Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS

DISCIPLINA: FILOSOFIA E BIOÉTICA

CÓDIGO: 70-1109

Carga Horária: 30h (20h teóricas e 10h TDE)

Nº de créditos: 02

PRÉ-REQUISITOS: ---

 

EMENTA

Estudo dos antecedentes teóricos e históricos filosóficos da perspectiva moderna da bioética. Fundamentos da Bioética: Justiça, Autonomia, Reflexão Ética e concepções morais, respeito a dignidade humana, animal e com os organismos vivos. Caracterização da bioética como uma ética inserida na prática em Biologia. Reflexão sobre os aspectos éticos envolvidos nas questões relativas  à privacidade e confidencialidade, problemas de início e final de vida, respeito à pessoa e tomada de decisão e pesquisa. A ética em Pesquisas.

 

OBJETIVOS

Possibilitar a construção de uma visão geral sobre as contribuições, questionamentos, papéis e espaços da ciência ao longo da história humana. Discutir e analisar a ética em pesquisa envolvendo seres humanos e organismos vivos.

 

CONTEÚDOS CURRICULARES

1. A história da filosofia e a história da ciência: pensadores-filósofos que se preocuparam com problemas científicos.

2. Evolução do conhecimento científico: características.

3.  O método científico.

4.  As diferentes epistemologias.

5.  Os conceitos de filosofia e ciência.

5.1. Os problemas vinculados à filosofia da ciência.

5.2. Conceitos: filosofia da ciência, epistemologia, teoria do conhecimento.

5.3. Ciência e senso comum.

6. Conceitos básicos de Ética, Bioética e Moral.

6.1 Aspectos bioéticos no trabalho do profissional e pesquisador.

6.2. Normas e Diretrizes na Pesquisa em Seres Humanos e Animais.

6.3 Qualificação do Pesquisador, Consentimento Informado, Comitê de Ética em Pesquisa – CEP, Riscos e Benefícios; Comissão Nacional de Ética em Pesquisa - CONEP.

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver o conhecimento inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Também serão realizadas aulas práticas laboratoriais com a utilização de técnicas de avaliação de solos e rochas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos totalizando 20 % da Carga Horária.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais e/ou práticas, atividades e trabalhos. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.

 

BIBLIOGRAFIA

 

Bibliografia Básica

BLANCHÉ, R. A epistemologia. Lisboa: Presença, 1988.

BOMBASSARO, L. As fronteiras da epistemologia. Petrópolis: Vozes, 1992.

OLIVA, A. Ciência e consciência: do consenso à revolução. Porto alegre: EDIPUCRS, 1999

 

 

Bibliografia Complementar

ANDERY, M. Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1994.

CHIAUÍ, M. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 1994.

COSTA, N. O conhecimento cientifico. São Paulo: Discurso, 1997.

DESCARTES, R. Princípios da filosofia. Lisboa: Edições 70, 1997.

ROHDE, G. Epistemologia ambiental. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1996.

 

Notícias do Curso

Ver todas