Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

DISCIPLINA DE RADIOLOGIA E IMAGINOLOGIA I

CÓDIGO: 40-745

PRÉ-REQUISITO: 40-744, 20-398

CARGA HORÁRIA: 60 (Teórica: 30 / Prática: 30)             

Nº DE CRÉDITOS: 04

 

1 EMENTA

Técnicas de execução, revelação e interpretação de radiografias intraorais relacionadas às diversas especialidades da odontologia.

 

2 OBJETIVO GERAL

Capacitar o aluno a interpretar as diferentes imagens radiográficas adquiridas em técnicas intrabucais, diferenciando-as das imagens anatômicas. Nas atividades de técnica radiográfica intrabucal habilitando-o para utilizar todas as técnicas intrabucais por meio de métodos analógicos ou digitais.

 

3 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Conhecer a história do descobrimento dos Raios X, a natureza e propriedades das radiações, a constituição e o funcionamento dos aparelhos de raios X bem como a produção dos mesmos.

- Conhecer os diversos filmes radiográficos e os sensores para captura de imagens encontrados no mercado, sua constituição e os procedimentos necessários para seu processamento químico e eletrônico, assim como os fatores que influem na formação das imagens radiográficas.

- Saber realizar e interpretar as técnicas radiográficas intrabucais utilizadas na Odontologia.

 

4 CONTEÚDOS CURRICULARES

    1. Propriedades dos Raios X
    2. Equipamentos de Raios X
    3. Radioproteção
    4. Revelação radiográfica
    5. Radiologia Digital
    6. Técnicas radiográficas intrabucais
    7. Anatomia radiográfica
    8. Métodos de localização radiográfica
    9. Aplicação da Radiologia nas Especialidades Odontológicas

 

5 METODOLOGIA

a) Aulas expositivas com utilização de projeções de material didático específico;

b) Exercícios de interpretação de imagem a partir da projeção de radiografias intrabucais e casos clínicos reais para uma fixação da teoria aplicada a prática clínica de interpretação radiográfica;

c) Pesquisa de artigos científicos em revistas da área para leitura e discussão em sala de aula. Fazendo uma metodologia ativa de envolvimento dos alunos com debates e apresentação de casos e métodos inovadores de diagnóstico por imagem como a radiologia digital e suas possibilidades de aplicação no dia a dia do cirurgião-dentista;

d) Metodologia ativa com aulas práticas na realização da simulação de tomadas intrabucais. Disparo real junto ao aparelho periapical de Raio X em dentes extraídos (devidamente esterilizados) e posterior processamento das mesmas para desenvolver habilidade manual para tal processo e colocar na prática os conhecimentos adquiridos nas aulas teóricas. Realização de desenhos da anatomia radiográfica de incidências periapicais junto ao laboratório de radiologia, nos negatoscópio da sala com instrução e acompanhamento individual junto ao aluno e consulta do mesmo a apostila da cadeira e material didático indicado, fazendo com que a curva de aprendizagem seja acompanhada individualmente junto ao alunado;

e) Exposição de casos clínicos onde as radiografias intrabucais tiveram fundamental importância no diagnóstico final.

 

Recursos: Datashow, radiografias periapicais, descrição de casos clínicos, bibliografia recomendada, revistas científicas, uso do laboratório da radiologia para simulação de tomadas intraorais e interpretação de radiografias, caixas portáteis de revelação, aparelhos de raio X periapical.

 

6 AVALIAÇÃO

O aluno será avaliado por meio da aplicação de provas teóricas compostas por questões objetivas e dissertativas (duas provas teóricas), sendo avaliado seu conhecimento do conteúdo dado no decorrer do semestre. Também haverá uma avaliação prática, onde diariamente sua habilidade de realização das atividades práticas atribuídas, bem como sua relação interpessoal/organizacional, onde será avaliado o relacionamento entre professores, funcionários e colegas, assim como, assiduidade, pontualidade e interesse. Seu desempenho final será composto pelas duas provas teóricas mais a nota da avaliação prática.

Caso o acadêmico apresente dificuldades de aprendizagem, será referenciado à Coordenação do Curso, que fará o encaminhamento para o setor responsável. Se necessário, após análise, o acadêmico poderá realizar avaliação oral ao invés de escrita. A URI possui o CEAPPI, que tem como propósito realizar orientação, aconselhamento, avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico. Acadêmicos declarados com alguma deficiência poderão ser encaminhados para o Núcleo de Acessibilidade. Este, oferece Atendimento Educacional Especializado (AEE) dirigido aos acadêmicos como forma de apoiar, complementar e suplementar os serviços educacionais comuns, garantindo o acesso e a permanência no Ensino Superior.

 

7 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FREITAS, Aguinaldo de; ROSA, José Edú; SOUZA, Icléo Faria e. Radiologia odontológica. 6. ed. São Paulo: Artmed, 2004.

MAFEE, Mahmood F.; VALVASSORI, Galdino E.; BECKER, Minerva. Imagens da cabeça e pescoço. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

PASLER, Friedrich A.; VISSER, Heiko. Radiologia odontológica: procedimentos ilustrados. Porto Alegre: Artmed, 2005.

 

8 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BONTRAGER, Kenneth L. Tratado de técnica radiológica e base anatômica. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

FACCIROLLI, Ivan Yoshio Oguisso. A arte da fotografia digital na Odontologia. São Paulo: Santos, 2010.

PAPAIZ, Elio Giacomo; CAPELLA, Luiz Roberto da Cunha; OLIVEIRA, Reinaldo José de. Atlas de tomografia computadorizada por feixe cônico para o cirurgião-dentista. São Paulo: Santos, 2011.

WHAITES, Eric. Princípios de radiologia odontológica. 4. Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

WHITE, Stuart C.; PHAROAH, Michael J. Radiologia oral: fundamentos e interpretação. 5. Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

 

Notícias do Curso

Ver todas