Notícias da URI Erechim

Medicina promove cursos de formação continuada

07/10/2020 - 186 exibições

   



A Medicina da URI promoveu neste segundo semestre, dois cursos de formação continuada. Ambos realizados de forma virtual, na parte teórica, e em pequenos grupos, quando foi exigida atividades presenciais. Tudo em virtude da pandemia provocada pelo coronavírus.

Essa situação de excepcionalidade às aulas teóricas vedou substituições às práticas profissionais de estágios e laboratórios, fazendo com que, na Medicina, estas ficassem interrompidas, até o mês de junho.

Adotando-se medidas de biossegurança e de distanciamento social provenientes das legislações municipal, estadual e federal, as práticas foram retomadas, de modo concentrado, em pequenos grupos (respeitando-se as dimensõeslaboratoriais e uso de EPIs).

Um dos cursos em andamento é na área de Semiotécnica, o qual objetiva, segundo o Professor Juliano Sartori, coordenador do projeto, o estudo dos métodos de identificação de sinais e sintomas de uma doença, durante um exame físico.

O curso está sendo ministrado por médicos, em pequenos grupos, aos sábados, no Laboratório de Habilidades eSimulações localizado junto ao URICEPP (Centro de Estágios e Práticas Profissionais) e é destinado aos acadêmicos do quinto semestre, que tenham cursado a matéria de Propedêutica Clínica.

O primeiro minicurso ocorreu em 12 de setembro, sobre Semiotécnica Cardiovascular e Geniturinária e foi ministrado pelo Professor Jean Carlos Zanardo. Esses mesmos assuntos serão abordados em 17 de outubro, pelo Professor Paulo Roberto Dall’Agnol. A Semiotécnica Respiratória foi ministrada pelo Professor Joel Serafini, em 19 de setembro. O Professor Celso David Lago abordou a Semiotécnica Neurológica em 26 de setembro e no último sábado, 03 de outubro, a Professora Adriana Elisa Wilk abordou a Semiotécnica Gastrintestinal.

Outro projeto desenvolvido pela Medicina foi o de Formação Continuada em Cardiologia – Interpretação Básica do Eletrocardiograma, destinado igualmente aos acadêmicos do quinto semestre que cursaram a disciplina de Clínica Médica.

Segundo o Professor Leandro Antônio Gritti, coordenador do projeto, a eletrocardiografia é um procedimento não invasivo, para registro da atividade elétrica do coração, que representa a série de ondas relacionadas aos impulsos elétricos que ocorrem durante o ciclo cardíaco, as quais indicam ou não, a presença de anormalidades cardíacas. Os encontros teóricos foram virtuais e a oficina prática aconteceu em pequenos grupos, no Ambulatório de Medicina.

A programação foi desenvolvida em agosto e contou com a participação dos cardiologistas Célio Friedholdo Fahl, Flávia Milan Gritti e Rafael Camera.


Ver mais notícias