Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: BIOFÍSICA I B

Código: 20-331

Carga horária: 60 horas

Nº de Créditos: 04

 

1 EMENTA

Princípios físicos que regem o comportamento dos diversos aspectos do sistema biológico. A célula e suas funções. Transportes através das membranas (potenciais de membrana e de ação). Bioeletrogênese. Sistemas de infusão e drenagem em compartimentos biológicos. Equilíbrio osmótico. Sistema ácido-base. Regulação da temperatura corporal. Biofísica dos sistemas biológicos. Radiobiologia. Princípios e análise de técnicas e procedimentos em medicina. Aplicação do diagnóstico em medicina.

 

2 OBJETIVOS

Objetivo Geral

  • Facilitar ao aluno a compreensão dos mecanismos e bases físicas do funcionamento dos sistemas biológicos.

 

Objetivos Específicos

  • Desenvolver um raciocínio crítico de análise dos fenômenos biofísicos que ocorrem no organismo humano.
  • Desenvolver uma visão crítica dos paradigmas vigentes através de artigos técnico-científicos.
  • Encorajar ao aluno a comunicar-se com a mídia de forma efetiva, profissional e com bases cientificas acessíveis ao grande público.
  • Conhecer os riscos de manuseio com radioativos, bem como as normas de biossegurança a serem adotadas para estas substâncias.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

  1. Fundamentos físicos básicos de pressão, energia, dinâmica de fluidos, eletricidade, som e ótica.
  2. Bases físicas da célula e a estrutura da membrana plasmática
  3. Transportes através das membranas
  4. Biofísica da água e soluções biológicas
  5. Equilíbrio osmótico entre compartimentos líquidos corporais
  6. Potenciais de membrana e potenciais de ação
  7. Bioeletrogênese
  8. Sinalização celular
  9. Regulação térmica
  10. Sistema ácido-base (sistema tampão, distúrbios ácido-base)
  11. Biofísica dos sistemas biológicos (respiratório, renal, circulatório, visão, audição, fonação)
  12. Radiobiologia
  13. Instrumentação biomédica (princípios de análises técnicas em cromatografia, eletrofores, colorimetria, Raio X, ressonância magnética)

 

 

4 METODOLOGIA

Aulas teóricas expositivas dialogadas com uso de mídia digital. Atividades práticas em grupos no laboratório em que favoreçam a participação mais ativa dos alunos, objetivando a integração da teoria com a prática, mantendo o foco interdisciplinar no desenvolvimento do raciocínio científico e clínico. Instigar o desenvolvimento intelectual através da resolução e discussão de exercícios clínicos, bem como a leitura de artigos científicos. Estimular nos alunos as habilidades de comunicação através de seminários filmados e posteriormente assistidos pela turma.

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será diagnóstica e cognitiva. A diagnóstica avaliará as habilidades e competências desenvolvidas ao longo da disciplina. Já a cognitiva, se dará através de provas teóricas e apresentação de seminário.

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

HENEINE, Ibrahim Felippe. Biofísica básica. Rio de Janeiro: Atheneu, 2003, 2002, 2000, 1996, 1987.

OLIVEIRA, Jarbas Rodrigues de; WÄCHTER, Paulo Harald; AZAMBUJA, Alan Arrieira. Biofísica para ciências biomédicas. Porto Alegre: Edipucrs, 2008, 2002.

OKUNO, Emico; CALDAS, Iberê Luiz; CHOW, Cecil. Física para ciências biológicas e biomédicas. São Paulo: Harbra, 1986.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

AIRES, Margarida de Mello. Fisiologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013, 2008, 1999, 1991.

COTTERILL, Rodney M. J. Biophysics: an introduction. West Sussex: John Wiley & Sons, 2004.

DURÁN, José Enrique Rodas. Biofísica: fundamentos e aplicações.  São Paulo: Prentice-Hall, 2013, 2003.

GARCIA, Eduardo Alfonso Cadavid. Biofísica. 2ed. São Paulo: Sarvier, 2000, 2002.

LEÃO, Moacir de Almeida Carneiro. Princípios de biofísica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas