Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Disciplina: Cinesiologia A

Código: 40-596

Carga Horária: 30h

Número de Créditos: 02

 

 

1 EMENTA

Introdução ao estudo da Cinesiologia. Cinesiologia aplicada aos movimentos ginástico-desportivos. O método da análise cinesiológica.

 

 

2 OBJETIVOS

  • Compreender e analisar os conceitos básicos da cinesiologia aplicados ao movimento humano.
  • Aplicar os conceitos anatômicos músculo-articulares relacionando-os aos principais conceitos cinesiológicos adotados na prática do Profissional de Educação Física.

 

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

 

UNIDADE I – Introdução aos Fundamentos Cinesiológicos

Revisão de terminologia direcional

Articulações: generalidades, mobilidade articular

Músculos: ação mecânica, funções, tipos de contração e modo de trabalho

 

UNIDADE II – Cinesiologia aplicada aos Movimentos Ginástico-Desportivos

 

 

4 METODOLOGIA

As aulas serão desenvolvidas utilizando os seguintes procedimentos: aulas expositivas; leituras, comentários e debates baseados em textos específicos; utilização de recursos áudio-visuais; técnicas de trabalhos em grupo; trabalhos de pesquisa; seminários; aulas práticas.

 

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação na disciplina concentra-se no desempenho apresentado pelo estudante nas atividades realizadas em aula, provas escritas, realização de tarefas (fichamentos, planejamentos, seminários, trabalhos em grupo,...) e autoavaliação.

 

 

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

KAPANDJI, I. A. Fisiologia articular: Esquemas comentados de Mecânica Humana. 5. ed. São Paulo: Panamericana, 2000.

MIRANDA, E. Bases de anatomia e cinesiologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Sprint, 2003.

RASCH, P. J. Cinesiologia e anatomia aplicada. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

 

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ENOKA, R.M. Bases Neuromecânicas da Cinesiologia. 2 ed. São Paulo: Manole, 2002.

FORNASARI, C.C. Manual para Estudo da Cinesiologia. Barueri: Manole, 2001.

LIMA, C. S.; PINTO, R. S. Cinesiologia e Musculação. Porto Alegre: Artmed, 2008.

SMITH, L. K. et al. Cinesiologia clínica de Brunnstrom. 5. ed. São Paulo: Manole, 1997.

THOMPSON, C. W.; FLOYD, R. T. Manual de Cinesiologia Estrutural. 14. ed. Barueri: Manole, 2002.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas