Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA

Disciplina: ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL

Código: 10-114

Carga Horária: 45 (Teórica: 45)   (Prática: 00)

Nº de Créditos: 3

Pré-requisitos: 10-403 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL III-B

 

1 EMENTA

Conceitos Básicos; organização de dados; distribuição de Frequência; Probabilidade Medidas de posição e dispersão; distribuição normal; noções sobre inferência estatística (testes t, F); métodos numéricos para minimizar uma função objetivo; análise estatística dos resultados da estimação de parâmetros; procedimentos clássicos de planejamento de experimentos (Planos Ortogonais; Fatoriais e Semi-Fatoriais; Planos de Taguchi); o conceito de Planejamento Sequencial de Experimentos; planejamento de experimentos para misturas.

 

2 OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL: Conhecer as noções básicas da organização, apresentação, interpretação e análise de dados estatísticos nas áreas de abrangência da química, de modo a subsidiar outras disciplinas e as atividades do profissional da área nas atividades do dia a dia.

 

2.1 OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Apresentar os fundamentos da estatística e planejamento experimental, enfatizando a compreensão e uso da estatística  em artigos científicos; reconhecer as noções básicas da organização, apresentação,  interpretação e análise de dados estatísticos, de modo a subsidiar outras disciplinas e as atividades do profissional da área nas atividades do dia a dia; dar subsídios aos alunos para observarem, descreverem e analisarem fenômenos que os cercam; desenvolver no aluno uma compreensão da estatística e do raciocínio estatístico; aplicar corretamente as definições e propriedades de probabilidade; desenvolver noções básicas e intermediárias de inferência estatística e teste de hipóteses;  planejar experimentos para misturas; executar o planejamento sequencial de experimentos.

 

3 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

3.1 PROBABILIDADE

3.1.1 Conceitos básicos

3.1.2 Propriedades

3.1.3 União

3.1.4 Intersecção

3.1.5 Probabilidade condicional

3.1.6 Independência

3.1.. Probabilidade total

3.1.8 Teorema de Bayes

 

3.2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

3.2.1 Discretas e contínuas

3.2.2 Função de distribuição de probabilidade

3.2.3 Valor esperado e variância

 

3.3. ESTATÍSTICA DESCRITIVA

3.3.1 Análise de frequência

3.3.2 Estatísticas características da amostra: média, mediana, variância, desvio-padrão, coeficiente de simetria e curtose

 

3.4. AMOSTRAGEM

3.4.1. Importância da técnica de amostragem na coleta de dados

3.4.2. Amostragem aleatória e outros tipos

 

3.5. ESTIMAÇÃO POR PONTO E POR INTERVALO

3.5.1. Média

3.5.2. Diferença de médias

3.5.3. Variância

 

3.6. TESTES DE HIPÓTESES

3.6.1. Testes envolvendo médias

3.6.2. Diferença de médias

3.6.3. Variância

 

3.7. REGRESSÃO LINEAR SIMPLES

3.7.1. Correlação

 

3.8. NOÇÕES GERAIS DE ESTATÍSTICA APLICADA À QUÍMICA

 

3.9. PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL

 

3.10. PROJETOS FATORIAIS COMPLETOS

 

3.11. PROJETOS FATORIAIS FRACIONÁRIOS

 

3.12. SIMPLEX

 

3.13. ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE RESULTADOS

 

3.14. MÉTODO KNN

 

3.15. APLICATIVOS COMPUTACIONAIS

 

 

4 METODOLOGIA

Aulas principalmente com caráter expositivo-dialogadas, regularmente assistidas por computador (no formato de apresentação de vídeos, fotos, textos, elaboração de tabelas e gráficos bem como cálculo das principais estatísticas, tanto descritivas quanto inferenciais). Serão propostas leituras de livros texto e artigos relacionados com assuntos de análise estatística com relação direta com o assunto deste Plano de Ensino. A fixação dos conteúdos será através de exercícios com estudos dirigidos e resolução de problemas em sala de aulae em casa e também trabalhos em casa.

Serão ministradas aulas teórico-práticas, com realização e discussão de exercícios e trabalhos, com o auxílio de software em laboratório de informática ou utilizando computadores próprios.É imprescindível que os alunos utilizem calculadora científica durante a maioria das aulas da disciplina. O diálogo entre o professor e o aluno deve pautar a condução das aulas permitindo o desenvolvimento da habilidade da comunicação.

Necessidades matemáticas fundamentais para o desenvolvimento da disciplina serão revisadas no decorrer do semestre, visando o melhor preparo dos alunos para o sucesso na disciplina em questão.

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será constituída de provas teóricas sem consulta e individuais e por trabalhos individuais e/ou em grupos de natureza aplicada/prática.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BARROS NETO, B.; SCARMINIO, I. S. E BRUNS, R. E. Como fazer experimentos: pesquisa e desenvolvimento na ciência e na indústria. Campinas: UNICAMP, 2002.

RODRIGUES, M. I.; IEMMA, A. F. Planejamento de experimentos e otimização de processos. São Paulo: Casa do Pão, 2005.

TOLEDO, G. L.; OVALLE, I. I. Estatística básica. São Paulo: Atlas, 1995.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GOMES, F. P. Curso de estatística experimental. Piracicaba: Edusp, 2000.

MONTGOMERY, D. C.; RUNGER, G. C.; HUBELE, N. F. Estatística aplicada à engenharia. Rio de Janeiro: LTC, 2011.

MOORE, D. S. A estatística básica e sua prática. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

SPIEGEL, M. R. Estatística. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1993.

WU, C. J.; HAMADA, M. Experiments: planning, analysis, and parameter design optimization. New York: John Wiley & Sons, 2000.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas