Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências Sociais Aplicadas

Disciplina: Legislação e Ética Profissional B

Código: 67-356

Carga Horária: 40h (Teórica: 40h)

Créditos: 02

 

Ementa

Leis de regulamentação e ética profissional.

 

Objetivos

Oferecer subsídios teóricos para discussão e reflexão acerca da ética como valor de conduta na sociedade e no exercício profissional.

Capacitar os estudantes de Agronomia a exercerem a profissão de Engenheiro Agrônomo através do conhecimento da legislação profissional vigente e o código de ética profissional, bem como sua interface com os Direitos Humanos. Compreender a importância da das relações étnico raciais, e da cultura afro-brasileira e indígena. Transmitir o conhecimento da legislação que rege o exercício profissional, o funcionamento do sistema CREA/CONFEA, a fiscalização profissional e legislações inerentes ao exercício da Agronomia.

 

Conteúdos Curriculares

UNIDADE DE ENSINO 1

- Introdução às Ciências Sociais, Aspectos da história e da cultura que caracterizam a formação da população brasileira.

 

UNIDADE DE ENSINO 2

 - História da África e dos africanos, luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, cultura negra e indígena brasileira e o negro e o índio na formação da sociedade nacional.

 

UNIDADE DE ENSINO 3

- Contribuições nas áreas social, econômica e política, pertinentes à história do Brasil.

 

UNIDADE DE ENSINO 4

- Direitos e deveres do profissional de Agronomia na sociedade, e no Ambiente de trabalho, responsabilidades e Ética no exercício profissional.

 

UNIDADE DE ENSINO 5

- Normas, códigos, Estatutos, Regimentos e Leis. Ética na produção agropecuária.

- As Interfaces da ética com os direitos humanos.

 

UNIDADE DE ENSINO 6

- Tópicos especiais em Legislação e Ética Profissional B - Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência) - Lei Nº 13.146, 6/07/2015.

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos estudantes, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os estudantes trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária).

No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador com internet, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe).

Os estudantes desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 10h, que poderão ser, conforme a necessidade, estudos de caso, pesquisas bibliográficas, resolução de problemas, lista de exercícios, produção de vídeos, entre outros.

A fixação dos conteúdos será por meio de resolução de exercícios e problemas e estudos de caso.

 

Avaliação

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas escritas (avaliação de competências técnicas e competências cognitivas); Trabalhos Discentes Efetivos valendo 20% da média final da disciplina (avaliação de competências técnicas e competências cognitivas); leitura e análise de textos de periódicos  indexados (revistas) e de outras atividades práticas (avaliação de competências técnicas, cognitivas e comportamentais), e avaliação das atividades de aulas com metodologia diferenciada (avaliação de competências técnicas, cognitivas e comportamentais).

As aulas com utilização de metodologia ativa terão, especialmente, mas não exclusivamente, avaliação contínua, ou seja, avaliação constante do desempenho técnico, cognitivo e comportamental dos estudantes para possíveis redirecionamentos metodológico/educativos.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA (BRASIL). O Código de ética começa por você, profissional. 7. ed. Brasília: CONFEA, 2011.

SOARES, Moisés Sousa (0rg.). Nossa Legislação Profissional. Porto Alegre: CREAS/RS, 2010.

STEPKE, Fernando Lolas; DRUMONDT, José Geral do de Freitas. Ética em Engenharia e Tecnologia. Brasília/DF. CONFEA, 2011.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ASHLEY, Patricia Almeida (Coord.). Ética e responsabilidade social nos negócios. São Paulo: Saraiva, 2005.

COLBART, Antonia L. Ética do trabalho: a vida familiar na construção da identidade profissional. São Paulo: Letras & Letras, 1995.

HOLTZAPPLE, Mark T.; REECE, W. Dan. Introdução à engenharia. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2006.

SÁ, A. L.de. Ética Profissional. São Paulo: Altas, 2005.

SOARES, Moisés Souza. Ética e exercício profissional. Brasília: ABEAS, 1996.

 

Notícias do Curso

Ver todas