Plano de EnsinoURI Erechim
 

PLANO DE ENSINO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA

Disciplina: ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL

Código: 10-121

Carga Horária: 45  (Teórica: 45)   (Prática: 00)

Nº de Créditos: 3

Pré-requisitos: -

 

1 EMENTA

Fundamentos de Estatística experimental; análise de variância; introdução ao estudo da experimentação agrícola; experimentos usados na agricultura;  interpretação do resultado de experimentos agrícolas.

 

2 OBJETIVOS

 

2.1 OBJETIVO GERAL: O aluno deverá planejar e conduzir experimentos agrícolas e interpretar os resultados obtidos com os principais delineamentos.

 

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Apresentar os fundamentos da estatística experimental, enfatizando a compreensão e a importância do uso da estatística  no planejamento e condução de experimentos agrícolas bem como em artigos científicos; reconhecer as noções básicas da organização, apresentação, interpretação e análise de dados estatísticos, de modo a subsidiar outras disciplinas e as atividades do profissional da área nas atividades do dia a dia; dar subsídios aos alunos para observarem, descreverem e analisarem fenômenos que os cercam; desenvolver no aluno uma compreensão da estatística e do raciocínio estatístico; interpretar resultados de experimentos agrícolas.

 

3 CONTEÚDOS CURRICULARES

3.1 Fundamentos da experimentação

3.2 Delineamento experimental inteiramente casualizado

3.3 Teste de comparações múltiplas (Tukey e Duncan) e coeficiente de variação

3.4 Delineamento experimental inteiramente casualizado com parcela perdida

3.5 Delineamento experimental - blocos ao acaso

3.6 Delineamento experimental - blocos ao acaso com parcela perdida

3.7 Delineamento experimental - quadrado latino

3.8 Planejamento de experimentos e controle de qualidade

3.9 Experimentos fatoriais (bifatoriais e trifatoriais)

3.10 Experimentos com parcelas subdivididas

3.11 Experimentos com tratamentos quantitativos - análise de regressão

3.12 Transformação de dados

 

4 METODOLOGIA

Aulas principalmente com caráter expositivo-dialogadas, regularmente assistidas por computador (no formato de apresentação de vídeos, fotos, textos, elaboração de tabelas – em planilhas eletrônicas e/ou software estatístico – e gráficos, bem como cálculo das principais estatísticas, tanto descritivas quanto inferenciais). Serão propostas leituras de livros texto e artigos relacionados com assuntos de análise estatística com relação direta com o assunto deste Plano de Ensino. A fixação dos conteúdos será através de exercícios com estudos dirigidos e resolução de problemas em sala de aula e em casa e também trabalhos em casa.

Serão ministradas aulas teórico-práticas, com realização e discussão de exercícios e trabalhos, com o auxílio de software em laboratório de informática ou utilizando computadores próprios. O diálogo entre o professor e o aluno deve pautar a condução das aulas permitindo o desenvolvimento da habilidade da comunicação.

Necessidades matemáticas fundamentais para o desenvolvimento da disciplina serão revisadas no decorrer do semestre, visando o melhor preparo dos alunos para o sucesso na disciplina em questão.

 

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será constituída de provas teóricas sem consulta e individuais e por trabalhos individuais e/ou em grupos de natureza aplicada/prática.

 

BIBLIOGRAFIA

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CALLEGARI-JACQUES, Sídia M. Bioestatística: princípios e aplicações. Porto Alegre: Artmed, 2008. 255 p.

COSTA, Sérgio F.; SANTO, Maria Paula (Ilust.). Introdução ilustrada à Estatística. 3. ed. São Paulo: Harbra, 1998. 313 p.

ARANGO, Héctor Gustavo. Bioestatística: teórica e computacional. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. 235 p.

 

 

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BARROS NETO, Benício de; SCARMINIO, Ieda Spacino; BRUNS, Roy Edward. Como fazer experimentos: pesquisa e desenvolvimento na ciência e na indústria. 2. ed. Campinas: Unicamp, 2002. 401 p.

MONTGOMERY, D. C. Design and analysis of experiments. 3 ed. New York: John Wiley, 1991. 649p.

GOMES, Frederico Pimentel. Curso de estatística experimental. 14. ed. Piracicaba: F. Pimentel Gomes, Edusp, 2000. 477 p.

RODRIGUES, Maria Isabel; IEMMA, Antonio Francisco. Planejamento de experimentos e otimização de processos: uma estratégia sequencial de planejamento. São Paulo: Casa do Pão, 2005. 326 p.

VIEIRA, S. Estatística experimental. 2 ed. São Paulo: Atlas, 1999. 185p.

 

 

Notícias do Curso

Ver todas