Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

LIBRAS - LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS

Código: 80-173

Carga Horária: 30 (Teórica: 30)

N° Créditos: 4

 

EMENTA:

Legislação e inclusão. Língua, culturas comunidades e identidades surdas. Aquisição de Linguagem e a LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais.

OBJETIVO GERAL:

Oportunizar o contato com a LIBRAS, visando a proporcionar subsídios básicos para a comunicação através dessa linguagem.

OBJETIVOS ESPECÍFIOCS:

Propiciar aos alunos contato com disciplina específica visando familiarizá-los com metodologias  de inclusão na carreiraprofissional.

CONTEÚDOS CURRICULARES:

  1. Legislação eInclusão:
  2. Identidades surdas (surda, híbrida, transição flutuante ou incompleta); 3 Constituição do sujeitosurdo;
  1. Cultura Surda/Relação de história da surdez com a língua desinais;
  2. Aquisição da Linguagem de Libras/Noções básicas da Língua Brasileira de Sinais: o espaço de sinalização, os elementos que constituem os sinais, noções sobre a estrutura da língua, a língua em uso em contextos triviais decomunicação.

 

BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

QUADROS, Ronice Muller de. Educação de surdos: aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

THOMA, Adriana da Silva; LOPES, Maura Corcini (Org.). A invenção da surdez. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2006. 2 v.

FERNANDES, Eulalia (Org.). Surdez e bilinguismo. 4. ed. Porto Alegre: Mediação, 2011. 103 p.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

SKLIAR, Carlos (Org.). Atualidade da educação bilíngue para surdos: processos e projetos pedagógicos. Porto Alegre: Mediação, 2013. 270 p.

GOLDFELD, Marcia.A criança surda:linguagem e cognição numa perspectiva sociointeracionista. 2. ed. São Paulo: Plexus, 2002. 172p.

LACERDA, Cristina B. F. de. Intérprete de libras: em atuação na educação infantil e no ensino fundamental. 2. ed. Porto Alegre: Mediação, 2010. 96 p.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Especial. Educação especial. Brasília: SEESP, 1998. 3 v.

SALLES, Heloisa Maria Moreira Lima et al. Ensino de língua portuguesa para surdos: caminhos para a prática pedagógica. Brasília: Ministério da Educação e Cultura, 2004. 2 v.

 

Notícias do Curso

Ver todas