Conferências com empreendedor e jornalista abrem Jornada de Estudos Empresariais | URI Câmpus de Erechim
 

Conferências com empreendedor e jornalista abrem Jornada de Estudos Empresariais

01/06/2021 - 385 exibições

   

Com as conferências do empreendedor Marcus Rossi e a jornalista Alice Bastos Neves, foi aberta na noite desta segunda-feira, 31 de maio, a programação da Jornada de Estudos Empresariais da URI Erechim. O evento, que encerra nesta quarta-feira, 2 de junho, tem sido um diferencial na disseminação do conhecimento para a área acadêmica e à sociedade regional.



As centenas de pessoas que estavam conectadas com o evento, foram saudadas pela Coordenadora da Jornada, professora Sara Roesler; pelo Coordenador da Área de Ciências Sociais Aplicadas, professor Junior Luiz de Souza; e pelo Diretor-Geral do Câmpus, professor Paulo Roberto Giollo. Todos salientaram a importância da Jornada que vem se constituindo numa fonte de informações relevantes para sociedade.



Marcus Rossi, um empreendedor afinado com o desenvolvimento e as inovações, tratou da reinvenção como uma forma diferente de olhar a nova economia. Ele é um dos empreendedores brasileiros mais reconhecidos no mercado de inovação. Em 2017, criou a Gramado Summit, que três anos depois foi apontada como uma das principais conferências do planeta no setor. Neste ano, o evento, que recebeu autorização para ser de forma presencial, reuniu 1.700 pessoas. “Para empreender, temos que começar e descobrir oportunidades. E a Gramado Summit foi uma delas. Devemos, em primeiro lugar, enfrentar a realidade que muitas vezes é dura, mas com resiliência podemos superar os obstáculos. A prova disso é que fizemos esse evento em plena pandemia e não tivemos nenhum caso de COVID. Por isso, se tornou um “case” que ganhou repercussão mundial”.



Disse, ainda, aos que empreendem ou desejam fazê-lo, que é preciso convicção em tudo o que fizermos. “O mercado, normalmente, não acredita naquilo que está sendo criado, mas é preciso passar pelas frustrações. Não devemos seguir os ensinamentos da velha economia, que apenas se baseia em produtos e processos, mas na nova economia, que quebra paradigmas e transforma consumidores em usuários”, frisou. “Errar é a forma mais palpável de aprender e transformar empresas. O desconforto é a nova rotina. Por isso, devemos empreender para criar um legado e fazer um mundo mais humano, onde as pessoas são o centro de tudo”, concluiu.



A segunda palestra da noite foi com a jornalista Alice Bastos Neves, da RBS TV. Além de falar sobre o seu trabalho, deixou uma mensagem, especialmente para as mulheres, pois enfrentou um câncer de mama, e que resolveu dividir com seu público a luta pela vida. “O meu maior desafio não foi cobrir Copas do Mundo, Olimpíadas ou mesmo Mundial de Clubes. Em 2020 imaginava que o grande desafio seria a cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que serão realizados neste ano por causa da pandemia. Em janeiro daquele ano, descobri que a grande cobertura do ano seria outra. O enfrentamento a um câncer de mama em meio a uma pandemia mundial”.



E foi isso que Alice resolveu dividir com todos seus amigos e telespectadores diários: a resiliência e a decisão de encarar com leveza cada etapa desse processo. “Neste momento, é importante contar com a família, os amigos e aqueles que não conhecemos também. Dar valor às pessoas sempre e achar uma maneira de encarar com mais leveza esse quadro são fatores fundamentais nessa hora”, disse. Também optou, e recebeu apoio da empresa, por continuar trabalhando quando fosse possível. “E foi isso que fiz, com muito bom humor, que é uma coisa natural em mim, e me ajudou muito, segundo os próprios médicos”.



Por ter passado por essa realidade, nunca antes imaginada, Alice frisou que a prevenção é fundamental nessa hora. “Mas não esqueçam da atividade física ou esportiva, pois ela é muito importante para que possamos enfrentar a vida com mais alegria”, concluiu.


Notícias do Curso

Ver todas