Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: SAÚDE PÚBLICA E VETORES

Código: 20-559

Carga Horária: 40h (Teórica: 20h) (Prática: 10h) (TDE: 10h)   

Nº de Créditos: 02

Pré-requisitos: ----

 

Ementa

Importância e conceitos em saúde pública e políticas de saúde. O processo de Saúde e doença: conceito de fatores de risco, vetor, hospedeiro, reservatório, agente etiológico. Biologia, ecologia e comportamento de vetores. Controle e manejo de insetos vetores. Vigilância ambiental em saúde.

 

Objetivos

A disciplina tem por objetivo o conhecimento e a discussão dos processos político-sociais referentes saúde pública, bem como, o conhecimento da biologia e comportamento de vetores, visando a identificação e elaboração planos de controle e manejo de vetores. A disciplina visa também, oportunizar o debate e a elaboração ações relativas a vigilância ambiental, e a produção material para ser utilizado na extensão.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE 1 – SAÚDE PÚBLICA

- Conceitos em saúde pública

- Políticas de saúde pública

- O processo saúde-doença

UNIDADE 2 - BIOLOGIA, ECOLOGIA E COMPORTAMENTO DE VETORES

- Características morfológicas e identificação dos principais vetores

- Biologia e comportamento dos vetores

- Definições e Estratégias de Controle Biológico

- Bases ecológicas de controle biológico

UNIDADE 3 - MANEJO INTEGRADO DE VETORES

- Noções de manejo integrado de vetores e pragas

- Controle Mecânico, Biológico e Químico

- Técnicas preventivas para evitar a presença, o abrigo e proliferação de vetores

UNIDADE 4 - NOÇÕES DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL EM SAÚDE

- Epidemiologia

- Identificação das áreas de risco para vetores e zoonoses

- Identificação de fatores não biológicos (água, ar, solo) contaminantes ambientais

- Desastres naturais

- Manejo ambiental

  

Metodologia

As aulas acontecerão de forma variada e terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Atividades práticas para reconhecimento dos vetores serão realizadas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos totalizando 10h.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais, estudos de caso e seminários. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.

 

 

BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica

GULLAN, P. J.; CRANSTON, P.S. Os insetos: um resumo de entomologia. 4. ed. São Paulo: Roca, 2012.

BRISOLA, C. B. Entomologia Médica e Veterinária. 2 ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2001.

PEREIRA, M. G. Epidemiologia: teoria e prática, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.

 

Bibliografia Complementar

BRASIL. Ministério da Saúde. Vigilância em saúde: zoonoses. Brasília: Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. 2009.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia de vigilância epidemiológica. 6. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

NEVES, D.P. Parasitologia Humana. 13 ed. São Paulo: Atheneu. 2016.

ROUQUAYROL, M. Z.; ALMEIDA FILHO, N. de. Epidemiologia e saúde. 6. ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 2003.

SOLHA, R.F.; GALLEGUILLOS, T.B. Vigilância em Saúde Ambiental e Sanitária. Érica, 06/2014. [Minha Biblioteca].

 

 

Notícias do Curso

Ver todas