Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências da Saúde

Disciplina: Semiologia em Enfermagem II

Código: 40-869   

Carga Horária: 60 horas (Teórica: 30)  (Prática: 30)     

Créditos: 04

 

1 EMENTA

Anamnese e exame físico de sistemas do corpo humano. Avaliação do funcionamento de órgãos e sistemas corporais. Sistematização da Assistência de Enfermagem.

 

2 OBJETIVO GERAL

Desenvolver competências para o exercício profissional do enfermeiro com ênfase no Processo de Enfermagem.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

3.1 Semiologia e Semiotécnica do exame físico dos sistemas do corpo humano no adulto

Anamnese e exame físico do sistema neurológico;

Anamnese e exame físico do sistema cardiovascular;

Anamnese e exame físico do sistema musculoesquelético;

Anamnese e exame físico do sistema urinário;

Anamnese e exame físico do sistema reprodutor masculino e feminino.

3.2 Sistematização da Assistência de Enfermagem

Finalidade e conceitos: Sistematização da Assistência de Enfermagem e Processo de Enfermagem;

Taxonomia NANDA- I, Resultados Esperados e Intervenções de Enfermagem;

Abordagem dos direitos humanos na sistematização de enfermagem.

 

4 METODOLOGIA

Aulas teóricas dialógicas, atividades práticas em laboratório e/ou ambiente hospitalar. Realização de atividades simuladas em laboratório com uso de manequins ou situações planejadas para incentivo ao pensamento crítico, raciocínio clínico. Atividades em ambiente virtual. Estudos de caso, uso de jogos didáticos, elaboração de painéis, metodologias ativas em geral. Mapas conceituais e abordagens didáticas baseadas em modelos educacionais que visam aprimorar o raciocínio clínico durante a formação profissional.  Atividades individuais e em equipe, a fim de favorecer a autorreflexão, o diálogo sobre casos ou situações problemas e promover a comunicação interpessoal, bem como contribuir com a escrita e oralidade dos acadêmicos.

 

5 AVALIAÇÃO

Avaliação contínua ao longo da disciplina. A avaliação ocorrerá em todos os momentos da disciplina, nas abordagens teóricas e práticas, a partir do diálogo com os acadêmicos, desenvolvimento das atividades propostas e realização da anamnese e exame físico global. Incluirá o acompanhamento dos acadêmicos durante a disciplina com relação à compreensão dos conteúdos curriculares, realização e qualidade da anamnese e exame físico, comportamento e comunicação interpessoal, desenvolvimento do raciocínio clínico, elaboração de registros de enfermagem e do Processo de Enfermagem. Haverá avaliação teórica e prática. Estudos de caso, jogos didáticos sobre os conteúdos curriculares e metodologias avaliativas em geral que incluem a participação ativa dos acadêmicos, individualmente e em equipe. Relação teoria e prática. Autoavaliação. Feedback com relação às atividades propostas e disciplina.

 

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ALFARO-LEFEVRE, R. Aplicação do processo de enfermagem: uma ferramenta para o pensamento crítico. 7. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

BARROS, A. L. B. L. Anamnese e exame físico: avaliação diagnóstica de enfermagem no adulto. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

NORTH AMERICAN NURSING DIAGNOSIS ASSOCIATION (Org.). Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação - 2009-2011. Porto Alegre: Artmed, 2010.

 

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GUYTON, A. C. Fisiologia Humana. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1988.

JARVIS, C. Exame físico e avaliação de saúde. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

JOHNSON, M. et al. Ligações NANDA - NOC - NIC: condições clínicas, suporte ao raciocínio e assistência de qualidade. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

SILVA, R. C. L.; SILVA C. R. L.; SANTIAGO, L. C. Semiologia em enfermagem. São Paulo: Roca, 2011.

SOBOTTA, J. Atlas de anatomia humana. 21. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

 

Notícias do Curso

Ver todas