Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: DIVERSIDADE DE MICRORGANISMOS

Código: 20-536

Carga Horária: 80h (Teórica: 50h) (Prática: 10h) (TDE: 20h)

Nº de Créditos: 04

Pré-requisitos: ----

 

Ementa:

Estrutura e classificação dos microrganismos. Microrganismos como indicadores ambientais. Genética de microrganismos. Decomposição microbiana e ciclos biogeoquímicos. Microbiologia do solo e água. Noções de biorremediação e bioprospecção. Práticas de qualidade ambiental com microrganismos.

 

Objetivos:

A disciplina tem por objetivo proporcionar ao aluno o conhecimento da diversidade de microrganismos e suas interações em diferentes habitats; compreender os princípios de utilização dos microrganismos como ferramentas de diagnóstico e recuperação de ambientes impactados. Estudar microrganismos edáficos e da água, e sua participação em processos biológicos de interesse ambiental/agrícola, na dinâmica da matéria orgânica do solo e sua importância na manutenção/recuperação da qualidade dos ecossistemas. Entender a grande diversidade metabólica dos microrganismos e sua utilização pelo homem em termos biotecnológicos na indústria de alimentos, bem como, de sua conservação.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE 1- EVOLUÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS

- Evolução dos sistemas de classificação dos seres vivos.

- Características gerais dos procariontes e dos eucariontes.

 

UNIDADE 2 - CARACTERÍSTICAS MORFOFISIOLÓGICAS DOS MICRORGANISMOS

- Bactérias.

- Algas.

- Fungos.

- Liquens.

- Protozoários.

- Microrganismos e aplicações.

 

UNIDADE 3 - GENÉTICA DE MICRORGANISMOS

-  Mutações.

- Recombinação.

- Biotecnologia e DNA recombinante.

 

UNIDADE 4 – MICRORGANISMOS E INTERAÇÕES COM O AMBIENTE

- Função dos microrganismos nos ciclos biogeoquímicos.

- Microbiologia do solo e interações microrganismos plantas.

- Microbiologia das águas naturais e efluentes.

 

UNIDADE  5 – ENGENHARIA GENÉTICA

- Noções de bioprospecção da diversidade microbiana.

- Noções de biorremediação de ambientes contaminados.

- Bioensaios de toxicidade com diferentes microrganismos.

- Princípios de metagenômica, metatranscriptômica e metaproteômica aplicados ao estudo de ecologia e classificação microbiana.

UNIDADE 6 - NUTRIÇÃO E CRESCIMENTO DE MICRORGANISMOS E SUA RELAÇÃO COM A CAPACIDADE DE PROLIFERAÇÃO NOS ALIMENTOS, PATOGENICIDADE E CONTROLE

- Condições físicas para o cultivo de microrganismos.

- Alimentos como meio de crescimento de microrganismos.

- Microrganismos e deterioração dos alimentos.

- Doenças causadas por alimentos contaminados.

- Controle de microrganismos nos alimentos.

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos alunos, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os alunos trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Também serão realizadas aulas práticas laboratoriais e de campo, viando a utilização dos microrganismos como bioindicadores. Os alunos desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos totalizando 20h.

 

Avaliação

O sistema de avaliação desta disciplina está de acordo com o que determina o Regimento Interno da URI, Resolução nº 2318/CUN/2017- Capítulo XI, Subseção VII, Art.85-92 “do planejamento de ensino e da avaliação da aprendizagem”. Para atender este novo modelo acadêmico prevê que os resultados acadêmicos sejam expressos em pontos acumulados de zero (0) a dez (10), sendo que 80% da nota poderão ser referentes a provas presenciais e/ou práticas, atividades e trabalhos. E 20% da nota será atribuída por meio dos Trabalhos Discentes Efetivos e avaliação das atividades de aulas com metodologias diferenciadas.

 

BIBLIOGRAFIA

 

Bibliografia Básica

BLACK, J.G. Microbiologia: fundamentos e perspectivas. 4 ed.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.

TORTORA, G.; FUNKE, B.R.; CASE, C.L. Microbiologia. 10 ed. Porto Alegre: Artmed, 2012.

ZAHA, A.; FERREIRA, H.B.; PASSAGLIA, L.M.P. Biologia Molecular Básica. 5 ed. Porto Alegre, Artmed, 2014.

 

 

Bibliografia Complementar

ALBERTS, B. et al. Biologia Molecular da Célula. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2011.

DUNLAP; MADIGAN; MARTINKO. Microbiologia de Brock. 12ª ed. Editora: Artmed. 2010.  

KNIE, J.L.W.; LOPES, E.W.B. Testes ecotoxicológicos: Métodos, técnicas e aplicações. Florianópolis: FATMA, 2004.  

PELCZAR, J.M.; CHAN, E.C.S.; KRIEG, N.R. Microbiologia: conceitos e aplicações. V. 1 e 2. 2ª ed. São Paulo: Makron Books. 1997.

TRABULSI, L.R.; ALTERTHUM, F. Microbiologia. 5ª ed. Porto Alegre: Atheneu. 2008.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas