Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS

Disciplina: CULTURAS AGRÍCOLAS DE VERÃO

Código: 50-297

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

 

 

1 EMENTA

Características morfológicas, resposta fisiológica a fatores de produção, técnicas de cultivo, importância econômica, origem e difusão geográfica, classificação botânica, manejo do solo, cultivares e tratos culturais das principais culturas de primavera/verão da região sul do Brasil.

 

 

2 OBJETIVO(S)

- Propiciar ao aluno do curso de conhecimento sobre os sistemas de cultivo das culturas de verão e suas principais características agronômicas, com ênfase ao estudo da fisiologia das plantas, nutrição mineral, manejo de doenças, pragas e plantas daninhas, colheita e industrialização.

 

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

1 Leguminosas de primavera-verão: soja e feijão.

1.1 Características agronômicas.

1.2 Respostas fisiológicas aos fatores de produção.

1.3 Técnicas de cultivo.

1.4 Potencialidade e perspectivas da cultura.

2 Gramíneas de primavera-verão: arroz, milho e sorgo.

2.1 Características agronômicas.

2.2 Respostas fisiológicas aos fatores de produção.

2.3 Técnicas de cultivo.

3 Outras culturas de primavera-verão: girassol, mandioca, fumo.

3.1 Características agronômicas.

3.2 Respostas fisiológicas aos fatores de produção.

3.3 Técnicas de cultivo.

3.4 Potencialidade e perspectivas das culturas.

 

 

4 METODOLOGIA

- Aulas expositivas (teóricas); Recursos: quadro de giz, projeção de slides e transparências; -Trabalhos práticos.

 

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação da Disciplina será feita por meio de três provas e de trabalhos realizados durante o semestre. Será feita uma quarta prova optativa (conteúdo cumulativo do semestre) para os alunos que não realizarem uma das três provas.

 

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

THOMAS, A. L. (Org.); COSTA, J.A. (Org.). Soja: Manejo para alta produtividade de grãos. Porto Alegre, RS: Evangraf, 2010. 248 p

SANGOI, L.; SILVA, P.R.F.; ARGENTA, G.; RAMBO, L. Ecofisiologia da cultura do milho para altos rendimentos. Lages: Graphel, 2010. 87p.

SANGOI, L.; SILVA, P.R.F.; ARGENTA, G. Estratégias de manejo do arranjo de plantas para aumentar o rendimento de grãos de milho. Lages: Graphel, 2010. 64p.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

Embrapa. Recomendações técnicas para a cultura de soja no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Santa Maria: UFSM, 2000.

BONATO, E.R. Estresses em soja. Passo Fundo: Embrapa/CNPT, 2000. 254 p.

BORÉM, A. Melhoramento de plantas. 2 ed. Viçosa: UFV, 1998. 453 p.

CIA, E.; FREIRE, E.C.; DOS SANTOS, W. J. Cultura do algodoeiro. Piracicaba: Potafos, 1999. 286p.

FUNDACEP FECOTRIGO. A cultura do milho em plantio direto. Coord. B.C. de campos. Cruz Alta: FUNDACEP FECOTRIGO, 1998. 189 p.

SANDINI, I. E.; FANCELLI, A. L. Milho: estratégias de manejo para a região sul. Guarapuava: Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária, 2000. 209 p.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas