Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Disciplina: IMUNOLOGIA BÁSICA I

Código: 20-328

Carga horária: 60 horas

Nº de Créditos: 04

 

1 EMENTA

Introdução a Imunologia. Sistema Imune Inato, Sistema Imune Adaptativo, antígeno, anticorpo, complemento, quimiotaxia, anafilaxia, opsonização, ontogenia das células T e B. Imunógenos e Imunizações. Imunoglobulinas. O sistema do complemento. O complexo de histocompatibilidade principal (MHC). Reações hipersensibilidade. Doenças autoimunes. Imunodeficiências. Antígenos tumorais. Métodos Laboratoriais.

 

2 OBJETIVOS

Objetivo Geral

  • Proporcionar a obtenção de conhecimentos na área de imunologia, correlacionando a patogenicidade e formas de combate dos microrganismos.

 

Objetivos Específicos

  • Conhecer e correlacionar os componentes celulares, teciduais e moleculares do sistema imune, com suas principais funções biológicas, e órgãos e tecidos linfóides.
  • Compreender os princípios das respostas imunes adaptativas e inatas, celular e humoral.
  • Caracterizar os antígenos e as imunoglobulinas.
  • Conhecer e compreender o sistema complemento, sua ativação.
  • Conhecer as características do MHC e sua função.
  • Conhecer e compreender os processos de hipersensibilidade, autoimunidade e imunodeficiências e seus efeitos biológicos.
  • Conhecer os principais antígenos e marcadores tumorais.
  • Conhecer os conceitos, principios  de imunizações em função da faixa etária e necessidades especiais.
  • Entender o fundamento dos ensaios imunológicos para o diagnóstico laboratorial.
  • Adotar comportamentos profissionais com aplicação de princípios morais, éticos e legais bem como a adoção de normas de biossegurança que dizem respeito aos laboratórios.
  • Desenvolver competências relacionadas ao manejo de informações (acesso, pesquisa, seleção e ética) no uso das tecnologias de informação.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

1 Imunologia; conceito, histórico, importância. Imunidade inata; imunidade adquirida.

 

2 Órgãos e tecidos linfóides; órgãos e tecidos linfóides primários e secundários; definições e diferenças; o timo e a medula óssea: localização e função; a maturação dos linfócitos T e B; a linfa e os órgãos linfóides secundários: localização e função.

 

3 Infecção, resistência e virulência; definições; exemplos de virulência; mecanismos externos de defesa do organismo; mecanismos internos de defesa do organismo; mediadores celulares do sistema imune; fatores solúveis que mediam a resposta imune;

 

4 Respostas fisiológicas complexas: febre e inflamação; composição sanguínea; origem das células sanguíneas;

 

5 Leucócitos: classificação e funções; linfócitos T e B; fagocitose;

 

6 Antígenos: conceito, características. Reação antígeno-anticorpo; hapteno, epítopo; antígenos homólogos e heterólogos; reação cruzada.

 

7 Anticorpo: conceito; produção; imunoglobulinas: classes, características, semelhanças e diferenças, funções; estrutura molecular do monômero de Ig, isótipos, alótipos e idiótipos; resposta primária e secundária, memória imunológica.

 

8 Sistema complemento: conceito, importância; vias de ativação, etapas da ativação;
funções: lise, opsonização, quimiotaxia, anafilaxia, participação na retirada de imunocomplexos da circulação.

 

9 Imunidade celular: conceito, LTh e LTc e citotoxidade;

 

10 Imunidade humoral: conceito, LB, produção de Ac pelos LB.; interação entre LT e LB, ativação. T dependente e ativação T independente.

 

11 O complexo de histocompatibilidade principal; proteínas do MHC; importância biológica; as classes das moléculas do MHC e suas relações com o reconhecimento do próprio e a ativação de linfócitos; noções da regulação da resposta imune; reguladores positivos, reguladores negativos; controle genético.

 

12 Hipersensibilidade: conceito e classificação; hipersensibilidade tipos I, II, III e IV; características e exemplos de casos;

 

13 Tolerância imunológica: conceito, importância; noções de vias de tolerância: aborto clonal, deleção clonal, energia clonal e supressão;

 

14 Doenças autoimunes;

 

15 Imunodeficiências: imunodeficiências congênitas e adquiridas;

 

16 Antígenos e marcadores tumorais;

 

17 Imunoproteção ativa: natural e artificial;

 

18 Imunidade passiva: natural e artificial; exemplos de vacinas e programa nacional de imunizações (PNI).

 

19 Reações antígeno-anticorpo in vitro: Introdução, conceitos; aplicação clínica e execução prática dos testes imunológicos básicos: aglutinação, precipitação, turbidimetria, nefelometria, imunofluorescência, enzimaimunoensaio (ELISA), ensaios quimioluminescentes, e demais metodologias que utilizam reagentes marcados, Imunocromatografia e testes de biologia molecular.

 

4 CONTEÚDOS CURRICULARES PRÁTICOS

Procedimento de diluição em série; técnica de obtenção e diferenciação de soro e plasma; testes de aglutinação, precipitação, imunocromatografia e outros métodos imunológicos com reagentes marcados.

 

5 METODOLOGIA

Aulas teóricas expositivas e dialogadas com uso de mídia digital. Resolução e discussão de casos clínicos. Estudos dirigidos de doenças e seminários. Aulas práticas em grupos no respectivo laboratório. Integração dos conteúdos e práticas com a clínica interdisciplinar mantendo o foco no desenvolvimento do raciocínio clínico. Utilização dos recursos de algumas práticas indicadas nas metodologias ativas, dentre elas o uso de aplicativos móveis, como método de ensino aprendizagem.

 

6 AVALIAÇÃO

Frequência, participação, trabalhos orais e escritos, provas teóricas e práticas no respectivo laboratório. Serão realizadas avaliações, individuais ou coletivas, visando acompanhar o aprendizado dos alunos em termos de conhecimentos teóricos, habilidades e competências desenvolvidas ao longo da disciplina. Dentre estas atividades poderão ser incluídas provas, estudos de caso, seminários, relatórios, estudos dirigidos, análise de artigos científicos, entre outras.

 

7 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ABBAS, Abul K; LICHTMAN, Andrew H; PILLAI, Shiv. Imunologia celular e molecular. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, 2005, 2000.

JANEWAY, Charles. Imunobiologia: o sistema imunológico na saúde e na doença. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2002, 2000, 1997.

LEVINSON, Warren; JAWETZ, Ernest. Microbiologia médica e imunologia. 10. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010, 2001.

 

8 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

DOAN, Thao et al. Imunologia ilustrada. Porto Alegre: Artmed, 2008.

FORTE, Wilma Carvalho Neves. Imunologia: do básico ao aplicado. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011, 2007.

TORTORA, Gerard J.; FUNKE, Berdell R; CASE, Christine L. Microbiologia. 10. ed. Porto Alegre: Artmed, 2012, 2008, 2002 2000.

ROITT, Ivan M; BROSTOFF, Jonathan; MALE, David. Imunologia. 10. ed. São Paulo: Manole, 2000, 1997.

VAZ, Adelaide; TAKEI, Kioko; BUENO, Ednéia Casagranda. Imunoensaios: fundamentos e aplicações. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas