Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

DISCIPLINA DE DOR OROFACIAL E DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

CÓDIGO: 40-795

CARGA HORÁRIA: 30 (Teórica: 30)

Nº DE CRÉDITOS: 02

 

1 EMENTA

Patologias de origem estritamente oclusal das disfunções temporomandibulares. Muscular. Articular. Aplicação nas diversas especialidades. Diagnóstico diferencial. Tratamento das patologias intra e extra-articulares. Programas de controle multidisciplinar. Fases: clínica e laboratorial.

 

2 OBJETIVO GERAL

Proporcionar ao aluno o conhecimento sobre o diagnóstico e tratamento da dor orofacial e disfunção temporomandibular.

 

3 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Avaliar os Componentes do Sistema Estomatognático e suas correlações com a patologia oclusal

- Identificar as Disfunções de origem muscular

- Entender a Neurobiologia da dor

- Utilizar a Farmacologia como terapias aplicada às dores orofaciais

 

4 CONTEÚDOS CURRICULARES

  1. Histórico das DTMs     
  2. Patologias de origem oclusal – diagnóstico e tratamento
  3. Ajuste oclusal: indicações e técnicas atuais para desgaste seletivo e oclusão mutuamente protegida.
  4. Disfunções Temporomandibulares: etiologia e epidemiologia
  5. Exame dos pacientes.
  6. Disfunções de origem muscular.
  7. Disfunções de origem articular da ATM
  8. Farmacologia aplicada à DTM
  9. Higiene do sono e DTMs
  10. Ortodontia e DTMs
  11. Atividades parafuncionais diurnas
  12. Atividades parafuncionais noturnas
  13. Seminários de casos clínicos

 

5 METODOLOGIA

Desenvolvimento de atividades teóricas dialogadas e interativas, com foco no aprendizado. As estratégias metodológicas poderão incluir aulas teóricas, leitura e interpretação de textos, estudo de caso, estudos dirigidos, seminários, entre outros, sempre priorizando a integração do conteúdo com a prática interdisciplinar e visando estimular o desenvolvimento intelectual e autonomia dos alunos.

 

6 AVALIAÇÃO

A avaliação será por meio de provas teóricas e discussão de ações de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. Também será avaliado por meio da observação do perfil comportamental observando habilidades e competências do aluno em sala de aula. Para aprovação na disciplina, o aluno deverá ter, no mínimo, 75% de presença nas atividades propostas.

 

 

7 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

LEARRETA, Jorge A (et al.). Compêndio de diagnóstico das patologias da ATM. São Paulo: Artmed, 2004.

MCNEILL, Charles. Ciência e prática da oclusão. São Paulo: Quintessence, 2000.

OKESON, Jeffrey P. Tratamento das desordens temporomandibulares e oclusão. 6. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

 

8 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

FERGUSON, Lucy Whyte; GERWIN, Robert. Tratamento clínico da dor miofascial. Porto Alegre: Artmed, 2007.

MANGANELLO, Luiz Carlos Souza; SILVEIRA, Maria Eduina. Cirurgia ortognática e ortodontia. 2. ed. São Paulo: Santos, 2010.

PALLA, Sandro (Coord.). Mioartropatias do sistema mastigatório e dores orofaciais. São Paulo: Artmed, 2004.

SIQUEIRA, José Tadeu Tesseroli; TEIXEIRA, Manoel Jacobsen. Dores orofaciais: diagnóstico e tratamento. São Paulo: Artes Médicas, 2012.

TOLEDO GONZÁLEZ, Nidia Zambrana; LOPES, Lucy Dalva. Fonoaudiologia e ortopedia maxilar na reabilitação orofacial: tratamento precoce e preventivo, terapia miofuncional. São Paulo: Santos, 2000.

 

Notícias do Curso

Ver todas