Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE DEPARTAMENTO DE LETRAS, LINGUÍSTICA E ARTES

DISCIPLINA DE LIBRAS - LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS

CÓDIGO: 80-174

CARGA HORÁRIA: 30 (Teórico: 30)

Nº DE CRÉDITOS: 02

 

1 EMENTA

Legislação e inclusão. Língua, culturas comunidades e identidades surdas. Aquisição de Linguagem e a LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais.

 

2 OBJETIVO GERAL

Vivenciar o contato com os sinais de LIBRAS, contextualizando e visando proporcionar subsídios básicos para a comunicação por meio da língua brasileira de sinais.

 

3 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Empregar e memorizar sinais a fim de estabelecer comunicação e interação em LIBRAS.

- Mediar o contato com o aprender LIBRAS, em especial ao que concerne à comunicação e interação com indivíduo surdo.

- Contextualizar a gramática do ouvinte, segundo a sinalização dos sinais em LIBRAS.

 

4 CONTEÚDOS CURRICULARES

1. Legislação e Inclusão;

2. Cultura Surda / Relação de história da surdez com a Língua de sinais;

3. Aquisição da Linguagem de Libras / Noções básicas da Língua Brasileira de Sinais: o espaço de sinalização, os elementos que constituem os sinais, noções sobre a estrutura da língua, a língua em uso em contextos triviais de comunicação.

 

5 METODOLOGIA

- aulas expositivo-dialogadas;

- práticas de leitura e análise de análise textual;

- práticas de sinalização;

- produção de textos orais e escritos;

- trabalhos individuais e em grupos;

- seminário temático e dirigido.

 

6 AVALIAÇÃO

A avaliação terá caráter diagnóstico das dificuldades e de assessoramento de superação na iniciação ao contato com LIBRAS.

 

7 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BRITO, L. (org.) Língua Brasileira de Sinais: Educação Especial. Brasília: SEESP, 1997.

FELIPE, T. A.; MONTEIRO, M. S. Libras em Contexto: Programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos, Curso Básico. Brasília, MEC: SEESP, 2001.

QUADROS, R. M. de. Educação de Surdos: Aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

 

8 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

FERNANDES, E. Surdez e Bilinguismo. Porto Alegre: Organizadora Mediação, 2005.

SCHINEIDER, R. Educação de Surdos: Inclusão no Ensino Regular. Passo Fundo: UPF, 2006.

SCKLIAR, C. Pedagogia (improvável) da diferença: e se o outro não estivesse aí? Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

SOUZA, R. M.; SILVESTRE, N.; ARANTES, V. A. (orgs.). Educação de surdos – pontos e cotrapontos. São Paulo: Summus, 2007.

THOMA, A. da S.; LOPES, M. C. (org.) A Invenção da Surdez: Cultura, Alteridade, Identidade e Diferença no Campo da Educação. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FELIPE, Tanya A.; MONTEIRO, Myrna S. Libras em contexto: programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos, curso básico. Brasília, MEC: SEESP, 2001.

SCHINEIDER, Roseléia. Educação de surdos: inclusão no ensino regular. Passo Fundo: UPF, 2006.

SCKLIAR, Carlos. Atualidade da educação bilíngue para surdos. Vol. I. Porto Alegre: Mediação, 1999.

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

FERNANDES, Elalia. Surdez e Bilinguismo. Porto Alegre: Organizadora Mediação, 2005.

KARNOPP, Lodernir Becker e KLEIN, Madalena. A língua na educação do surdo. Vol. 1. Secretaria de Educação/Departamento Pedagógico/Divisão de Educação Especial: Porto Alegre, 2005.

SCKLIAR, Carlos. Pedagogia (improvável) da diferença: e se o outro não estivesse aí? Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

SOUZA, Regina Maria de; SILVESTRE, Núria; ARANTES, Valéria Amorim (orgs.). Educação de surdos – pontos e cotrapontos. São Paulo: Summus, 2007.

THOMA, Adriana da Silva e LOPES, Maura Corcini (org.). A invenção da surdez: cultura, alteridade, identidade e diferença no campo da educação. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas