Notícias | Institucional

Mestrado em Ecologia promove workshop de Pesquisa em Gestão e Conservação Ambiental

07/09/2016 - 3284 exibições

   



O Programa de Pós-Graduação em Ecologia da URI promoveu, nesta segunda e terça-feira, 05 e 06, o 1º Workshop de Pesquisa em Gestão e Conservação Ambiental. A atividade, que aconteceu no Anfiteatro, reuniu alunos de graduação e pós-graduação, professores e pesquisadores da Universidade.

A Diretora Acadêmica, professora Elisabete Maria Zanin, destacou que o evento representa uma forma inovadora de integrar pesquisadores, orientadores, orientandos e gestores para conhecer o que é produzido no programa. “Que este evento seja um facilitador e estimule a discussão em nível de universidade da integração da pesquisa, pós-graduação e extensão. Precisamos construir respostas para nossos questionamentos de forma democrática e participativa, de modo a evitar a centralização, a personalização e o voluntarismo”, pontuou.

Da mesma forma, o professor Rodrigo Fornel, Coordenador do Mestrado, observou que “o encontro visa ser um marco na integração científica entre docentes e discentes no que se refere ao amadurecimento das propostas de projetos e as projetos em andamento dos discentes do curso e principalmente no que diz respeito ao fazer ciência em que a discussão de ideias e conceitos possa promover uma maior qualidade na pesquisa científica feita no Mestrado em Ecologia da URI”.

A palestra de abertura foi ministrada pelo professor Carlos Benhur Kasper (Unipampa – Câmpus de São Gabriel) que analisou os erros e acertos da caminhada científica desde o projeto até a publicação. O professor observou que, no Brasil, geralmente é a pós-graduação que realiza pesquisa. “Isso é um problema, pois tem duração de 2 a 6 anos, considerando mestrado e doutorado, se o pesquisador seguir a mesma linha, o que raramente acontece”.

Ele também enfatizou o que se espera dos alunos em diferentes níveis de pesquisa. “Na graduação, o aluno deve aprender os princípios do método científico e desenvolver suas habilidades para desenvolvimento de uma pesquisa simples. No mestrado, espera-se que ele avance no conhecimento de determinada área com amplo domínio no assunto. E, no doutorado, é importante que ele domine tudo sobre o tema e provoque uma modificação no entendimento ou um significativo aumento de conhecimento da área”, explicou.

Na sequência foram apresentados os projetos de pesquisa da turma 2016 e os resultados parciais das pesquisas feitas pela turma 2015 do Mestrado em Ecologia. O evento encerrou na tarde desta terça-feira, 06, com uma mesa-redonda com os professores Giovani Palma Bastos (Pró-Reitor de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação da URI) e o Professor Luiz Ubiratan Hepp (PPG Ecologia da URI) que falaram sobre as ações e gestão na área de biodiversidade dentro do Programa de Pós-Graduação em Ecologia da Universidade. Eles também destacaram a importância de os alunos serem proativos de modo a ampliar o crescimento do programa, aumentando e consolidando diferentes níveis de qualificação.


Veja mais Notícias | Institucional

Ver todas