Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: ECOLOGIA QUANTITATIVA

Código: 20-547

Carga Horária: 80h (Teórica: 40h) (TDE: 20h) (Prática: 20h)

Nº de Créditos: 04

Pré-requisitos: ----

 

Ementa

Conceitos básicos; Organização de dados; Representações gráficas; Delineamento amostral e amostragem; Estatística descritiva; Distribuição Normal e probabilidades; Estatística inferencial (abordagens paramétricas); noções sobre abordagens não-paramétricas.

 

Objetivos

- A disciplina objetiva que o aluno adquira conhecimento necessário para planejar e realizar estudos determinísticos e probabilísticos, além de aplicar abordagens descritivas e inferenciais em estudos na área de Ciências Biológicas com o usos de softwares estatísticos.

- Ao término da disciplina, o aluno deverá ser capaz de atingir total ou parcialmente as seguintes competências e habilidades: capacidade de comunicação e educação permanente; pensamento lógico e metodológico; capacidade de análise, interpretação e síntese com base no conhecimento teórico e científico vigente.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE 1- CONCEITO BÁSICOS

- Aplicabilidade da análise quantitativa nas ciências biológicas

- Estudos determinísticos e probabilísticos

- População e amostra

- Dados e variáveis

UNIDADE 2- ORGANIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DE DADOS

- Organização de dados

- Representação gráfica

UNIDADE 3- DELINEAMENTO AMOSTRAL E AMOSTRAGEM

- Delineamento amostral e experimental

- Técnicas de amostragem

UNIDADE 4- ESTATÍSTICA DESCRITIVA

- Medidas de tendência central

- Medidas de dispersão

UNIDADE 5- DISTRIBUIÇÃO NORMAL E PROBABILIDADES

- Distribuição normal (Gauss)

- Noções sobre probabilidades

UNIDADE 6- ESTATÍSTICA INFERENCIAL

- Testes Paramétricos

* Correlação e regressão

* Teste t

* Análise de variância

UNIDADE 7- NOÇÕES DE ESTATÍSTICA NÃO-PARAMÉTRICA

- Aplicação de testes não-paramétricos

- Teste Qui-quadrado, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, Correlação de Spearman

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Também serão realizadas aulas práticas laboratoriais com a utilização de lâminas histológicas. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos totalizando 20h.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais e/ou práticas, atividades e trabalhos. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.

 

 

BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica

GOTELLI, N.J.; ELLISON, A.M. Princípios de estatística em ecologia. Porto Alegre: Artemed, 2011.

MOTTA, V.T., WAGNER, M.B. Bioestatistica. Caxias do Sul: EdUCS, 2003.

VIEIRA, S. Introdução à Bioestatística. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

 

Bibliografia Complementar

ARANGO, H.G. Bioestatística: teórica e computacional. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

CALLEGARI-JACQUES, S.M. Bioestatística: princípios e aplicações. Porto Alegre: Artmed, 2006.

FONSECA, J.S.; MARTINS, G.A. Curso de estatística. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MAGNUSSON, W.E., MOURÃO, G. Estatística sem matemática. Londrina: Ed. Planta, 2005.

VIEIRA, S. Bioestatística: tópicos avançados. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

 

Notícias do Curso

Ver todas