Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Nutrição
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências da Saúde

Disciplina: TERAPIA DE NUTRIÇÃO ENTERAL - A

Código: 40-1369

Carga Horária: 40h (Teórica: 30hs - TDE: 10hs)

Nº de Créditos: 02

 

Ementa  

A disciplina aborda a Terapia de Nutrição Enteral para manutenção ou recuperação do estado nutricional do paciente.

 

Objetivos

A disciplina visa desenvolver habilidades para reconhecer os requisitos mínimos que regem a utilização da Terapia de Nutrição Enteral.

Buscando-se atender estas competências, alguns objetivos específicos são delineados:

- Definir e caracterizar a Terapia de Nutrição Enteral;

- Identificar as condições que indicam a terapia de nutrição enteral;  

- Identificar as diferentes formulações enterais e suas aplicações;

- Planejar dietas enterais para diferentes situações clínicas e necessidades nutricionais;  

-  Identificar, planejar e aplicar cuidados nutricionais em pacientes com necessidade de suporte nutricional em âmbito hospitalar, ambulatorial e domiciliar;

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE DE ENSINO 01: Planejamento da Terapia de Nutrição Enteral

Apresentar a Terapia Nutricional Enteral: Introdução; Indicações, Benefícios e Contraindicações; Vias de acesso e métodos de administração; Planejamento da dieta;

Intercorrências em Nutrição Enteral; Categorização das Fórmulas de NE; Critérios de Seleção de Dietas em NE; Preparações Industrializadas e Não Industrializadas para Nutrição Enteral.

 

TDE 01 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade 01.

 

UNIDADE DE ENSINO 02: Nutrição enteral Precoce, Legislação e Terapia nutricional em condições específicas

Analisar as indicações da Terapia Nutricional Enteral Precoce.  

Apresentar a Legislação e Normatização em Nutrição Enteral: Definições, Condições gerais e específicas e Atribuições da EMTN.  

Identificar aspectos da Terapia Nutricional na Disfagia; no Idoso; no Paciente Crítico; e em Terapia nutricional domiciliar (Home Care)

 

TDE 02 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade 02.

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: tradicional (expositivo-dialogadas com contextualização e com estudos dirigidos), ativa e sócio interacionista. No intuito de desenvolver as competências inerentes à disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador (internet), sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Os alunos desenvolverão Trabalhos Discentes Efetivos no total de 10h, podendo envolver estudos de caso,  pesquisas bibliográficas, produção de vídeos, e outras possibilidades. A fixação dos conteúdos será por meio de trabalhos e/ou seminários, estudos de caso e estudo dirigido.

 

 

 

Avaliação

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas objetivas e ou discursivas com peso 8,0 (avaliação de competências técnicas e competências cognitivas); Trabalhos Discentes Efetivos, estes últimos com peso 2,0.

As avaliações serão realizadas ao longo do semestre e distribuídas uniformemente de acordo com o plano de ensino. Numa aula que antecede uma avaliação serão dadas orientações a respeito da sistemática a ser adotada e os conteúdos exigidos, bem como os critérios específicos da avaliação.

 

Bibliografia Básica

SILVA, Sandra Maria Chemin Seabra da; MURA, Joana D'Arc Pereira.  Tratado de alimentação, nutrição e dietoterapia. 2. ed. São Paulo: Roca, 2011. 1324 p.

WAITZBERG, D. L. Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica. 3. ed. São Paulo: Atheneu, 2001. Volume 1. 1000 p.

WAITZBERG, D. L. Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica. 3. ed. São Paulo: Atheneu, 2001. Volume 2. 980 p.

 

Bibliografia Complementar

AUGUSTO, A. L. P. et al. Terapia nutricional. São Paulo: Atheneu, 2005. 293 p.

CUPPARI, L. (Coord.). Guia de nutrição: nutrição clínica no adulto. 2. ed. Barueri: Manole, 2005. 474p.  

TOLEDO, D. CASTRO, M. Terapia Nutricional em UTI. Rio de Janeiro. RUBIO, 2015.  

WAITZBERG, D. L. Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica. 5. ed. revisada. São Paulo: Atheneu, 2019. Volume 1.  

WAITZBERG, D. L. Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica. 5. ed. revisada. São Paulo: Atheneu, 2019. Volume 2.  

Fique por dentro

Ver mais