Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS

Disciplina: FUNDAMENTOS DE ENGENHARIA AGRÍCOLA

Código: 50-253

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

 

 

1 EMENTA

Traçar o panorama do campo de atuação do engenheiro agrícola e suas diversas formas de exercício profissional.

 

 

2 OBJETIVO(S)

- Orientar o futuro profissional sobre seu papel como agente de intervenção na realidade agrícola do país, fornecer um horizonte sobre os conhecimentos necessários para sua formação, e desenvolver as relações interpessoais de conduta e convivência social e profissional.

 

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

1 O que é.

1.1- Engenheiro Agrícola X.

1.2 Campo de ação da Eng.Agrícola.

1.3 Panorama das áreas de ação.

2- Uso dos Recursos Naturais: Água e solos.

2.1- A realidade rural e o papel do Engenheiro Agrícola.

2.2 O Engenheiro Agrícola como: - Agente de racionalização do sistema agrícola, tecnificação integração, diversificação e gestão ambiental. - Infraestrutura na produção agropecuária: Ambiência animal. Construções rurais. Eletrificação na agricultura. Energia na agricultura.

2.3 Efeitos da racionalização, tecnificação, diversificação e integração nos sistemas agrícolas.

3 O papel superador da Fitotecnia

3.1 A agricultura tradicional.

3.2 A agricultura moderna.

3.3 A agricultura sustentável.

3.4- Conceitos. - Síntese. - Uma abordagem integrada.

4- Fatores gerenciais.

4.1 Mercado.

4.2 Padrão tecnológico.

4.3 Perfil do produtor.

4.4 Informação e decisão.

4.5 Assistência técnica.

5 Tendência em fitotecnia.

5.1 A relação solo-planta-atmosfera.

5.2 Biotecnologia e a informática.

5.3 Especialização x diversificação.  

5.4 Integração agroindustrial

6 Máquinas Agrícolas: interação, máquina, solo, relação planta máquina; Engenharia do produto.

7 Planejamento agrícola.

8 Tecnologia Pós-Colheita.

9 Formação e colocação do profissional.

10 Relações Interpessoais e Direitos Humanos

 

 

4 METODOLOGIA

Aulas expositivas e dialogadas, aulas de laboratório, visitas técnicas.

 

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será resultado de: prova escrita; trabalho prático e trabalhos extras.

 

 

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CORTEZ, L. A. B.; MAGALHÃES, P. S. G. Introdução à Engenharia Agrícola. São Paulo: Editora Unicamp, 1993.

Campanhola, C.; Silva, J. G. da. (Ed.).O novo rural brasileiro: uma análise estadual - Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Vol. 3. Jaguariúna/Campinas: Embrapa/UNICAMP, 2000.

PIRAN, N. A Pequena Produção Rural em Erexim: um estudo de caso. 1982. Dissertação (Mestrado em Geografia). Rio Claro: IGCE/UNESP, 1982.

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ACARINI, J. H. Economia rural e desenvolvimento. Petrópolis: Vozes, 1987.

LACKI, POLAN. Desarrollo Agropecuario: De la dependencia al Protagonismo del Agricultor. Des. Rural N° 9. Oficina Regional de FAO para América Latina y el Caribe. 1991.

Realidade Rural. O setor primário do Rio Grande do Sul - Diagnóstico e perspectivas sócio-econômicas. Vol. 2 e 3. Porto Alegre: EMATER - RS, 1991.

Silva, J. G. da. O novo rural brasileiro. Campinas: UNICAMP-IE, 1999.  

 

 

Notícias do Curso

Ver todas