Plano de EnsinoURI Câmpus de Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: Genética Básica

Código: 24-101

Carga horária: 60 horas (40h teóricas, 20h práticas)

Nº de Créditos: 04

 

1 EMENTA

A célula. Mitose, meiose e ciclo celular no contexto genético; monoibridismo, diibridismo e poliibridismo; alelos múltiplos e isoalelos; cromossomos sexuais e herança ligada ao sexo; ligação gênica; herança multifatorial e poligenes; estrutura, classificação e bandeamento cromossômico; alterações cromossômicas estruturais/numéricas e suas consequências fenotípicas, meióticas e evolutivas; proporções sexuais humanas; noções de probabilidade aplicadas à genética.

 

2 OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL

- Compreender conhecimentos básicos da área de genética, de modo a utilizar criticamente estes conceitos ao longo de toda a sua formação acadêmica, bem como durante sua atuação profissional.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

Conceitos básicos:

- Cromatina, cromossomos, genes, alelos, homozigose, heterozigose, cromossomos homólogos, genótipo, fenótipo, gerações.

 

Noção geral do mecanismo de expressão gênica:

- Transcrição e tradução.

 

Ciclo celular, mitose e meiose no contexto genético:

- Duplicação do DNA durante a intérfase;

- Segregação gênica e cromossômica em mitose e meiose;

- Variabilidade genética originada por segregação cromossômica e/ou permuta em meiose;

 

Primeira lei de Mendel (Monoibridismo)

 

Interações alélicas:

- Dominância completa, incompleta, codominância, genes letais

 

Alelos múltiplos e isoalelos

 

Noções de probabilidade aplicada à genética

 

Padrões de herança monogênica

 

Heterogeneidade fenotípica:

- Pleiotropia

- Penetrância

- Mosaicismo somático e germinativo

- Imprinting genômico

 

Herança citoplasmática (mitocondrial e cloroplastídica)

Segunda Lei de Mendel (diibridismo)

 

Interações gênicas: epistasias

 

Teste de Qui-Quadrado

 

Cromossomos sexuais e herança ligada ao sexo:

- Sistemas XY, X0, ZW, Z0 e sistemas influenciados por fatores ambientais

- Hipótese de Lyon,

- Genes influenciados e limitados pelo sexo

- Etapas da diferenciação sexual humana

 

Ligação gênica:

- Ligação e recombinação de genes ligados

- Permuta e mapeamento genético

- Teste de 2 e 3 pontos

- Interferência, coincidência, ocorrência de permutas duplas

 

Bandeamento cromossômico e montagem de cariótipos

 

Alterações cromossômicas numéricas e estruturais: classificação, origem, consequências

 

Herança multifatorial e poligenes:

- Características contínuas e descontínuas

- Análise de herdabilidade

 

As proporções sexuais humanas e a genética das probabilidades

 

4 METODOLOGIA

Aulas expositivas/dialogadas, utilizando diferentes recursos audiovisuais (quadro negro, retroprojetor, videoshow, datashow). Resolução e discussão de exercícios e estudos de caso. Discussão e análise de artigos. Desenvolvimento de estudos dirigidos e seminários.

 

5 AVALIAÇÃO

O aluno será avaliado por meio de provas teóricas e pelo desempenho nas demais atividades propostas (seminários, estudos dirigidos, análise de artigos científicos, entre outros), além de sua participação em aula.

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BROWN, T. A. Genética: um enfoque molecular . 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998.

BURNS, G. W.; BOTTINO, P. J. Genética. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1991.

GRIFFITHS, A. J. F et al. Introdução à genética. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

 

 

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BURNS, G.W. Genética: uma introdução à hereditariedade . Rio de Janeiro: Interamericana, 1984.

GRIFFITHS, A. J. F. Genética moderna. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

JORDE, L.B.; CAREY, J. C.; BAMSHAD, M. J. Genética médica. 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

RAMALHO, M. A.P.; SANTOS, J. B. dos; PINTO, C. A. B. P. Genética na agropecuária. 7. ed. São Paulo: Globo, 2000.

SNUSTAD, D. P.; SIMMONS, M. J. Fundamentos de genética. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.

 

 

 

 

Notícias do Curso

Ver todas