEMPOS

Conceitos. Instrumentos. Metodologia. Divisão da Operação em elementos. Coleta de Dados. Calculo do TC. Cálculo do TN. Fatores de Ritmo. Fator de Tolerância. Cálculo de TP. Setup e Finalização. Cálculo da Capacidade Produtiva.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 02.

TDE 02 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 02.

 

UNIDADE DE ENSINO 03 – FERRAMENTAS PARA ANALISE E MELHORIAS DE PROCESSO.

Fluxograma, mapofluxograma. 5S. FMEA de processo. SMED.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da unidade 03.

TDE 03 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 03.

 

UNIDADE DE ENSINO 04 – PRINCÍPIOS DE ECONOMIA DE MOVIMENTOS

Utilização do corpo humano. Área de trabalho. Ferramentas e equipamentos.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 04.

TDE 04 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 04.

 

UNIDADE DE ENSINO 05 – INDICADORES DE DESEMPENHO

Indicadores de desempenho: eficiência, eficácia, produtividade, lucratividade, efetividade e competitividade.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 05.

TDE 05 - Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 05.

 

UNIDADE DE ENSINO 06 – OBJETIVOS DE DESEMPENHO

Fatores competitivos. Objetivos de desempenho. Matriz importância versus desempenho. Benchmarking. Representação polar. Trade-off.

 

Atividade prática: Atividades conforme conteúdo da Unidade de Ensino 06.

TDE 06 – Atividades conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade de Ensino 06.

 

METODOLOGIA

Visando desenvolver competências apresentadas, as aulas serão desenvolvidas de forma variada, terão como metodologias: tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), ativa e sociointeracionista. No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, poderão ser utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, materiais concretos e softwares. A contextualização se dará através da resolução de problemas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 20h, envolvendo resolução de exercícios, análise de artigos e/ou cases, aplicação de conceitos e técnicas e utilização de softwares específicos.

 

AVALIAÇÃO

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas escritas, exercícios, seminários, projetos e Trabalhos Discentes Efetivos, estes últimos valendo 20% da média parcial. As avaliações serão realizadas ao longo do semestre e distribuídas uniformemente de acordo com o plano de ensino. Numa aula que antecede uma avaliação serão dadas orientações a respeito da sistemática a ser adotada e os conteúdos exigidos. No instrumento de avaliação haverá de forma explícita e por escrito quanto valerá cada questão.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BATALHA, Mario Otavio. Gestão da produção e Operações: Abordagem Integrada. 1.ed. São Paulo: Atlas, 2019. 546p. ISBN 978-85-97-02096-0.

BARNES, Ralph Mosser. Estudo de movimentos e de tempos: projeto e medida do trabalho. São Paulo: Edgard Blücher, 2015. 635 p. ISBN 9788521200109.

SLACK, Nigel; BRANDON-JONES, Alistar; JOHNSTON, Robert. Administração da produção. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2015. 698 p. ISBN 9788597002676.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

CARDOSO, Wagner. Engenharia de Métodos e Produtividade. 1.ed. Itacaiúnas,2018. 145 pg. ISBN 978-85-9535-057-1.

MOREIRA, Daniel Augusto. Administração da produção e operações. 2. ed., rev ampl. São Paulo: Cengage Learning, 2008. xii, 624 p. ISBN 9788522105878.

SHINGO, Shigeo. O Sistema Toyota de produção: do ponto de vista da engenharia de produção. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011. 291 p. ISBN 9788573071696.

STEVENSON, William J. Administração das operações de produção. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2001. 701 p. ISBN 852161277X.

GAITHER, Norman; FRAZIER, Greg. Administração da produção e operações. 8. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2008. 698 p. ISBN 8522102376.

 

Notícias do Curso

Ver todas