Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: FISIOLOGIA I

Código: 20-332

Carga horária: 90 horas

Nº de Créditos: 06

 

1 EMENTA

Introdução à Fisiologia Celular e Geral. Bases celulares e moleculares para o estudo do funcionamento e manutenção da homeostasia dos principais órgãos e sistemas humanos. Fisiologia do nervo e do músculo. Neurofisiologia. Fisiologia do sistema cardiovascular. Fisiologia do sistema respiratório.

 

2 OBJETIVOS

Objetivo Geral

  • Compreender os fenômenos e processos fisiológicos do corpo humano em uma visão integrada de órgãos e sistemas funcionais do organismo quando em condições de equilíbrio.

 

Objetivos Específicos

Desenvolver e capacitar o aluno à aquisição das seguintes habilidades e competências:

  • Aplicar bases biofísicas, moleculares, bioquímicas, genéticas e celulares de funcionamento do corpo.
  • Compreender o funcionamento dos tecidos, órgãos, sistemas, aparelhos e estruturas físicas do corpo e sua regulação nas diversas fases da vida.
  • Compreender os processos fisiológicos humanos do desenvolvimento e envelhecimento.
  • Compreender mecanismos de insultos por microrganismos e ambientais e as consequentes alterações fisiológicas.
  • Construir explicações fisiopatológicas para as alterações encontradas nas principias patologias dos sistemas estudados.
  • Aplicar conhecimentos de Fisiologia ou Fisiopatologia na avaliação periódica da saúde do homem e da mulher.
  • Compreender e conhecer os principais aspectos fisiológicos e fisiopatológicos das patologias cirúrgicas e das situações de urgência e emergência.
  • Interpretar os principais exames complementares de acordo com os índices fisiológicos normais para a idade.
  • Exercitar raciocínio clínico a partir de situações fisiopatológicas e/ou das vivências oportunizadas na disciplina de Imersão SUS.
  • Conhecer e aplicar os níveis de evidência cientifica de cada informação obtida.
  • Demonstrar autonomia e iniciativa na resolução de problemas.
  • Comunicar-se de forma técnica e interagir com colegas, professores e demais profissionais envolvidos.
  • Demonstrar compromisso com a competência técnica e com o conhecimento científico e respeitar as normas técnicas e éticas nos laboratórios.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

  1. Organização funcional do corpo humano
  2. Meio interno, célula, mecanismos de controle corporais, a síntese de proteínas e o transporte através da membrana celular
  3. Potencias de membrana e de ação
  4. Contração do músculo esquelético e liso, transmissão neuromuscular
  5. Organização básica do sistema nervoso
  6. Sinapses e neurotransmissores
  7. Fisiologia sensorial: receptores, circuitos neuronais, sentidos (audição, visão, olfato e gustação)
  8. Fisiologia motora: reflexos da medula espinhal e tronco cerebral, controles das funções musculares, gânglios da base e cerebelo
  9. Fisiologia integrada: córtex e funções intelectuais. Vigília e sono – regulação do ciclo sono-vigília
  10. Funções comportamentais do cérebro.
  11. Fisiologia do sistema nervoso autônomo.
  12. Fisiologia do fluxo sanguíneo cerebral e do líquido cefalorraquidiano
  13. Organização geral do sistema cardiovascular
  14. Coração como bomba
  15. O sistema de condução cardíaco: o ECG
  16. Circulação: princípios físicos da pressão, fluxo e resistência
  17. Funções especiais da circulação, regulação humoral e nervosa
  18. Pressão arterial
  19. Débito cardíaco e choque circulatório
  20. Circulação coronariana, bulhas cardíacas
  21. Modelos fisiopatológicos: Isquemia, Valvulopatias congênitas, ICC
  22. Organização geral do sistema circulatório
  23. Ventilação e circulação pulmonar
  24. Hematose
  25. Regulação da respiração
  26. Modelo fisiopatológico: Insuficiência respiratória (crônica e aguda)

 

4 METODOLOGIA

Aulas teóricas expositivas dialogadas e interativas, com a utilização de mídia digital. Aulas práticas em grupos no laboratório de práticas multidisciplinares (fisiologia). Resolução e discussão de exercícios clínicos com inclusão de exames complementares. Integração dos conteúdos e práticas com a clínica interdisciplinar mantendo o foco no desenvolvimento do raciocínio clínico. Construção de raciocínio fisiológico e fisiopatológica de situações vivenciadas no SUS.

 

5 AVALIAÇÃO

Frequência, participação nas atividades rotineiras, integração com colegas, professor e técnicos do laboratório, seminários, trabalhos orais e escritos, provas teóricas e provas práticas no respectivo laboratório.

 

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

AIRES, Margarida de Mello. Fisiologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013, 2008, 1999, 1991.

GUYTON, Arthur C.; HALL, John E. Tratado de fisiologia médica. Rio de Janeiro: Elsevier, 2016, 2017.

SILBERNAGL, Stefan; DESPOPOULOS, Agamemnon. Fisiologia: texto e atlas. 7. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009, 2003.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

COSTANZO, Linda S. Fisiologia. 4.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014.

MCARDLE, William D.; KATCH, Frank I.; KATCH, Victor L. Fisiologia do exercício: energia, nutrição e desempenho humano. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013, 2003, 1998, 1986.

MOHRMAN, David E.; HELLER, Lois Jane. Fisiologia cardiovascular. 6. ed. Rio de Janeiro: McGraw-Hill, 2007.

SILVERTHORN, Dee Unglaub. Fisiologia humana: uma abordagem integrada. 5. ed. Barueri: Manole, 2011, 2010, 2003.

WEST, John B. Fisiologia respiratória. 9. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013.

 

Notícias do Curso

Ver todas