Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: TECNOLOGIAS LIMPAS

Código: 20-556

Carga Horária: 40h (Teórica: 30h)  (TDE: 10h)

Nº de Créditos: 02

Pré-requisitos: ----

 

Ementa

Produção limpa; métodos para gerenciamento de processos limpos; minimização na geração de resíduos industriais; otimização de processos; implementação de programas de gestão e produção limpa. Agenda 2030.

 

Objetivos

- A disciplina objetiva que o aluno adquira conhecimento necessário para compreender e implementar programas de gestão e minimização de impactos, bem como otimização de processos limpos em organizações.

- Ao término da disciplina, o aluno deverá ser capaz de atingir total ou parcialmente as seguintes competências e habilidades: capacidade de comunicação e educação permanente; pensamento lógico e metodológico; capacidade de análise, interpretação e síntese com base no conhecimento teórico e científico vigente.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE 1- CONCEITOS BÁSICOS

- Produção limpa

- Gerenciamento de resíduos

- Tecnologias limpas

- Prevenção de poluição

UNIDADE 2- OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS

- Processos limpos

- Otimização de processos industriais

UNIDADE 3- PROGRAMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS

- Programas de implantação de tecnologias limpas

- Redes cooperativas

- Agenda 2030

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Também serão realizadas aulas práticas laboratoriais com a utilização de lâminas histológicas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos totalizando 20h.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais e/ou práticas, atividades e trabalhos. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.

 

 

BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica

DAVIS, M.L.; CORNWELL, D. A. Introduction to environmental engineering. 3. ed. Singapura: McGraw-Hill, 1998.

TIGRE, P.B. (Coord.). Tecnologia e meio ambiente: oportunidades para a indústria . Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1994.

VIEIRA, P.F.; WEBER, J. (Org.). Gestão de recursos naturais renováveis e desenvolvimento: novos desafios para a pesquisa ambiental. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

 

Bibliografia Complementar

ANDRADE, R.O.B.; TACHIZAWA, T.; CARVALHO, A.B. Gestão ambiental: enfoque estratégico aplicado ao desenvolvimento sustentável . São Paulo: Pearson Education, 2000.

BRAGA, B. et al. Introdução à engenharia ambiental. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

KEITH, L.H. Environmental sampling and analysis: a practical guide. United States: Lewis Publishers, 2000.

MAIMON, D. Passaporte verde: gestão ambiental e competitividade. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1996.

VITERBO JÚNIOR, E. Sistema integrado de gestão ambiental: como implementar um sistema de gestão que atenda a norma ISO 14001, a partir de um sistema baseado na norma ISO 9000. São Paulo: Aquariana, 1998.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas