Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: Recursos Hídricos

Código: 20-131

Carga horária: 60 horas

Nº de Créditos: 04

Pré-requisitos:

 

1 EMENTA

Unidade bacia hidrográfica. Sistemas Estadual Recursos Hídricos. Limnologia – fatores físicos e químicos limitantes. Ecologia de rios, áreas alagáveis e lagoas. Poluição. Qualidade das águas: balenabilidade, índice de qualidade de águas. Índices de integridade biótica. Modelo de gerenciamento de Recursos Hídricos.

 

 

2 OBJETIVOS

 

2.1 OBJETIVO GERAL

- Proporcionar conhecimento básico sobre Limnologia Geral e a Política Nacional de Recursos Hídricos.

- Fornecer noções de limnologia que capacitem a interpretação de qualidade ambiental.

- Propiciar a familiarização com os métodos e ferramentas de avaliação ambiental de recursos hídricos.

- Analisar conceitos gerais da ecologia de águas continentais.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

 

- Introdução (conceitos, histórico, aplicações, atuação)

- Bacia hidrográfica (Delimitação e formação; usos e degradação)

- Limnologia Geral

- Comunidades aquáticas

- Legislação

- Avaliação da qualidade de ecossistemas aquáticos

- Ecotoxicologia

- Gestão dos recursos hídricos

 

4 METODOLOGIA

Aulas expositivas dialogadas; aulas práticas em laboratório de ecologia, química e microbiologia; saídas a campo para observação e coleta de material; seminários; exercícios de interpretação de situações simuladas e/ou reais para análise de resultados. Pesquisas em bases digitais de informação científica (scielo, periódicos Capes, blogs).

 

5 AVALIAÇÃO

Provas teóricas; Provas práticas; Seminários e trabalhos práticos.

 

 

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

 

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – BACHARELADO

ESTEVES, F.A. Fundamentos de limnologia. 2. Ed. Rio de Janeiro: Interciência, 1998.

TUNDISI, J.G; TUNDISI, T.M. Limnologia. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.  

ROLAND, F.(Edit.). Lições de limnologia. São Carlos: RiMa, 2005.  

 

QUÍMICA INDUSTRIAL

ESTEVES, F.A. Fundamentos de limnologia. Rio de Janeiro: Interciência, 1998

TUNDISI, J. G; TUNDISI, T.M. Limnologia. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

ROLAND, F.; CESAR, D.; MARINHA, M. (Edit.). Lições de limnologia. São Carlos: RiMa, 2005.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

 

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – BACHARELADO

MASON, C.F. Biology of freshwater pollution. Singapore: Longman, 1996.

ESPINOLA, E.L.G. et al. Ecotoxicologia: perspectivas para o século XXI. São Carlos: Rima, 2000.

HENRY, R. Ecótonos nas interfaces dos ecossistemas aquáticos. São Carlos: Rima, 2003.

POMPÊO, M.L.M.; MOSCHINI-CARLOS, V. Macrófitas aquáticas e perifíton: aspectos ecológicos e metodológicos. São Carlos: Rima, 2003.

WETZEL, R.G. Limnologia. Lisboa: Calouze Gulbenkian, 1993.  

 

QUIMICA INDUSTRIAL

ALLAN, J. D.; CASTILLO, M. M. Stream ecology: structure and function of running waters. 2. ed. Boston: Springer, 2007.

BRANCO, S. M. Água: origem, uso e preservação. São Paulo: Moderna, 2006.

CONAMA. Resoluções Conama (Resolução 357/2005 e 430/2011)

LAMPERT, W.; SOMMER, U. Limnoecology: the ecology of lakes and streams. New York: Oxford University, 2010.

MARGALEF, R. Limnología. Barcelona: Omega, 2011.

SILVA, D.D.; PRUSKI, F.F. (Coord.). Gestão de recursos hídricos: aspectos legais, econômicos, administrativos e sociais. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2000.

 

 

 

Notícias do Curso

Ver todas