Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

Departamento de Ciências Agrárias

Disciplina: Máquinas e Equipamentos Agrícolas

Código: 50-419

Carga Horária: 80h (Teórica: 40h)  (Prática: 40h)

Créditos: 04

 

Ementa

Histórico da mecanização agrícola. Caracterização das máquinas e equipamentos agrícolas. Elementos construtivos e grupos construtivos de tratores agrícolas. Máquinas para uso agrícola. Máquinas para preparo do solo. Máquinas para o estabelecimento das culturas. Máquinas para fenação. Máquinas ensilagem. Máquinas para colheita de grãos.

 

Objetivos

A disciplina visa disponibilizar ao profissional de Agronomia conhecimentos quanto ao histórico e desenvolvimento de máquinas agrícolas, sua constituição e capacitá-lo ao uso e manutenção das máquinas e equipamentos agrícolas autopropelidas. Proporcionar o conhecimento necessário para a sua formação a respeito da área de máquinas para preparo do solo, semeadura, fenação, ensilagem e colheita de grãos. Aprimorar a capacidade de análise e síntese. Fornecer um horizonte sobre os conhecimentos necessários para sua formação. Habilidade de trabalho em equipe. Capacidade de interpretação e solução de problemas reais ou simulados de práticas reais.

Buscando-se atender estas competências e habilidades alguns objetivos específicos são delineados:

- Proporcionar ao estudante conhecimento e compreensão sobre manutenção e regulagens de máquinas e equipamentos agrícolas.

- Apresentar e proporcionar vivências ao discente com o uso de técnicas e equipamentos utilizados na produção agropecuária.

- Motivar o discente do Curso, estimulando-o a buscar e aplicar as novas técnicas na organização, manejo e administração de áreas agrícolas para aumentar a eficiência de uso dos mesmos nas áreas agrícolas.

- Reconhecer as diferentes máquinas, suas utilizações, rendimentos, capacidades e respectivas regulagens para otimização do trabalho.

 

Conteúdos Curriculares:

UNIDADE DE ENSINO 1 - 1. Fundamentos Gerais.

1.1. Histórico do desenvolvimento de máquinas e equipamentos agrícolas.

 

UNIDADE DE ENSINO 2 - Máquinas motoras.

2.1. Elementos construtivos

2.2. Grupos construtivos de tratores agrícolas.

 

UNIDADE DE ENSINO 3 – Máquinas para preparo do solo.

3.1. Máquinas para sistematização de solos.

3.2. Máquinas para preparo primário do solo.

3.3. Máquinas para preparo secundário do solo.

 

UNIDADE DE ENSINO 4 – Máquinas para o estabelecimento das culturas.

4.1. Semeadoras.

4.2. Plantadoras.

4.3. Transplantadoras.

 

UNIDADE DE ENSINO 5 – Máquinas para colheita de forragens

5.1. Máquinas para fenação.

5.2 Máquinas para ensilagem.

 

UNIDADE DE ENSINO 6 – Máquinas para colheita de grãos

6.1. Constituição.

6.2. Regulagens.

6.3. Perdas de grãos.

 

Metodologia

Visando desenvolver competências técnicas, cognitivas e comportamentais nos estudantes, as aulas, de forma variada, terão como metodologias: a tradicional (expositivo-dialogadas com estudos dirigidos), a ativa e a sócio-interacionista (professor como mediador de atividades em que os estudantes trabalham em equipes e interagem com a comunidade universitária). No intuito de desenvolver as competências inerentes a disciplina, serão utilizados recursos de multimídia como projetores de imagem e vídeo, computador (internet, planilhas eletrônicas, software de simulação), laboratórios diversos, área experimental, sala de aula, biblioteca física e virtual (visando pesquisas individuais e em equipe). Os estudantes desenvolverão Trabalhos Discente Efetivos no total de 20h, que poderão ser, conforme a necessidade, estudos de caso, pesquisas bibliográficas, resolução de problemas, lista de exercícios, produção de vídeos, modelagem e protótipos. A fixação dos conteúdos será por meio de resolução de exercícios e problemas, estudos de caso, atividades de laboratório e relatórios. A disciplina também prevê 10h de atividades de extensão.

 

Avaliação

A avaliação da disciplina se propõe a verificar se as competências propostas neste plano de ensino foram desenvolvidas pelo acadêmico, por meio dos seguintes instrumentos de avaliação: provas escritas (avaliação de competências técnicas e competências cognitivas); Trabalhos Discentes Efetivos valendo 20% da média final da disciplina (avaliação de competências técnicas e competências cognitivas); relatórios de experimentos de laboratório e de outras atividades práticas (avaliação de competências técnicas, cognitivas e comportamentais), e avaliação das atividades de aulas com metodologia diferenciada (avaliação de competências técnicas, cognitivas e comportamentais). As aulas com utilização de metodologia ativa terão, especialmente, mas não exclusivamente, avaliação contínua, ou seja, avaliação constante do desempenho técnico, cognitivo e comportamental dos estudantes para possíveis redirecionamentos metodológico/educativos.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BALASTREIRE, L.A. Máquinas Agrícolas, São Paulo, Editora. Manole,1990.

MACHADO, A.L.T.; REIS, A.V. dos; MORAES, M.L.B. de; ALONÇO, A. dos S. Máquinas para preparo do solo, semeadura, adubação e tratamentos culturais. 2. ed. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2005.

MIALHE, L.G. Máquinas agrícolas para plantio. Campinas: Millennium, 2012.

MORAES, M.L.B. de; REIS, A.A.V.; MACHADO, A.L.T. Máquinas para colheita e processamento de grãos. 2. ed. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2005.

REIS, A.V.; MACHADO, A. L.T.; TILLMANN, C. A. da C.; MORAES, M.L.B de. Motores, Tratores, Combustíveis e Lubrificantes. 2.ed. Pelotas: Universitária - UFPel, 2005.

SILVEIRA, G.M. da. Máquinas para a pecuária. São Paulo: Nobel, 1997.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

GALETI, P. A. Mecanização agrícola: preparo do solo. Campinas: Instituto Campineiro de Ensino Agrícola, 1981.

MIALHE, L.G. Manual de mecanização agrícola. São Paulo: Livro Ceres, 1974.

MACHADO, A.L.T. Máquinas para colheita e processamento de grãos. 2. ed. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2005.

PORTELLA, J.A. Colheita de grãos mecanizada: implementos, manutenção e regulagem. Viçosa: Aprenda Fácil, 2000.

PORTELLA, J.A. Semeadoras para plantio direto. Viçosa: Aprenda Fácil, 2001.

 

Notícias do Curso

Ver todas