Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Disciplina: Epidemiologia e Saúde Ambiental I

Código: 40-148

Carga Horária: 60h

Número de Créditos: 04

 

1 EMENTA

Conceitos básicos de epidemiologia. Epidemiologia e sociedade; Epidemiologia como ciência: conceituação, uso e história da epidemiologia. Uso da epidemiologia descritiva e introdução à epidemiologia analítica. Os principais indicadores de saúde. Epistemologia de "causa" e "risco": problemas de inferência causal em epidemiologia; Epidemiologia das desigualdades no processo saúde-doença. Vigilância epidemiológica. Estudos epidemiológicos. Indicadores epidemiológicos de saúde: de morbidade, de mortalidade, demográficos, demográficos de transição a epidemiologia. Ecologia, biodiversidade e política mundial; população e meio ambiente; saneamento do meio ambiente; destino do lixo e dos dejetos; medidas de controles dos vetores e roedores e a relação destes fatores no processo saúde doença.

 

2 OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL

Capacitar os estudantes na utilização dos elementos básicos da epidemiologia, como um dos instrumentos para o exercício da enfermagem em seus diversos campos do mercado profissional e de compreender o processo saúde e doença no contexto do meio ambiente em que o homem está inserido.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

Introdução à Epidemiologia

Considerações Gerais: Historicidade de causa; Conceito de epidemiologia e sua evolução através dos tempos; Princípios da Epidemiologia; Métodos de investigação; Aspectos práticos e gerais da aplicação da epidemiologia;

Saúde e Doença: Conceitos; História natural da doença; Níveis de prevenção / Classificação das medidas preventivas; Modelos, formas de representar fatores etiológicos.

 

Indicadores Epidemiológicos e Noções de Demografia Sanitária

Indicadores Epidemiológicos de Saúde: Sistemas de Informação de Saúde de interesse para a unidade; Sistema Informação de Mortalidade – SIM, (CID; CID-BR); Sistema Nacional de Nascimentos - SINASC; De morbidade: Incidência, prevalência, letalidade e grau de incapacidade, taxas de internação por agravos, e outros; De mortalidade: Mortalidade geral, infantil (neonatal, tardia), natimortalidade, por causa, por sexo e grupos etários, proporcional, curvas de Nelson de Moraes, Indicador de Swaroop e Uemura; Indicadores de controle e avaliação de serviços de saúde,(de estrutura, do processo, da eficácia, efetividade e eficiência); Pesquisa epidemiológica em serviços de saúde.

Noções de Demografia Sanitária: Estudo de populações, no tempo, criptopolíticas populacionais teorias malthusianas, neomalthusianas, ecológicas, problema energético e a necessidade de mercado de consumo e da inclusão de grandes massas populacionais neste mercado; Aspectos históricos das políticas populacionais a partir da “explosão demográfica dos anos 70”, das políticas relativas ao comportamento reprodutivo até as atuais questões de sustentabilidade do planeta e a inclusão no mercado de consumo das populações mundiais;

Fonte e coleta de dados; Dispersão, migração populacional; Crescimento populacional; Indicadores; fecundidade, fertilidade, razão de dependência, estimativa geométrica populacional, pirâmide populacional de Thompson e Lewis, Classificação Populacional de Sundbarg.

 

Epidemiologia Descritiva / Estudo das Variáveis

Variáveis de pessoa: variáveis demográficas, sociais; questões comportamentais e de ambiência social,  condições sanitárias, populações vulneráveis, credos,  variáveis raças e idade;

De lugar: Geografia da saúde; usos e aplicações; morbimortalidade condicionada a fatores de localização geográfica, relacionado ao meio ambiente;

De Tempo: Variações relativas ao tempo; Canal endêmico.

 

Aplicação da Epidemiologia

No estudo e controle das doenças infecto-contagiosas; Vigilância epidemiológica; Doenças de notificação compulsória; Investigação, Inquérito e Levantamento epidemiológico em doenças infecto-contagiosas; Estudo das epidemias; Sistema Nacional de Controle de Doenças Transmissíveis/SINAN;

No estudo e controle das doenças não infecto-contagiosas: Vigilância epidemiológica nas doenças, agravos não infecciosos de interesse em Saúde Pública;

No controle e avaliação dos serviços de saúde; principais elementos de estudo no controle avaliação em serviços hospitalares; Principais elementos de estudo no controle e avaliação em serviços ambulatoriais;

Vigilância Ambiental e o processo saúde-doença

Modelos de produção e consumo e o ambiente: modelo de consumo de mercado e a geração de lixos e  produtos contaminantes refletindo na modificação do processo de saúde e doença das populações;

Saúde e o ambiente e a educação ambiental: Modelos de gestão de resíduos gerados e do consumo energético, matriz energética, aspectos centrais na educação ambiental, sua influência positiva ou negativa no controle das principais antropozoonoses, da qualidade da água, do solo e do ar, no Brasil;

 

Epidemiologia Analítica, Pesquisa Epidemiológica

Tipos de Estudos Analíticos: Estudos de Coorte; Estudo Caso-Controle; Estudo Clínico Randomizado;  Estudos Transversais;

Inferência Causal:  Medidas de Risco; Medidas de Associação causal;

A Enfermagem no contexto sócioambiental- Lei 9.795 de 27 de abril de 1999 e decreto Nº 4.281 de 25 de junho de 2002 - Políticas de Educação Ambiental.

 

 

4 METODOLOGIA

Aulas dialogadas, seminários temáticos, pesquisa bibliográficas e em bases de dados on line leituras e discussão de artigos.

5 AVALIAÇÃO

Avaliações teórico práticas, participação nas atividades propostas, seminários, resenhas autoavaliação.

 

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

PEREIRA, Maurício Gomes. Epidemiologia: teoria e prática. Rio e Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

MEDRONHO, Roberto [et al.]. Epidemiologia. São Paulo: Atheneu, 2009.

COUTO, Renato Camargos, [et al.]. Infecção hospitalar e outras complicações não-infecciosas da doença: epidemiologia, controle e tratamento. Rio e Janeiro: Guanabara Koogan, 2009.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ALMEIDA FILHO, Naomar de; ROUQUAYROL, Maria Zélia. Introdução à epidemiologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.

BEAGLEHOLE, R; BONITA, R.; KEJELLSTROM, T. Epidemiologia básica. 2. ed. São Paulo: Santos, 2010.

FORATTINI, Oswaldo Paulo. Epidemiologia geral. 2. ed. São Paulo: Artes Médicas, 1996.

ROUQUAYROL, Maria Zélia; ALMEIDA FILHO, Naomar de. Epidemiologia e saúde. 6. ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 2003.

VAUGHAN, J. P.; MORROW, R. H. Epidemiologia para municípios: manual para gerenciamento dos distritos sanitários. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 1997.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas