Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Disciplina: Epidemiologia Geral

Código: 40-619

Carga Horária: 60 horas Teórica: 45 Prática: 15

Número de Créditos: 04

 

1 EMENTA

Fundamentos da epidemiologia com ênfase nos principais indicadores epidemiológicos das doenças mais prevalentes na comunidade. Conceitos básicos em epidemiologia: incidência, prevalência, natalidade, mortalidade, população e amostras. Principais indicadores de saúde. Estabelecimento de diagnóstico e prioridades em Saúde Pública. Noções de medicina embasada em evidências.

 

2 OBJETIVOS

2.1 Objetivo Geral

  • Conhecer e compreender os principais conceitos da epidemiologia, bem como os indicadores em saúde e os vários tipos de estudos epidemiológicos.
  • Reconhecer a epidemiologia como importante ferramenta para a Saúde Coletiva, para o trabalho em equipe e para o conhecimento científico.

 

2.2 Objetivos Específicos

Espera-se que ao final do semestre os alunos estejam aptos às seguintes habilidades e competências:

  • Conhecer os principais indicadores em saúde pública.
  • Conscientizar e inserir o aluno nas questões da saúde pública regional e nacional.
  • Ser capaz de realizar e interpretar um diagnóstico de saúde de uma população.
  • Refletir sobre os processos saúde/doença, pensando-os como questões complexas, envolvendo fatores biológicas, psicológicas, do trabalho e do ambiente.
  • Reconhecer e utilizar sistemas de informação em saúde, aplicando-os para o diagnóstico em saúde de uma população ou para pesquisa.
  • Analisar criticamente artigos científicos, em especial os que utilizam ferramentas de Epidemiologia e estatística, aplicando os princípios da Saúde Baseada em Evidências.

 

3 CONTEÚDO CURRICULAR

Indicadores em saúde: mortalidade, morbidade e demográficos.

Epidemiologia descritiva e diagnóstico populacional: distribuição das doenças no espaço e no tempo.

Sistemas de informação em saúde.

Tipos ou delineamentos de pesquisa/estudo: observacionais (transversal, coorte, caso-controle, ecológicos); de intervenção (ensaio clínico), revisão sistemática e metanálise.

Ética em pesquisas envolvendo seres humanos.

Delineando o estudo, definindo o melhor modelo de estudo de acordo com o tema a ser pesquisado.

Amostragem: definição, tipos, critérios de seleção, recrutamento da amostra.

Elaboração de questionários e instrumentos de coleta de dados.

Causalidade em epidemiologia.

Validade em estudos epidemiológicos.

Introdução à estatística em epidemiologia: algumas aplicações.

Saúde Baseada em Evidências (SBE): níveis de evidência e leitura crítica de artigos científicos.

 

4 METODOLOGIA

Aulas teóricas expositivas dialogadas com a utilização de mídia digital. Aulas práticas em grupos nos laboratórios de informática e/ou na própria sala de aula, mediante uso de tecnologia digital (notebook, tablet e outros). Resolução e discussão de questões, problemas, exercícios e casos. Integração dos conteúdos e práticas com a clínica interdisciplinar mantendo o foco no desenvolvimento do raciocínio clínico e aproximação com a saúde pública regional.

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será cognitiva por meio de provas teóricas dissertativo-objetivas e estudos complementares, teóricos e práticos. A avaliação diagnóstica se dará considerando o desempenho das competências e habilidades inerentes aos objetivos da disciplina.

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BEAGLEHOLE R, BONITA R, KJELLSTRÖM T. Epidemiologia básica. São Paulo: Livraria Editora Santos, 2010, 2001.

MEDRONHO, Roberto A (Coord.). Epidemiologia. 2.ed. São Paulo: Atheneu, 2015, 2011, 2009, 2006.

PEREIRA, Maurício Gomes. Epidemiologia: teoria e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012, 2010, 2009, 2000.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ALMEIDA FILHO, Naomar de; ROUQUAYROL, Maria Zélia. Introdução à epidemiologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.

FLETCHER RH, FLETCHER SW. Epidemiologia clínica: elementos essenciais. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011.

HULLEY, Stephen B. (Et al.). Delineando a pesquisa clínica: uma abordagem epidemiológica. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008, 2003.

JEKEL, James F; ELMORE, Joann G.; KATZ, David L. Epidemiologia, bioestatística e medicina preventiva. Porto Alegre: Artmed, 2005, 2002.

MENEGHEL, Stela Nazareth (Org.). Caderno de exercícios de epidemiologia. 2. ed. Canoas: ULBRA, 2006.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas