Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Disciplina: Fisioterapia nos Distúrbios Vasculares Periféricos

Código: 40-199

Carga Horária: 60h (Teórica: 30  Prática: 30)

Número de Créditos: 04

 

1 EMENTA

Etiologia e fisiopatologia dos principais distúrbios vasculares periféricos. Intervenção cirúrgica. Amputações. Próteses. Intervenção fisioterápica.

 

2 OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL

Desenvolver o conhecimento em relação às patologias de ordem vascular e as amputações e suas complicações funcionais, promovendo a readequação social/comunitária desses indivíduos.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

- Etiologia, incidência e prevalência de amputações e doenças vasculares.

- Fisiopatologia dos distúrbios vasculares periféricos dos MMII, MMSS e Coluna Vertebral.

  Avaliação físico-funcional nos distúrbios vasculares periféricos e amputados.

  Tipos e níveis de Amputações de MMII MMSS; Cuidados imediatos e reabilitação após amputação.

  Tipos de Próteses – Endoesqueléticas e Exoesqueléticas.

  Aspectos biomecânicos das próteses - componentes mecânicos, pneumáticos e hidráulicos; indicações das próteses e funcionalidade.

  Avaliação e treinamento da marcha em paciente protetizado.

  Tratamento Fisioterapêutico nos distúrbios vasculares periféricos de MMII, MMSS e Coluna Vertebral.

  Patologias Vasculares: Varizes, Doença arterial obstrutiva crônica, insuficiência vascular; Síndrome vértebro-basilar.

  Tratamento fisioterapêutico em âmbito conservador e cirúrgico das patologias vasculares periféricas.

  Tratamento fisioterapêutico pré e pós protetização.

  Apresentação dos casos clínicos.

  Reintegração sócio funcional do paciente.

 

4 METODOLOGIA

A disciplina é constituída de aulas teóricas e práticas. Buscar-se-á a construção de atividades de participação na produção do conhecimento pelo aluno, com o máximo de sua participação. As atividades deverão promover o domínio do uso de técnicas de avaliação, bem como a reflexão, análise de sua utilização na reabilitação dos pacientes. Serão realizadas aulas práticas de intervenções fisioterapêuticas de tratamento na sala de Recursos terapêuticos manuais e Clínica de Fisioterapia. Também será realizada uma visita técnica junto à uma empresa especializada em confecção de órteses e próteses, afim de se conhecer os componentes e processos. Os atendimentos estarão sob supervisão do professor que estará ativamente participando na elaboração e condução da reabilitação dos pacientes por meio de rounds clínicos e discussões de condutas e alternativas terapêuticas.

Estimular ações de reflexão, leitura, escrita, entre outras na construção do conhecimento.

5 AVALIAÇÃO

A avaliação se constituirá de provas teóricas; e, apresentação de um relatório de um tratamento Fisioterapêutico de um paciente com Distúrbios Vasculares, e a prática dos atendimentos. A média final decorre das 3 avaliações.

 

 

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BRASILEIRO FILHO, Geraldo. Bogliolo patologia geral. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009, 2011.

FERRANDEZ, Jean-Claude; THEYS, Serge; BOUCHET, Jean-Yves. Reeducação vascular nos edemas dos membros inferiores: concepção, realização e transcrição em prática liberal e hospitalar. Barueri: Manole, 2001.

MAFFEI, Francisco Humberto de Abreu et al. Doenças vasculares periféricas. 3. ed. São Paulo: Medsi, 2002.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ARNOULD-TAYLOR, William. Princípios e prática de fisioterapia. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 1999.

CARVALHO, José André. Amputações de membros inferiores: em busca da plena reabilitação. 2. ed., rev. e ampl. Barueri: Manole, 2003.

KOTTKE, Frederic J; LEHMANN, Justus F. Tratado de medicina física e reabilitação de Krusen. 4 ed. São Paulo: Manole, 1994.  

KUHN, Peter. As amputações do membro inferior e suas próteses. São Paulo: Lemos, 1997.

RIBEIRO, Denise Rodrigues. Drenagem linfática manual corporal. 6 ed. São Paulo: Senac, 2004.

 

Notícias do Curso

Ver todas