Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

 

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS

Disciplina: PESQUISA CIENTÍFICA EM MEDICINA

Código: 70-772

Carga Horária: 30 horas Teórica: 15h   Prática: 15h

Nº de Créditos: 02

 

1 EMENTA

Treinamento baseado no método da observação rigorosa e no desenvolvimento do espírito crítico. Atualização em relação aos avanços tecnológicos na prática médica. Pesquisa científica aplicada à área médica. Avaliação crítica da bibliografia médica. Aplicação prática da medicina baseada em evidências. Treinamento em pesquisa e revisão bibliográfica. Elaboração e construção do projeto de trabalho de conclusão do curso de Medicina.

 

2 OBJETIVOS

2.1 Objetivos Gerais

  • Mobilizar o espírito científico investigativo e crítico necessário para a formação do médico.
  • Fomentar o espírito científico de modo a favorecer a atualização científica permanente.
  • Oportunizar a elaboração do projeto de trabalho de conclusão de curso de Medicina.

 

2.2 Objetivos Específicos

Espera-se que esta disciplina permita a aquisição das seguintes competências, habilidades e atitudes:

  • Construção individual do projeto do trabalho de conclusão de curso, por meio do conhecimento adquirido no decorrer do curso e pela análise crítica das leituras realizadas.
  • Conhecimento das normas técnicas de elaboração de trabalhos científicos.
  • Seleção de informações pertinentes ao estudo pretendido, mediante manuseio de bancos de dados nacionais e internacionais.
  • Aplicação de princípios éticos no uso da tecnologia da informação e acesso aos sistemas de informação com foco em pesquisas pertinentes ao estudo.
  • Aplicação dos princípios de epidemiologia e bioestatística na leitura crítica de artigos técnico-científicos e com a correspondente transposição à proposta de trabalho de conclusão de curso pretendido.
  • Conhecimento e aplicação dos níveis de evidência científica, nas informações obtidas.
  • Conhecimento da Ética em Pesquisa e dos procedimentos de submissão dos projetos ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos e Comissão de Ética no Uso de Animais.
  • Socialização do projeto de trabalho de conclusão de curso com vistas ao aprimoramento da comunicação oral e elaboração de slides. Aprimoramento de habilidades comunicativas, oralidade e de postura.
  • Qualificação do projeto de trabalho de conclusão de curso, por meio de apresentação à banca examinadora.

 

3 CONTEÚDO CURRICULAR:

1 A valorização da pesquisa científica na obtenção do conhecimento médico

O desenvolvimento do processo mental e a elaboração do pensamento científico

O estudo da formulação de hipóteses, leis e teorias

A aplicação e avaliação práticas de hipóteses e teorias

O estudo dos fundamentos epidemiológicos e estatísticos na pesquisa clínica

O problema da indução

A análise crítica das publicações científicas

A divulgação da pesquisa científica

O trabalho científico e sua influência na educação médica continuada

A ética em pesquisa médica

Agências de fomento à pesquisa científica - o desenvolvimento de projetos

 

2 Serviço de Biblioteca e Documentação. Dimensionando a Biblioteca Central:

Organização; Fichários/Rede interna; Acervos; Serviços oferecidos; Localização e obtenção de materiais.
Pesquisa Bibliográfica:

Bases de Dados -MEDLINE - PUBMED; MEDLINE/ LILACS -BIREME

 

3 Pesquisando na Internet:

 

4 BIBLIOTECA VIRTUAL; JCR (Journal Citation Reports = Fator de Impacto dos Periódicos); CAPES; OVID; SCIELO

 

5 Elaboração e construção do projeto de trabalho de conclusão de curso

 

6 Técnicas de apresentação oral do projeto

 

4 METODOLOGIA

Aulas expositivas dialogadas com material didático apresentado em mídia digital. Leitura de textos selecionados referentes ao conteúdo curricular com exigência de preparação dos textos pré aula. Aulas práticas em Laboratório de Informática e/ou Sala de Aula, mediante acesso de portais nacionais e internacionais (banco de dados científicos na área da saúde). As atividades objetivam proporcionar aos alunos, a construção individual do projeto do trabalho de conclusão de curso, por meio do conhecimento adquirido no decorrer do curso e pela análise crítica das leituras realizadas. Para tal, serão oportunizados momentos de reflexão e questionamentos na sala de aula, ainda, serão indicados sites de busca de artigos científicos para despertar senso crítico e científico na construção do trabalho de conclusão de curso. Também, será desenvolvido dinâmicas que propiciem o desenvolvimento da criatividade e aprendizado para a socialização dos projetos, mediante apresentações orais.

 

5 AVALIAÇÃO

As avaliações têm caráter formativo, somativo e diagnóstico. A avaliação formativa objetiva identificar avanços e limitações dos alunos, orientando-os aos ajustes necessários durante o semestre. A avaliação somativa ocorre mediante atribuição de notas e compreende avaliações teóricas, elaboração do projeto do trabalho de conclusão de curso, realizado de forma individual, apresentação do projeto (qualificação à banca examinadora), e pela participação/envolvimento nas aulas. E a avaliação diagnóstica embasa-se na demonstração da aquisição das competências, habilidades e atitudes inerentes aos objetivos da disciplina.

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARDOSO, Gilberto Perez et al. Iniciação à pesquisa científica em medicina. Rio de Janeiro: Epub, 2001.

GUYATT, Gordon; RENNIE, Drummond. Diretrizes para Utilização da Literatura Médica: Manual para Prática de Medicina Baseada em Evidências. Porto Alegre: Artmed, 2011.

POPPER, Karl Raimund. - A lógica da pesquisa científica. São Paulo: Cultrix, 2012, 1996, 1975.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

DYNIEWICZ, Ana Maria. Metodologia da Pesquisa em Saúde para Iniciantes. Curitiba: Editora Difusão, 2014.

GUERRIERO, Iara Coelho Zito; SCHMIDT, Maria Luisa Sandoval; ZICKER, Fabio (Org.). Ética nas pesquisas em ciências humanas e sociais na saúde. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2008.

GUILHEM, Dirce; DINIZ, Debora; ZICKER, Fabio (Coord.). Pelas lentes do cinema: bioética e ética em pesquisa. Brasília: Letras Livres, 2007.

GUILHEM, Dirce; ZICKER, Fabio (Coord.). Ética na pesquisa em saúde: avanços e desafios. Brasília: Letras Livres, 2007.  

MASSAD, Eduardo; XAVIER DE MENEZES, Renée; SILVEIRA, Paulo Sérgio. Métodos quantitativos em medicina.  São Paulo: Manole, 2004.

 

Notícias do Curso

Ver todas