Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: Parasitologia para as Ciências da Saúde

Código: 20.407

Carga Horária: 30 horas (15 Teórica/ 15 Prática)

Créditos: 02

 

1. EMENTA

Estudo das principais parasitoses humanas. Epidemiologia, morfologia, patogenia, sintomatologia, transmissão, ciclo biológico, diagnóstico e prevenção dos protozoários, helmintos, platelmintos e artrópodes de importância para as Ciências da Saúde.

 

2. OBJETIVOS

 

2.1 Objetivo geral:

Proporcionar ao aluno conhecimento da epidemiologia, morfologia, patogenia, sintomatologia, transmissão, ciclo biológico, diagnóstico e prevenção das principais parasitoses humanas.

 

2.2. Objetivos específicos:

Definir os termos mais utilizados em parasitologia.

Conceituar a relação parasito-hospedeiro.

Conhecer os protozoários, helmintos, platelmintos e artrópodes responsáveis pelas principais parasitose humanas.

Conhecer a epidemiologia, morfologia, patogenia, sintomatologia, transmissão, ciclo biológico, diagnóstico e prevenção das principais parasitoses humanas.

Adotar normas de biossegurança no laboratório de Parasitologia.

Espera-se que, ao final do semestre, os alunos estejam aptos às seguintes habilidades e competências: reconhecer as principais manifestações clínicas das parasitoses humanas; com base científica, avaliar ações de prevenção das parasitoses que acometem o homem, individual e coletivamente; auxiliar na promoção e prevenção da saúde na comunidade, em relação às parasitoses.

 

3. CONTEÚDOS CURRICULARES

Normas de biossegurança no laboratório de Parasitologia.

Introdução à Parasitologia.

Relações parasito-hospedeiro.

Epidemiologia, morfologia, patogenia, sintomatologia, transmissão, ciclo biológico, diagnóstico e prevenção dos seguintes helmintos: Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobius vermicularis, Strongyloides stercoralis, Ancilostomídeos, Necator americanos,  Wuchereria brancofti, Taenia solium, Taenia saginata, Diphyllobothrium latum, Echinococcus granulosus, Hymenolepis nana, Schistosoma mansoni e Fasciola hepática, Larvas migrans cutânea e visceral, Onchocerca volvulus.Epidemiologia, morfologia, patogenia, sintomatologia, transmissão, ciclo biológico, diagnóstico e prevenção dos seguintes protozoários: Giardia lamblia,

Entamoeba coli, Entamoeba histolytica/E. dispar, Trichomonas vaginalis, Leishmania sp., Trypanosoma cruzi, Plasmodium sp. e Toxoplasma gondii. Balantidium coli.

Artrópodes de interesse médico: piolhos, pulgas, percevejos, ácaros e carrapatos.

 

4. METODOLOGIA

Aulas teóricas expositivas dialogadas com a utilização de recursos audiovisuais, apresentação de seminários, análise e discussão de casos clínicos. Aulas práticas no laboratório de Parasitologia, com identificação de parasitos e microscopia.

 

 

 

5. avaliação

Avaliações teórico-práticas, análise de casos clínicos, seminários de artigos científicos, participação nas aulas práticas e nas atividades propostas.

 

BIBLIOGRAFIA

6. BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

CIMERMAN, Benjamin; CIMERMAN, Sérgio. Parasitologia humana: e seus fundamentos gerais. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 2018.

NEVES, David Pereira. Parasitologia humana. 13. ed. São Paulo: Atheneu, 2016.

MORAES, Ruy Gomes de; LEITE, Ignacio da Costa; GOULART, Enio Garcia. Moraes, parasitologia & micologia humana. 5. ed. Rio de Janeiro: Cultura Médica, 2008.

 

7. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

AMATO NETO, Vicente et al. Parasitologia: uma abordagem clínica. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

DE CARLI, Geraldo Attilio. Parasitologia clínica: seleção de métodos e técnicas de laboratório para o diagnóstico das parasitoses humanas. São Paulo: Atheneu, 2001.

LEVENTHAL, Ruth; CHEADLE, Russell F. Parasitologia médica: texto e atlas. 4. ed. São Paulo: Premier, 2000.

REY, Luís. Parasitologia: parasitos e doenças parasitárias do homem nos trópicos ocidentais. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

TAVARES, Walter; MARINHO, Luiz Alberto Carneiro (Coord.). Rotinas de diagnóstico e tratamento de doenças infecciosas e parasitárias. 4. ed. São Paulo: Atheneu, 2015. 

Notícias do Curso

Ver todas