Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim - Nutrição
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências Exatas e da Terra                     

Disciplina: BIOESTATÍSTICA ESPECIAL

Código: 10-1008

Carga Horária: 40h (Teórica: 30 horas)  (TDE: 10 horas)

Nº de Créditos: 02

 

Ementa

Introdução a testes de hipóteses. Comparação entre as médias de duas amostras independentes. Comparação entre médias de duas amostras pareadas. Teste Qui-Quadrado. Análise de variância. Testes não paramétricos.

 

Objetivos

A disciplina visa desenvolver habilidades e conhecimento noções básicas da organização, apresentação, interpretação e análise de dados estatísticos nas áreas de abrangência das ciências biomédicas.

Buscando-se atender estas competências alguns objetivos específicos são delineados:

- Demonstrar compromisso com a competência técnica e com o conhecimento científico;

- Demonstrar capacidade de trabalho em equipe e de liderança;

- Acessar sistemas de informação;

- Executar pesquisa nos sistemas de informação;

- Aplicar os princípios de Bioestatística e Epidemiologia na leitura crítica de artigos técnico-científicos;

- Utilizar a Estatística Descritiva para resumir informações científicas pertinentes a um tema pesquisado;

- Utilizar princípios da Estatística Inferencial para comparar tratamentos estatísticos;

- Considerar que a Estatística deve pautar as conclusões de toda pesquisa quantitativa e em

geral também das pesquisas qualitativas.

 

Conteúdos Curriculares

 

UNIDADE DE ENSINO 01- Conceitos Básicos de Estatística

Trabalhar as definições e aplicações da estatística nas ciências da saúde. Conceitos básicos (amostra, população, variáveis). Organização e apresentação de dados (tabelas e gráficos).

Atividade prática: desenvolver os cálculos de medidas de tendência central e de variabilidade em planilha eletrônica.

 

UNIDADE DE ENSINO 02- Medidas de Estatística Descritiva

Desenvolver as noções de medidas descritivas de Tendência Central e de Dispersão.  

Atividade prática: desenvolver os cálculos de medidas de tendência central  e de variabilidade em planilha eletrônica.  

 

TDE 01 – Desenvolver uma atividade de levantamento de dados e elaborar a análise destes dados, apresentando os principais elementos da estatística descritiva (tabelas, gráficos e medidas de tendência central e de  variabilidade) em planilha eletrônica/software de estatística.  

 

UNIDADE DE ENSINO 03  -  Conceitos Básicos de Probabilidade e Distribuição de Probabilidade

Trabalhar as noções básicas de probabilidade e a distribuição normal de probabilidade.

 

UNIDADE DE ENSINO 04 – Estatística Inferencial

Desenvolver as bases teóricas da Inferência Estatística, a partir da elaboração do conceito de teste de hipóteses, bem como da aplicação dos testes paramétricos e não-paramétricos.

Atividade prática: desenvolver os testes  de hipóteses utilizando-se de recursos como planilhas eletrônicas e softwares estatísticos.

 

TDE 02 – Atividade conforme normatização envolvendo os conteúdos da Unidade 04.

 

UNIDADE DE ENSINO 05 – Correlação e Regressão linear

Elaborar o conceito de  correlação e regressão linear simples, bem como aplicar este conhecimento na verificação de relações entre variáveis.

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: tradicional (expositivo-dialogadas com contextualização e com estudos dirigidos), ativa e sócio-interacionista. No intuito de desenvolver as competências inerentes à disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador (internet, softwares estatísticos e planilhas eletrônicas), sala de aula, biblioteca física e virtual (visando  pesquisas individuais e em equipe). Os alunos desenvolverão Trabalhos Discentes Efetivos no total de 10h, podendo envolver estudos de caso, pesquisas bibliográficas, resolução de problemas, produção de vídeos, e outras possibilidades. A fixação dos conteúdos será por meio de resolução de exercícios.  

 

Avaliação

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, e serão realizadas ao longo do semestre por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas, exercícios, arguições e/ou seminários, trabalhos acadêmicos. Os Trabalhos Discentes Efetivos, terão peso de 20% da média parcial.

As aulas com utilização de metodologia ativa (sala de aula invertida e/ou peer instruction ou outra) terão, especialmente, mas não exclusivamente, avaliação contínua, ou seja, avaliação constante do desempenho técnico, cognitivo e comportamental dos alunos para possíveis redirecionamentos metodológico/educativos.

 

Bibliografia Básica

ARANGO, Héctor Gustavo. Bioestatística:  teórica e computacional. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012, 2011, 2001.

CALLEGARI-JACQUES, Sidia Maria. Bioestatística: princípios e aplicações. Porto Alegre: Artmed, 2008, 2006, 2005.

VIEIRA, Sônia.  Introdução à bioestatística.  4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008, 2000, 1998, 1981, 1980.

 

Bibliografia Complementar   

BEIGUELMAN, Bernardo. Curso prático de bioestatística. Ribeirão Preto: FUNPEC, 2002.

MAGNUSSON, W.E., MOURÃO, G.  Estatística sem matemática: a ligação entre as questões e análise. 2.ed. Londrina: Planta, 2005.

MOTTA, Valter T.; WAGNER, Mario B. Bioestatística. Caxias do Sul: Educs, 2003.  

RODRIGUES, P. C. Bioestatística. 3.ed. Niterói: EDUFF, 2002.

VIEIRA, Sônia.  Bioestatística: tópicos avançados: testes  não-paramétricos, tabelas de contingências e análise de regressão. 2. ed., rev. atual. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

Fique por dentro

Ver mais