Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: MICROBIOLOGIA BÁSICA C

Código: 20-329  

Carga horária: 60 horas

Nº de Créditos: 04

 

1 EMENTA

Classificação dos microrganismos. Estrutura da célula bacteriana, dos fungos e dos vírus. Microbiota normal do corpo humano. Técnicas de isolamento e identificação de microrganismos. Controle do crescimento microbiano. Mecanismos de resistência. Principais microrganismos de importância médica.

 

2 OBJETIVOS

Objetivo Geral

  • Propiciar o conhecimento, identificação e classificação de bactérias, fungos e vírus.

 

Objetivos Específicos

Espera-se que os alunos desenvolvam as habilidades e competências para:

  • Fornecer as informações básicas da microbiologia aplicada às Ciências da Saúde.
  • Estudar as técnicas laboratoriais utilizadas no laboratório de microbiologia.
  • Reconhecer os principais grupos de microrganismos de importância médica.
  • Adotar normas de biossegurança no laboratório de microbiologia.
  • Relacionar os conhecimentos capacitando os alunos a formular hipóteses diagnósticas, interpretando os principais exames complementares de acordo com a situação clínica.
  • Demonstrar autonomia e iniciativa na resolução de problemas.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

  1. Introdução à Microbiologia
  2. Nomenclatura científica e classificação dos microrganismos de importância médica
  3. Bactérias, fungos, vírus e príons
  4. Estruturas de bactérias e suas funções
  5. Morfologia dos microrganismos
  6. Genética microbiana
  7. Controle dos microrganismos
  8. Microbiota normal do corpo humano
  9. Principais bactérias de importância médica
  10. Principais fungos de importância médica
  11. Principais vírus e príons de importância médica
  12. Diagnóstico laboratorial e métodos de identificação dos microrganismos
  13. Agentes antimicrobianos
  14. Resistência aos agentes antimicrobianos
  15. NR nº 32 da ANVISA – Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde

 

4 METODOLOGIA

Aulas teóricas expositivas e dialogadas com uso de mídia digital. Aulas práticas em grupos no respectivo laboratório. Serão adotadas metodologias ativas de ensino e aprendizagem. Realização de seminários, resolução e discussão de casos clínicos e/ou problemas temáticos. Integração dos conteúdos e práticas com a clínica interdisciplinar mantendo o foco no desenvolvimento do raciocínio clínico.

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será cognitiva por meio de provas teóricas dissertativo-objetivas e estudos complementares. A avaliação diagnóstica será pelo desempenho das competências e habilidades descritas nos objetivos da disciplina.

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BROOKS, Geo F. et al. Microbiologia médica de Jawetz, Melnick e Adelberg. 25. ed. Porto Alegre: AMGH, 2012, 2000, 1998.

KONEMAN, Elmer W. Diagnóstico microbiológico: texto e atlas colorido. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012, 2001.

TORTORA, Gerard J.; FUNKE, Berdell R; CASE, Christine L. Microbiologia. 10. ed. Porto Alegre: Artmed, 2012, 2008, 2002, 2000.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BURTON, Gwendolyn R.W.; ENGELKIRK, Paul G. Microbiologia para as ciências da saúde.  9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

MURRAY, Patrick R; ROSENTHAL, Ken S; KOBAYASHI, George S; PFALLER, Michael A. Microbiologia médica. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000, 1992.

OPLUSTIL, Carmen Paz; ZOCCOLI, Cassia Maria; TOBOUTI, Nina Reiko; SINTO, Sumiko Ikura. Procedimentos básicos em microbiologia clínica. São Paulo: Sarvier, 2000.

SIDRIM, José J. C.; ROCHA, Marcos F. G. Micologia médica à luz de autores contemporâneos. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004.

TRABULSI, Luiz R.; ALTERTHUM, Flavio (Coord.). Microbiologia. 5. ed. São Paulo: Atheneu, 2008, 2004, 1999, 1998.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas